Diário de Diablair

Abbyss

Escrito 23/11/20 15:00

Its calling me again... Like the Devil whispering sweet and poisonous words in my ears, pouring that old and so natural sorrow in this parody soul of mine...

The emptiness that never left.

It's so convincing.

And yes, Im listening. Oh, Satan... I'm listening so loud and clear...

I just want/wanna to desapear in those dark, dangerous and unstopeable feelings once again... To regain myself.

My best, my true self.

Tags:

...

Escrito 09/11/20 16:20

Editado 2020-11-09 16:21:54

Those days / times when you regret that your mother was unable to abort you ...

At these times, I think that existing was simply a huge mistake from the start.

Maybe it always will to be, after all.

Tags:

How Good

Escrito 27/09/20 00:47

Sometimes I wonder

How good it would be

If I had simply never been born

Despite everything

Despite all

(Or rather, of the few)

When I'm with myself

In silence and in the dark

The feeling of emptiness reigns

Sovereign as never before.

As always.

And everything seems unimportant

Especially... Me.

How good would it be?

How good it would be...

Tags:

2018

Escrito 09/01/18 17:51

Editado 2018-01-09 17:52:45

- Jocko Wilink

- Nando Pinheiro

Quantas vezes e pelo tempo que for preciso.

Atenciosamente,

Um ser seguindo contra o Fluxo, Diablair.

Tags: Enough

Incapacidade Temporária e Indefinida

Escrito 08/01/18 17:57

Saudações.

Só para informar que atualmente perdi minha capacidade de escrever e/ou comentar (o resquício de inspiração que eu possuía se foi na obra "Arrependimentos", que nem está lá estas coisas também). E pelo visto, isso vai durar um longo tempo.

Hora de cerrar as cortinas até... Quem sabe quando.

Haha.

Tags: Fodeu

Apenas mais três

Escrito 15/12/17 12:12

Faltam três. Depois disso, provavelmente não haverá nada mais exceto o cerrar das cortinas.

Haha.

Tags:

Centésimo Texto

Escrito 19/11/17 20:29

No início, sem textos. Agora, cem textos. Foi um percurso muito longo desde "O Pássaro Esverdeado" ou "Não Havia Outro Lugar" (obras onde ainda estava descobrindo/reconhecendo/impondo meu estilo), passando por "No Cio" e "(Per)Versos" (respectivamente, meu primeiro texto erótico e poema na mesma vertente), seguindo por "Azurepmis" (minha singela obra-prima) e finalmente onde estou/queria chegar: "Retaliação", onde boa parte do que me define como Diablair de fato está ali.

E a conclusão dessa infame obra será com o centésimo texto em até seis dias, em nome de Satã!

Em cada fase dessa jornada (que se inicou em outro site, mas se consolidou aqui), tive muita ajuda e aprendizados de vários autores/leitores. Não citarei nomes, mas agradeço profundamente a cada um por terem contribuído para que eu chegasse a este número de textos. Foi uma honra e um provilégio. Diablair os saúda!

O que virá depois?

Talvez... Nada. Mas, isso não importa. Não agora. Não mais.

Salut!

Atenciosamente,

Um ser infernal centenário, Diablair.

Tags:

Maldito Diário

Escrito 13/11/17 04:48

Saudações.

Esta postagem tem três intuitos:

- Testar a funcionalidade ao meu dispor,

- Alertar que estou mal, com bloqueio e a p***@ toda. Provavelmente irei me ausentar assim como o fiz no wpp.

- Louvar a Satan e glorificar todo o Mal que somos e representamos neste mundo desgraçado e infeliz.

Bom, é isso.

Atenciosamente,

Um ser que curtiu aexperiência, Diablair.

-

Tags: