O prazer da caçada
Pedro de Andrade
Tipo: Lírico
Postado: 17/10/16 16:00
Editado: 17/10/16 16:19
Gênero(s): Poema Terror ou Horror
Tags: Halloween
Avaliação: 9.08
Tempo de Leitura: 33seg a 45seg
Apreciadores: 16
Comentários: 8
Total de Visualizações: 462
Usuários que Visualizaram: 19
Palavras: 90
[Texto Divulgado] "A noiva" Com uma taça em mãos e olhar voraz, se flagrava confortável por não ter alguém ao seu lado prometendo o que não é capaz de cumprir. Observava a concentração do pianista, as velas agora já derretidas na bancada e o sorriso que iluminava o belo rosto da noiva.
Não recomendado para menores de dezoito anos
Capítulo Único O prazer da caçada

Corra! Fuja até onde puder!

Chore! Torne isso divertido,

Pois ouço seu medo

E dele me deleito.

Irei corta-te até onde der,

Relaxe, será sortido.

Clame por ajuda, vamos, lute!

Quero o prazer em sua plenitude.

O prazer de quebrar seus ossos,

De cortar em cortes superficiais,

Porém muito dolorosos,

De ver o horror em seus sinais.

Você vai matar-me de rir,

Seus socos são tão fracos...

Vamos! Sacie minha insanidade!

Atenda a minha vontade!

Quero violência,

Abandone essa ideia de decência.

Melhor comigo brincar

Porque estou para te matar.

❖❖❖
Apreciadores (16)
Comentários (8)
Comentário Favorito
Postado 18/10/16 10:04

Eita lá. Esse mês tem mexido com as pessoas, hehehe.

Cara, tá muito bom. O poema, com suas poucas palavras e muitas rimas trouxeram uma história macabra, de um ser completamente insano, vidrado em morte e sofrimento alheio. Que tragédia, dar de cara com um sujeito desses!

No entanto, dar de cara com teus textos sempre é bom, hehehe. Parabéns novamente!

Postado 18/10/16 11:46

Muito obg :)

Postado 17/10/16 20:55

Uaaaau! Isso é que é halloween hahaahah

Perfeito!

Postado 18/10/16 11:46

Estou mostrando meu lado trevoso kkk

Postado 18/10/16 15:14

Pois então continue :3

Postado 18/10/16 14:48

Que lado trevoso mais lindo!

Sério, me senti na pele do assassino. Adorei isso! Quase morri de rir junto. (Não precisa ter medo de mim não, tá?... Sou normal)

Mostre esse seu lado dark mais vezes, por favor!

Postado 18/10/16 21:13

Vou tentar e rlx, só assustou um pouco kk

Postado 19/10/16 11:40

Pedro, faça mais textos como este.

Simples e direto. Consigo imaginar um predador selvagem atrás de sua vítima, recitando estes sentimentos como um mantra profano que sua sustenta a sua existência.

Postado 19/10/16 12:36

Deixa cmg e muito obg :)

Postado 21/10/16 18:13

Poema bastante efetivo: como seria entrar na mente de um assassino e contemplar os seus pensamentos mais loucos? Parabéns!

Postado 23/10/16 14:12

Muito obg :) , escutar músicas do disturbed ajuda kk

Postado 26/10/16 17:16

Hey!

E que graça teria matar alguém sem esperneio, não é? rs

Muito bom, cara. Parabéns!

Postado 29/10/16 13:12

Nenhuma, não que eu já tenha feito...kk. Muito obg :)

Postado 27/10/16 00:25

Que dark.

Curti, posta mais!

Postado 29/10/16 13:13

Muito obg, tentarei :)

Postado 11/10/18 00:30

Essa obra me deu soluços LITERALMENTE parabéns! Perfeita!