Permita-me.
LuaTríplice
Tipo: Lírico
Postado: 09/03/17 22:13
Editado: 09/03/17 23:37
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 34seg a 46seg
Apreciadores: 8
Comentários: 6
Total de Visualizações: 188
Usuários que Visualizaram: 12
Palavras: 93
Não recomendado para menores de dezesseis anos
Notas de Cabeçalho

Não sei o que escrever aqui kekeke

Capítulo Único Permita-me.

Permita-me sangrar até que eu morra.

Até que eu perca os sentidos, até dormir eternamente.

Quero ver os anjos e os demônios em ação,

Quero ver meu ser se esvair no chão,

Virar pó,

Alimento de larva,

Até ficar podre,

Não deve demorar...

Por dentro já estava destruída,

Minha carne já estava repleta de vermes,

Uma fila de ceifadores se formava atrás de mim,

Esperando o momento certo para levar minha alma.

Permita-me pegar esta faca,

Ela está tão amolada,

Tão limpa,

Deixe-me suja-la com meu sangue,

Permita-me ver os anjos e demônios.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Obrigada por chegar até aqui.

Apreciadores (8)
Comentários (6)
Postado 10/03/17 03:20

SATÃ! ISTO FOI BRUTALMENTE INSPIRADOR! COM OBPERDÃO DO TROCADILHO HEDIONDO, PERMITA-ME DIABLAIRIZAR ESTA DELICIOSA OBRA DE ALGUM MODO! UAU!

Atenciosamente,

Um ser que espera sua permissão, Diablait.

Postado 10/03/17 12:46

HAHAHA MUITO OBRIGADA, PODE DIABLAIRIZAR O QUANTO QUISER! FIQUE À VONTADE!

Postado 10/03/17 07:50

Dilacerante! Só isso que eu tenho a dizer, consigo ver essas coisas se passando, sentir os baques, parabéns! (Sabe quem é o autor dessa imagem? Eu tenho ela guardada a sete chaves fazem uns seis anos! Fiquei surpresa de ver ela aqui sendo que eu nem lembro aonde consegui, se souber algo sobre ela, por favor me avise, queria muito conversar com o autor dela!)

Postado 10/03/17 12:44

Muito obrigada! (Encontrei a imagem no Google da vida, mas aparentemente é de uma pessoa alemã, o nome da imagem provavelmente é 'blut')

Postado 11/03/17 04:31

Obrigada pelas informações! HAUHAUA sério, levei um baita susto quando vi a foto, a que eu guardava TÃO BEM durante cinco anos e a qual eu nem sei como veio parar nos meus arquivos. De repente me despertou UM BILHÃO DE MEMÓRIAS, obrigada por isso! <3

Postado 16/03/17 22:56

Hahahahah! Eu amei essa imagem assim que vi! Espero ter ajudado na tua busca pelo autor desta obra.

Postado 16/03/17 15:45

Visceral, metaforicamente bem tramado, palavras fortes externando acontecimentos abruptos, destilados do venenno do mundo, mais ainda não, ainda não lhe é permitido seifar-se de seu próprio eu deste plano terreno. Fique!

Postado 16/03/17 22:55

Muito obrigada pelo maravilhoso comentário, estou sem palavras! Eu ficarei!

Postado 21/03/17 23:46 Editado 21/03/17 23:48

Ah! A sedução da lâmina!... O passe para o outro lado, o desconhecido...

"Tens, como Hamlet, o pavor do desconhecido?

Mas o que é conhecido? O que é que tu conheces,

Para que chames desconhecido a qualquer coisa em especial?"

Gostei dos versos! Pintou em minha mente um bom quadro com sangue e vermes... Ora essa! Até mesmo certas lembranças... Eis aí um tema que nunca sai de minha mente... De qualquer modo, escreveu muito bem... Bom trabalho!

Postado 03/04/17 18:41

ah... que belíssima menção!

muito obrigada pelo comentário! fico lisonjeada!

Postado 13/05/17 23:42

Que bela obra, me deu uma vontadezinha de conversar com a morte ou com os meus demonios, tanto faz...qualquer um ser.

Obrigado por postar... E me fazer pensar: como vai ser a minha morte?

<3

Postado 13/08/17 14:26

Um texto muito lindo e incrível, cheio de palavras marcantes e fortes, impressionantes!!!

Amei esse texto!!

Um abraço, Meiling!

Outras obras de
LuaTríplice
Outras obras do gênero
Drabble
Outras obras do gênero
Drama
Outras obras do gênero
Poema
Outras obras do gênero
Reflexivo