Bruninho
Diablair
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 23/04/17 23:24
Editado: 23/04/17 23:56
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 37seg a 50seg
Apreciadores: 6
Comentários: 6
Total de Visualizações: 251
Usuários que Visualizaram: 11
Palavras: 100
[Texto Divulgado] "Sutiã" Todo sutiã que se está usando a muito tempo deixa marcas. E no final, sua relação era igual a um sutiã.
Não recomendado para menores de dezoito anos
Notas de Cabeçalho

Passagem breve.

Obra inspirada no terceiro tema do 2nd Torneio Mórbido das Srtas Pamela e Flávia.

Uma vez mais, digo: não espere nada surpreendente. É só uma obra comum de um autor comum.

Música-Tema: Melancholia - Nox Arcana

Capítulo Único Bruninho

Melissa tentava em vão segurar as lágrimas enquanto soprava e fazia força para que, desafiando todas as expectativas, seu tão sonhado bebê viesse ao mundo.

Suas energias estavam no fim, mal ouvia a voz dos médicos e enfermeiras: a quantidade de sofrimento envolvida no processo de parto foi indescritível. Mas, em um derradeiro esforço, Bruninho deixou o ventre da mãe.

A mulher fechou os olhos enquanto sorria radiante; era como se toda a dor desaparecesse durante o momento em que esperou o choro do neném. Todavia, nenhum natimorto jamais chorou neste mundo antes.

Ela nunca mais abriria os olhos também.

❖❖❖
Notas de Rodapé

É isso.

Apreciadores (6)
Comentários (6)
Postado 23/04/17 23:41

Caralho, velho. Esse foi forte!

Postado 24/04/17 01:56

Então fui bem-sucedido...

Gratíssimo, monsieur!

Postado 24/04/17 09:41

Esperava que o bebê nascesse morto pq, ne... É você o autor kkkk. Mas a mulher não :C

Pesado :c

Postado 24/04/17 19:13

Estou ficando previsível, o que indica que meu limite está chegando/chegou. Que pena. Ainda bem que, mesmo assim, consegui um pequeno "mas o quê...?" da senhorita...

Muitíssimo obrigado, Jovem Poder! Gratíssimo!

Postado 24/04/17 13:45 Editado 24/04/17 13:46

Moço, eu ainda me pergunto o motivo de você não participar do TM! Sério, seria muito da hora ter você por lá.

Eu ainda tentei acreditar que você estava tentando algo novo. Ainda quis me enganar no primeiro parágrafo. Pensei que esse seu tempo off tinha feito a sua doença diminuir um pouco... Eu ia acreditar... Ia mesmo... Não! Mentira, eu não ia! Ok? Eu só estava tentando era entender o que estava acontecendo. E quando eu entendi, moço, eu quase chorei. Você realmente deveria participar do TM!!! T.T

Eu amo seus textos. Sério, você é um dos meus autores favoritos da AC. (Já sabe disso, né?)

Postado 24/04/17 19:23

É como eu disse no outro comentário de outro texto, moça: não gosto de competir com ninguêm e provavelmente não conseguiria tecer algo digno da sua leitura e da Srta Paney com tamanha pressão (da minha parte, bem entendido).

Como disse para sua gema, estou cansado de decepcionar as pessoas e principalmente a mim mesmo...

Moça, bem sabe que minha doença ou permanece ou piora. E em breve vou mostrar o quanto afundei. Provavelmente serei banido e odiado, mas ok.

Fico muito feliz e satisfeito por ter gerado tamanha impressão emocional na senhorita... Ganhei minha noite infeliz...

Gratíssimo, moça! Gratíssimo!

Postado 25/04/17 12:16

Moço, você deveria deixar o drama para eu e minha Gemada. Só acho.

Moço, pode tirar o satanzinho da chuva! Você não vai ser banito. '-'

<3

Postado 25/04/17 20:10

Sempre é drama quando são os outros a expor as coisas. Sempre.

Depois ainda me perguntam porquê me afasto dos humanos.

Ser banido, talvez não. Mas, que vou arrumar uma bela treta... Provável.

Postado 25/04/17 21:33

Moço, você acha que está do "meu lado" a tanto tempor por qual motivo? Humanos são uma espécie muito complicada. #corre

Postado 24/04/17 21:42

Nossa! Que ffinal, que final QUE FINAL! Adorei.

Como sempre... HAHAA (nada a declarar).

<3

Postado 24/04/17 21:56

E mais uma doente se revela na Academia...

Sim. Como sempre... Eu sendo eu.

Muitíssimo obrigado, Srta Shizu! Gratíssimo!

Postado 24/04/17 22:10

Eu doente?!!!!?

Só notou agora? (AHHAHAHAHHA)

Sou normal. <3

Postado 24/04/17 22:12

Sou lento para qualquer coisa envolvendo garotas. Gomen.

Postado 24/04/17 22:20

Tudo bem, acontece.

<3

Postado 25/04/17 10:01

Incredulidade define a reação ao término da leitura.

Tinha lido antes, li de novo e isso persistiu.

Curtinho, simples e ainda assim horripilante.

Postado 25/04/17 20:13

Os piores monstros såo os seres humanos... E os maiores horrores provém da vida real. Infelizmente...

Fico muito feliz e agradecido por suas palavras, Srta Alien! Gratíssimo!

Postado 14/11/17 16:53

Mano, não tem palavras pra descrever esse conto. Ele é simplesmente maravilhoso, embora não seja feliz ou qualquer coisa do gênero. Mas o modo como é escrito é tão.... não tem como dizer. Apenas sentir.

#ad01 - 22/90

Postado 15/11/17 04:34

Se pude exprimir tamanha reação da senhorita com esta singela obra, ela foi mais do que bem-sucedida...

Gratíssimo, Srta Julihconha! Gratíssimo!

Outras obras de Diablair

Outras obras do gênero Cotidiano

Outras obras do gênero Drabble

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Reflexivo