Igreja
Hellphaistos
Tipo: Lírico
Postado: 02/05/17 16:11
Editado: 02/05/17 16:12
Avaliação: 9.8
Tempo de Leitura: 2min a 3min
Apreciadores: 5
Comentários: 5
Total de Visualizações: 186
Usuários que Visualizaram: 11
Palavras: 461
[Texto Divulgado] "Arco e flecha" Se por um acaso você caiu aqui de paraquedas, saia enquanto é tempo. Não estou de brincadeira e nem quero ver crianças chorando e fracos se chocando com o que vou contar. Essa é minha história, e sim eu sou aquele que assustou e ainda vai assustar a todos vocês.
Não recomendado para menores de dezoito anos
Notas de Cabeçalho

O que é o bem e o mal senão lados de uma mesma moeda?

Capítulo Único Igreja

A neve caía impetuosa era noite de inverno rigoroso

Pelo orfanato o frade caminhava devagar, pois estava deveras ocioso

Disperso em seus pensamentos ouviu um choro pesaroso

Correu até a entrada e encontrou um lindo bebê, porém “milindroso”.

Seu chorinho era interrompido pelo seu pequeno esqueleto a tremer

Envolto em cobertas finas que jamais poderiam o aquecer

“Pobrezinha! Quem poderia tal maldade cometer?”

Foi levada correndo para a clareira para que sua vida pudesse manter.

Ao findar a terceira mamadeira as bochechas pálidas tornaram-se rosadas

As freiras revesaram-se nos cuidados, pois rapidamente ficaram cansadas

Após se alimentar dormiu rápida e serenamente se sentindo amada.

Foi então na fria madrugada do berço foi silenciosamente levada.

“Um orfanato cristão oferecerá à minha criança o que não posso lhe dar

Comida quentinha, uma cama e estudos com certeza ela terá

Na casa de Deus, estudando sobre os santos e tudo mais, em paz viverá

Que me perdoe pelo abandono, mas o que uma camponesa poderia lhe entregar?”

Em sua simplória casa a mãe da criança chora para si mesma tentando da culpa se livrar

Imaginava o futuro que sua doce menina como freira iria levar

Sorria a pensar que fome, violência e diversas outras intempestes ela não iria experimentar

Até que adormeceu confortada por si mesma e as certezas que tentou pensar.

Contudo, o que é dito ser real pode, certamente, não existir

As figuras divinas, bíblias e estátuas angelicais podem o mal enrustir

Os anjos retradados são a legião satânica que blasfema e o inferno faz surtir

Às três da manhã as cruzes se invertem e uma grande maldita reza se faz emitir

As freiras outrora atenciosas e gentis transam e mutilam-se bebendo sangue de animais

O padre e a freira mor relacionam-se com carcaças podres juntamente com os demais

Entoam alto hinos luxuriosos em latim. Relembram cada ritual desde os primeiros natais

Beijam os pés das estátuas e clamam pelos respectivos nomes sem pensamentos morais

A criança permanece a dormir. Tamanho seu cansaço que todo o barulho não é ouvido

O que sua mãe teria feito ao imaginar que poderia um futuro melhor ter-lhe provido?

No centro do recinto, nua a criança foi colocada sob um pentagrama negro

As freiras sodomizavam-se em louvor gritando a esmo

A criança acordou e então todo o barulho cessou

De repente do pentagrama uma fumaça espessa brotou

O cheiro de enxofre por todo local se espalhou

E pelos bracinhos o demônio a criança segurou

Toda sorte de maldade ele cometeu

A dor e o sofrimento ele a submeteu

Foi então que, antes do sol nascer, ele a abateu

Sua alma inocente para o inferno subverteu

As cruzes desviraram-se e para o inferno retornou

A maldade e sujeira das janelas externou

Tudo então como era antes voltou

❖❖❖
Notas de Rodapé

Nunca vou me perdoar por ter perdido o prazo >.>

Apreciadores (5)
Comentários (5)
Comentário Favorito
Postado 03/05/17 22:53

Primeiramente, meus mais risonhos e zoeiros parabéns por ter cometido uma das gafes mais épicas deste site ao deixar um texto desta magnitude ficar de fora da avaliação das Srtas Pamela e Flávia! Sério, isso foi algo a ser lembrado pelo resto de nossas vidas!

PARABÉNS, JOY... SUA LOKA DA COBERTA! MELHOR SELF GUILHOTINE EVER! SHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!

Agora que já te fiz chorar, vamos ao restante do review: eu estou tentando recuperar meu fôlego e meu queixo caído no subsolo... SATANÁS ME LEVE, QUE IDEIA FENOMENAL DOS INFERNOS! LITERALMENTE!

Minha imaginação alçou os mais altos e doentios voos com as descrições e narrativa de qualidade ímpar dispostas em uma sequência simplesmente magistral! E que plot twist bizarro foi este? Pelo ardor do Inferno, a senhorita foi tão longe e ainda assim tão requintada em sua proposta que me faltam palavras para lhe elogiar! Eu queria mesmo era esmagá-la em um abraço de congratulação e emitir palavrões de contentamento enquanto fizesse isso!

E, ainda por cima, contou uma história grotesca quase ao ponto do proibitivo de forma lírica! LÚCIFER, EU CONHECI ESTA ESCRITORA PESSOALMENTE! MUITO OBRIGADO POR PERMITIR ISSO, SEU MALDITO INSPIRADOR DE DOENTES!

Sério, eu estou totalmente orgulhoso e invejoso da senhorita! Que coisa fantástica e bem feita eu li! Absolutamente hell fired up aqui! Nossa, tenho que aloprar mesmo pela gafe pois foi um desperdício de pontos diretamente proporcional à grandeza e malevolência da obra e da autora a quem tanto estimo, admiro e a porra toda!

Nossa, Jovem Poder... És a melhor/pior de todas! Sério!

Parabéns por tamanho talento, criatividade e bizarrice inerentes à tua existência!

Atenciosamente,

Um ser que costuma ir à igreja no horário certo, Diablair.

Postado 07/05/17 09:05

Caramba, que loucura, haha.

Pior que esses pessoa das igrejas, aqueles que viviam infurnados nesses locais religiosos, tem um ar muito macabro mesmo. É fácil de imaginar uma cena como essa, de amor e carinho, e de ódio e paulada.

Muito bom, Joy! E dá pra ver que tu o escreveu a milhão!

Postado 07/05/17 09:14

Véi, nem fala. Depois que vi os errinhos :c

Magoei :c

Cara, que bom que você gostou. Quando eu escrevo coisas relacionadas a religião eu sempre fico com medo do pessoal dar rage hehehe. Valeu por ter lido! <3

Postado 08/05/17 12:49

Antes de tudo, gostaria de dizer que você conseguiu me enganar com esse início. Eu imaginei muitas coisas, mas nada comparado ao que realmente aconteceu ali!

O que diria a mãe se soubesse que esse orfanato cristão deu muito mais do que ela sequer sonhou para a pobre filhinha faminta dela? Aposto que ela acabaria optando por se tornar freira... pelo menos ela teria uma vida muito mais divertida. Uma vida cheia de festas e crianças fofinhas para "cuidar". E acho que conseguiria se livrar de toda a culpa desnecessária que ela carrega.

Sua mente se torna mais doentia a cada tema, Joy. É muito bom saber que o TM conseguiu fazer a Dark Joy reina, mesmo que por apenas 6 textos. Eu acho que você deveria abandonar o carinho de vez. Você pode fazer história na Academia Carnificina. Poderia até batalhar ao nosso lado pelo banimento...

Esse poema superou todas as expectativas! Fiquei de queixo caído com tudo que li.

Parabéns!

Postado 20/11/17 23:01

EU QUERO UM TM 2 PARA ME TRAZER INSPIRAÇÃO PRA ESCREVER ASSIM DE NOVO!!!

Postado 18/11/17 15:24

Mina, tu tem talento pra coisa demais, assim vou infartar!

Muito bem escrito, interessante, curioso e de um tom maléfico que eu adorei. Só continua, vai!

#ad01 - 35/90

Postado 20/11/17 23:02

Quero inspiração pra escrever assim de novo, socorr q

Postado 05/12/17 22:24

Punição do AD-001

Eu também não vou te perdoar por ter perdido o prazo!!! ~bufar

Caramba que história, traz o mal mais próximo do chamado "bem". Eu impeciono-me com sua criatividade, mas realmente "acontecia". Fazer o que?

Comentários a parte, essa linguagem adorável que faz as rimas passarem tão suáveis e tranquilas deixando um ar que calma no poema que é um verdade caos e terror, genial (talvez tenha fez sem notar ou eu estou achando coisa onde não tem).

Outra coisa que cativou-me foi essa simples conecção que crias-te com o bebé e o leitor, fiquei triste com o que aconteceu com a bebezinha...

Eu agradeço por compartilha essa obra que me divertiu bastante, muito obrigado.

<3