Cor-de-rosa
Flávia
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 13/05/17 19:13
Gênero(s): Comédia
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 4
Comentários: 3
Total de Visualizações: 150
Usuários que Visualizaram: 7
Palavras: 200
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Moço, antes de tudo, lembre que foi você que disse para eu postar! #corre

Capítulo Único Cor-de-rosa

O glitter rosa fazia seus olhos brilharem como os de uma criança quando ganha algo que quer muito. Seria uma bela visão, se não fosse tão cômica. Ouso dizer até que foi uma situação no mínimo inacreditável.

Quer dizer, como um cara que nega até o último fio da cabeça careca que não gosta de nada fofo e que o carinhoso lhe dá asco pode praticamente babar em cima de uma sombra rosa? Seria uma ótima pegadinha de primeiro de abril se não estivéssemos em setembro.

Não consigo acreditar no que os meus olhos viram. Acho que até terei pesadelos com essa cena. Ele nem sequer soube disfarçar. Na verdade, ele não soube fazer nada além de respirar e admirar o potinho de vidro transparente.

Ficou lá por várias horas antes de “recobrar” por completo a consciência perdida em um mar reluzentemente rosa, arrumar a pose e ir embora, mas não antes de comprar seis potinhos daquela sombra, é claro.

Esse dia definitivamente vai entrar para a história como o dia em que um membro honorário da carnificina, “desamante” assumido, caiu de amores por uma delicada, amorosa e pigmentada sobra cor-de-rosa.

PS: Isso só pode ser por causa do Apocalipse!

❖❖❖
Notas de Rodapé

É só o início...

Apreciadores (4)
Comentários (3)
Postado 13/05/17 21:42

Cor-de-rosa...

Me lembra uma paixão minha, ele era bonito :p

Gostei muito do seu texto, realmente incrível <3

Obrigado por postar... e me trazer um amorzinho de volta dos mortos :3

<3

Postado 13/05/17 22:19

Muito obrigada! <3

Postado 14/05/17 21:04

Cinco patinhos foram passear

Além das montanhas para fumar

A mamãe gritou:

- Mas que vergonha.

Cinco partinhos fumando maconha!

Mas nesse caso é o Satã passando purpurina mesmo. Ou talvez fosse a maconha. Não sei. A única coisa que sei é que esse ser nunca me enganou, sempre soube que ele estava do lado rosa da vida, junto e andando pra baixo com o Samuel, se é que me entende.

E isso também demonstra que as pessoas não são como aparentam. Olha só! O próprio texto nos revela o segredo mais oculto de alguém que por fora é negro como a noite, e por dentro purpurinado como um Pônei saltitante nadando em um lago róseo de glitter.

Postado 14/05/17 22:55

Entendo sim!!

O moço ficou realmente com raiva de mim depois dessa... e_e

Postado 19/05/17 13:34

Isso foi... diferente... mas interessante.... e bem escrito, as always

Postado 19/05/17 13:59

É culpa do caos