Mentiroso.
Malu
Tipo: Lírico
Postado: 23/05/17 16:10
Gênero(s): Drabble Suspense
Tags: voltei?
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 40seg a 53seg
Apreciadores: 4
Comentários: 3
Total de Visualizações: 120
Usuários que Visualizaram: 7
Palavras: 107
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Olá,

Capítulo Único Mentiroso.

Ele escreveu no Post it azul sobre ir e voltar tão rápido que não daria tempo de eu sentir sua falta.

O tom em que ele se dirigiu à mim, no dia anterior, fora o mesmo do dia em que me disse que suas tintas fazem parte de si, tanto quanto eu faço parte da sua vida e coração.

Hoje eu vejo isso, pois enquanto o corpo dele está estirado ao chão, o seu sangue mistura-se às tintas que carregava consigo.

Quase tudo foi levado pela chuva, menos as cores, menos meus novos sentimentos.

Eu esperei e você não voltou.

Você mentiu... Você é uma grande mentiroso.

❖❖❖
Apreciadores (4)
Comentários (3)
Postado 23/05/17 18:20

Adorei o texto, a narrativa facil de entender e mesmo curto parece longo.

Obrigado por postar essa obra incrível.

<3

Postado 23/05/17 19:08

E as únicas cores que sobram e se destacam é o vermelho-sangue, o preto-perda e o branco-vazio... Com alguns pingos de cinza-solidão.

As piores mentiras são justamente as que as fatalidades nos obrigam e contar ou ouvir com cadáveres. Ou a ausência deles...

Excelente texto, pequeno em palavras, todavia extenso em emoção. Parabéns uma vez mais, Srta Vitória.

Atenciosamente,

Um ser sem cor, Diablair.

Postado 08/08/17 19:12

Resolvi dar as caras e percebi que to bem atrasada, mesmo assim, enfim, tenho que comentar, mesmo um texto com tão poucas palavras me faz sentir muitas coisas, umas delas é nostalgia, só que sem a parte do sangue.

Eu tava precisando ler algumas coissas pra voltar a tentar escrever, e valeu a pena!

Espero que esse bloqueio não me atormente que nem a tua voz que ecoa na minha mente dizendo "COMECE A FRASE COM LETRA MAIUSCULA", e eu finalmente to aprendendo a escrever com letra maiúscula no começo dos parágrafos, mas isso não era pra ser uma "carta" e sim um review.

Como sempre a sua minuciosidade ( uuh palavras difíceis) em escrever as coisas me encanta, suas palavras fluem com leveza até mesmo em textos mais pesados, eu sempre vou amar isso!! MESMO repito MESMO que você diga que está uma merda eu não consigo enxergar nada de 'merdoso' nisso, muito pelo contrário, é uma obra de arte sim senhorita.

Não pretendia me estender muito aqui, mas meu amor por suas obras não me permite ser muito curta huehueue

*insira aqui vários corações*

estarei esperando por mais textos teus, e vê se me avisa keridinha.

bjs de catarro pra vc