Lágrimas do céu azul
Flávia
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 29/05/17 21:46
Gênero(s): Drama Reflexivo
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 2min20seg
Apreciadores: 7
Comentários: 5
Total de Visualizações: 173
Usuários que Visualizaram: 12
Palavras: 304
Este texto foi escrito para o concurso "Concurso de Contos – Otimismo" Esse concurso tem como objetivo o desenvolvimento de contos que narrem em prosa uma situação em que o otimismo prevalece. Ver mais sobre o concurso!
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Otimismo realmente não é tema para alguém como eu, mas...

Dos três textos que escrevi, esse é o que mais se encaixa no tema.

Capítulo Único Lágrimas do céu azul

O vento sopra rápido sobre o oceano e atravessa os meus dedos. Meus cabelos voam livremente, mas por que o meu coração nunca se move? Qual pecado eu cometi para acabar assim? Eu nunca quis machucar ninguém, mas o que eu poderia fazer em uma situação como aquela?

Nada. Absolutamente nada. Eu fiz o melhor que pude diante daquele cenário caótico e como consequência mais uma estrela foi para o céu. Naquela noite, por atender aos seus clamores, uma parte de mim me abandonou.

Um simples botão mudou tudo. O meu mundo ruiu em apenas um mísero segundo. O silêncio dominou o que restou do tempo. Seu corpo estava lá, mas você já havia partido. Eu te libertei do seu sofrimento e ganhei correntes como agradecimento.

Agora estou completamente sozinha e sei muito bem qual o significado das minhas lágrimas, mas mesmo assim eu continuarei avançando rumo ao amanhã sem hesitar. Eu apenas quero que a felicidade volte a acariciar minha face. Seria pedir muito?

Não sei qual destino está por vir, mas não me arrependerei de ter nascido ou de ter feito o que fiz. A tristeza não dura a eternidade. As lágrimas que jorram do céu azul, em algum momento, se tornarão um sorriso radiante.

As coisas nas quais acredito ainda me assustam. Meus pecados me assombram na calada da noite, mas não vou desistir! Enquanto a lua tocar suavemente os meus ombros e seu reflexo pairar sobre meu caminho, eu nunca desistirei.

Mesmo que eu espere pelo amanhã e nada mude, a minha escolha não mudará. Esse sentimento dentro de mim cresce a cada segundo e não importa o que aconteça, ele sempre estará aqui, me fazendo lembrar que depois da chuva o sol brilha intensamente.

“Mas é claro que o sol vai voltar amanhã ...

Espera que o sol já vem...”

❖❖❖
Notas de Rodapé

Último lugar, aí vou eu! (Isso é ser otimista! Visar o último lugar e não a eliminação do texto. Amém!)

Apreciadores (7)
Comentários (5)
Postado 30/05/17 00:57

gosto muito da ideia de que depois da chuva, vem o sol, principalmente se o sol significar que as coisas vão melhorar. gostaria que uma pessoa soubessem disso, assim ela não teria medo de deixar o passado e seguiria livre, finalmente. infelizmente querer não é poder.

belo texto, aliás <3 o uso das palavras para se expressar aqui foi interessante.

Postado 31/05/17 13:27

Muito obrigada! <3

Postado 30/05/17 08:29

Teimosa como a autora, rsrs

Já t falei q gostei, não? Bem escrito, bem estruturado, etc etc etc, como sempre, minha anjinha :)

Postado 31/05/17 13:27

Já sim... Valeu!

Postado 30/05/17 19:15

Gostei do texto, um amorzinho de otimismo. Mas quero saber o que o narrador fez para ganhar "correntes como agradecimento"...?

(meus pensamentos vão girar em busca de uma resposta incerta, HAHAH)

Obrigado por postar esta obra...

<3

Postado 31/05/17 13:31

As correntes são o peso na consciência. Ela nunca vai se sentir livre depois do que fez.

Postado 15/06/17 00:08

Eu acho que ela matou...

Talvez não literalmente, mas matou. ( Eu acho. )

Talvez um sentimento, um sonho. Ou talvez eu esteja viajando.

O fato é que... eu amei.

A determinação de acreditar que o sol vai chegar amanhã é uma ótima válvula de escape para não definhar nos problemas de hoje.

Hoje tem que ser melhor que ontem e amanhã melhor que hoje.

Postado 15/06/17 13:19

Você está no caminho certo! :)

Postado 16/06/17 00:29

Ebaaaaa.

Bem que esse texto poderia ser o prólogo de um romance kkkkk eu fiquei curiosa, menina.

BjusS

Postado 16/06/17 14:31

Eu não me dou muito bem com esse tipo de texto, mas... Nunca se sabe, né?

Postado 16/06/17 13:55

Muito bom, Flávia! Sua participação no concurso foi exemplar, realizando tudo que o "edital" pedia. Parabéns!

Tua obra tá bem escrita e é otimista sim, heheh. Obrigado pela participação!

Postado 16/06/17 14:33

Obrigada! :)