Infortúnio
6 de Janeiro
Tipo: Lírico
Postado: 21/12/17 17:23
Editado: 21/12/17 17:26
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 28seg a 37seg
Apreciadores: 2
Comentários: 2
Total de Visualizações: 122
Usuários que Visualizaram: 4
Palavras: 75
[Texto Divulgado] "Pindorama" Ei, você soube das últimas notícias lá do interior? Não? Eu sei de tudinho porque estive lá. Algumas coisas eu mesmo vi e outras eu ouvi falar, mas quem me contou jurou por Deus que foi verdade. E eu acredito. Depois de tudo que eu vi, não duvido de mais nada. Esse mundão é doido demais, é sim. Hum? Quer saber o que aconteceu? Olha lá que a história é grande e maluca pra danar. Mas vem cá, chega mais perto que eu conto sim. Lenda? História de pescador? Aqui não tem isso não. Aqui tem bruxa, espírito bom, criatura do mal e herói. E é tudo de verdade.
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Infortúnio

É enorme,

essa minha falta sorte

em me apaixonar por um cidadão,

que não me ama.

(E é verdade, essa história de infortúnio-apaixonado)

"Não, não quero essas flores,

Não, detesto esse poema".

Não me olhe com receio...!

É que eu sou bem detalhista,

eu podia ser figurinista

de tanto ponto que já dei, de tanta coisa que já mascarei,

só pra você não descobrir que:

Só seu sorriso me acalma, só você me faz reluzir.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Um poeminha bestinha de primeiro ano de ensino médio que eu dei muita risada quando terminei de ler.

Obrigada por chegarem até aqui!

Apreciadores (2)
Comentários (2)
Postado 27/12/17 17:30

Esse lance de comparação com figurinista foi bom. Parabéns!

Postado 29/12/17 04:38

aaaa <3

Postado 08/02/18 11:53

Que poema lindo, mesmo que a carga emocional dele seja derivado da realidade mais triste possível.

Parabéns, 6!

Outras obras de 6 de Janeiro

Outras obras do gênero Comédia

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Poema

Outras obras do gênero Reflexivo