Me contrataram para prender o Lula - o contato
Allen Silva
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 07/04/18 14:42
Editado: 11/04/18 18:05
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 9min a 12min
Apreciadores: 0
Comentários: 1
Total de Visualizações: 182
Usuários que Visualizaram: 4
Palavras: 1512
[Texto Divulgado] "Espelho da minh'alma" Eis ai uma parte do que vivi, vi , morri e renasci. Sentimentos Versos Experiência Tudo numa coerência
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Me contrataram para prender o Lula - o contato

Era 16h, eu estava parado na fila das obras de uma rodovia estadual aqui perto de casa, o telefone tocou, mas a polícia estava fazendo a organização do trânsito e como sou muito cagado, com toda certeza um deles ia ver eu atendendo o telefone e me multar. Não atendi!

O trânsito estava completamente parado, era o sistema que libera meia pista por 10 minutos e depois o outro sentido. Meu telefone insistia em tocar, o chato que tava me ligando era insistente, resolvi atender.

-Alô

Do outro lado uma voz desesperada:

-Alô, é o Alein

-Caralhoooooo, alguém acertou meu nome de primeira, sim sou o Alein. Quem está falando?

-Alein, aqui é o Moro

-Máááá que belezaaaaa. Fala Ângelo Moro. (Angelo Moro, é um radialista que já virou lenda no Sul do Brasil por seu bordão: Máááá que Belezaa)

-Que porra de Ângelo Moro o que, aqui é o Sérgio Moro, juiz federal que mandou prender o Lula.

-Tá bom, e eu sou o vocalista do Terra Samba.

-Sério, sou eu!

-Então prova Senhor Sérgio Moro.

-Provo Senhor Alein Casmierchcki Tibincoski Fernandes da Silva.

Puta merda, era ele mesmo, só uma autoridade nacional para saber meu nome completinho, mas pra confirmar ele ainda deu a lista de todas as lojas que eu devia, o sites que eu abri no últimos meses e o números que apostei na banca de bicho lá perto de casa. No caso eu já tinha mais motivo pra ser preso do que o Lula kkkkk.

-Sr. Alein, precisamos muito da sua ajuda, já são 16:02, e eu dei até as 17h para que o Lula se entregue aqui em Curitiba, mas acontece que esse cristão tá lá em São Paulo ainda e teima em não se entregar. Mesmo assim se ele resolver, não vai dar tempo de chegar até as 17h e ai minha moral cai lá no chão.

E continuou:

-Cara, eu sou altos gente boa, mas ele é um velho ranzinza. Vê se eu não tenho razão: Ontem julgaram as paradas dele lá pra eu não poder prender, ele perdeu, daí é minha vez de mostrar força. Bah cara ainda deixei ele andar sem algemas, vai ficar em cela especial, pra resguardar a integridade intelectual dos outros presos e tudo mais. Fala ai, eu sou gente boa ou não sou?

-Tudo bem, entendi mas não faço a mínima ideia de como posso ajudar, eu um simples mortal do Sul do Brasil.

-É que é o seguinte, ele foi pra TV hoje de manhã dizer que não vai se entregar e se eu quiser, tenho que ir buscar. Nós vimos que você assistiu todas as séries de Pablo Escobar e dizem que está parecendo quando o Pablo Estava preso em La Catedral e o exercito foi buscar ele. Não quero passar a mesma vergonha que os amigos colombianos. Pelo seu perfil levantado pelo nosso serviço de inteligência, você deve saber como ele deve agir.

Eu vou te passar o contato dele e tu tenta dar uma conversada com ele, sabe como é, dois picaretas se entendem de longe.

-Beleza, mas faz assim, me coloca ai uns 30 pila de crédito que eu to zerado, já peguei até aquele 3 pila do desespero emprestado da Tim e não devolvi ainda.

Em 16 segundos chega uma mensagem assim:

"Foram recarregados 40 reais no seu celular, isso é dinheiro federal então nada de usar pra ver putaria na internet. Aliás tem sites bem melhores do que os que você entra normalmente"

Sinceramente, achei um absurdo sem tamanho uma mensagem com esse teor. Cadê a lista dos sites melhores?

Bom, estacionei o carro no acostamento, liguei o pisca alerta, mas como estava muito calor deixei o carro ligado para usar o ar condicionado. Peguei o telefone sem fazer a mínima ideia do que ia falar pra o Lula se entregar. Confesso que estava nervoso, afinal eu ia falar com o Lula e querendo ou não, o cara é uma personalidade.

Disquei os números e esperei ansioso.

-Tim informa, o número chamado mudou, acrescente o 9 no início da porra toda ai.

Tá, coloquei o 9 e liguei novamente. O telefone fez o sinalzinho que é mais ou menos assim: Tininim,pra dizer que estamos ligando pra mesma operadora.

Chamou uma vez, duas, três e na quarta alguém atendeu.

-Alô, esse telefone é do Lula? Eu gostaria de falar com ele.

-É sim amigo, mas ele ta aqui do lado esperando ser preso e não vai poder falar agora.

-Cara, diz que é rapidinho, quero ter só um dedinho de prosa com ele. (Essa do dedinho foi massa né kkk Dedinho... Lula kkk... tá deixa vamos seguir)

-Tá, aguarda um segundo........... Amigo, infelizmente ele não vai poder atender mesmo, ele foi pra cozinha agora cortar uns pão e umas rodela de mortadela lá, ta com as mãos tudo suja e de boca cheia.

Tive que engrossar

-Amigo, diz pra ele que é da parte do Moro.

-Do Moro? Mááááááá queeeee belezaaa...

-Não porra, do Sério Moro!

-A tá!

O cara pegou o telefone colocou no lado como quando a gente faz quando quer falar com a pessoa que ta na frente mas não quer que quem ta no telefone escute. Eu só ouvi uma grande tosse e barulho de suco caindo no chão.

-Alô companheiro, aqui é Lula falando

-Seu Lula, ajuda nós ai, já ta dando o demonhedo por causa dessa birrinha boba ai, parece coisa de criança que sobe na arvore pra não apanhar da mãe.

-Tu ta me chamando de criança seu moleque? Só tenho uma coisa pra te falar: Não vou, não vou, não vou. Quer saber, eu vou é cantar: Daquiiiiii eu não saiooooo, daqui ninguém me tiraaaaaaa....

-Bóh, será que eu vou ter que ir ai? Tu não me tira do sério rapaz.

-Companheiro, vê se me entende, o Moro quer é acabar comigo, quer me humilhar na frente de todo mundo. Tu viu o que ele quer saber comigo?

-Para Lula! Ele ta te dando uma baita chance de não ser algemado, vai ficar numa cela especial, coisa que é só pra quem tem faculdade. Vamos ser sincero, tu não sabe escrever nem o nome direito. Ainda pra ajudar tu vai ficar separadinho no teu cantinho pra não fazer mal pra ninguém.

-Disso eu não sabia, ISSO A GLOBO NÃO MOSTRA COMPANHEIRO, e aqui só pega Globo esse caralho. Eu falei que essa antena com dois bombril na ponta não ia funcionar direito. Mas a Dilma disse que funciona. Funciona só se nas guampas dela.

-Lula, ele quer te dar dignidade na prisão

-Não companheiro, ele quer que vocês pensem isso, mas imagine você que honra terei eu, um corintiano fiel sendo preso sem algema companheiro. Nunca mais vão me levar a sério nesse pais, vão começar a me chamar de são paulinho.

-Tá eu falo com ele pra te algemar.

-Mas ainda to preocupado com a cela especial.

-Por quê?

-Eu não sei ler porra, como vou saber se é especial mesmo?

-Puta que o pariu, leva um advogado junto e ele lê para o senhor.

-Advogado? eu não confio nesses filhos da puta. Eles me garantiram que aquela maluca de ontem ia me ajudar mas a "véia" me tocou na cola, é por causa deles eu to aqui encurralado no sindicato. Gastei tudo que eu tinha guardado na conta da caixa comprando pão e mortadela pra manter essa galera ai na frente. To quebrado!

Na verdade tô ficando sem saída, tentei fazer um refém aqui mas a única pessoa que tá na minha frente é a Dilma, ai tu ta ligado né companheiro que eu to fodido.

-Bom, Lula eu nem sei como fui cair nessa de ligar pra o senhor, mas o que posso dizer é que to aqui pra ajudar.

-Bom, então pergunta pro moro se ele deixa eu me entregar amanha de manhã. Eu juro que na primeira hora eu dou um jeito e me entrego. Se eu me entregar hoje eu to ferrado, todo mundo vai tirar sarro de mim, ainda mais que os mais retardados que estão comigo dizendo que querem ir presos juntos, estão me comparando com o Morgam Freeman lá da áfrica, com o Rick Martins Luter King dos Menudos e mais uns loucos ai que revolucionaram o mundo. Se ele deixar eu me entrego. Eu até tentei mandar mensagem no whats, mas ele me bloqueou, crianção.

-Beleza, vou ligar pra ele e já retorno ai.

Peguei meu telefone coincidentemente o Moro tava me ligando.

-Alô, Alein? Me dá uma boa notícia ai.

-Moro, é o seguinte...

Eu nem terminei de falar e um policial bateu no meu vidro, pedi um minutinho pro Moro, baixei o vidro e atendi o policial.

-Boa tarde.

-Meu amigo você está no acostamento trancando o trânsito inteiro com o pisca ligado, motor funcionando e ainda por cima falando no celular, isso é infração gravíssima, vou multar o senhor!

-Calma seu policial, eu posso explicar: É uma situação urgente, eu estou no telefone com o Moro!

-Com o Moro? Mááááááááá'queeeeee Belezaaaaaa.

❖❖❖
Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (1)
Postado 07/04/18 17:51

Ai, ai, ai...

Sinceramente, não sei se me agrada, mas acho que sim, hehehe.

Postado 10/04/18 10:25

Cara, só o fato de vocês responder já fiquei feliz e claro, gostaria muito da sua opinião, tudo isso isentando a parte politica e levando em consideraçãqo a proposta do texto.

Outras obras de Allen Silva

Outras obras do gênero Comédia

Outras obras do gênero Cotidiano

Outras obras do gênero Crítica

Outras obras do gênero Crônica