Pássaro Ferido
Arimi
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 24/08/18 12:13
Editado: 25/08/18 17:40
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 45seg a 1min
Apreciadores: 1
Comentários: 1
Total de Visualizações: 53
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 120
[Texto Divulgado] "Espelho da minh'alma" Eis ai uma parte do que vivi, vi , morri e renasci. Sentimentos Versos Experiência Tudo numa coerência
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Publicado pela primeira vez em 07/02/2017 no Spirit Fanfics

Essa é uma história baseada em uma música de k-pop chamada "The Thorn Birds" e seu conteúdo com base nas experiências que tive. Afinal, quem nunca foi alvo de falátorio um dia na época da escola?

Se quiserem escutar com a música, dará mais sentimento à história!

https://www.youtube.com/watch?v=aabQwcur51M

Espero que gostem

Capítulo Único Pássaro Ferido

Olho ao redor e escuto as pessoas falarem ao meu respeito. Às vezes há pessoas que nem sequer me conhecem, mas estão ali para falar de mim.

Ali, naquela sala de aula, com aquela turma que nem ao menos olham para mim ou percebem a minha presença – ou fingem muito bem não perceber –

Entretanto estão ali a postos para falar algo que, por vezes, me machucam.

Quando escuto tais palavras, eu me sinto um pássaro ferido.

Ou melhor, as pessoas pensam que sou um pássaro ferido, incapaz de voar e de ir além. Alguém cuja principal habilidade lhe foi tirada. Mas mal sabem eles que eu apenas quero ser livre para voar. Livre, como um pássaro (e sem mais feridas)

❖❖❖
Notas de Rodapé

Espero que tenha transmitido meus sentimentos a vocês, leitores

Apreciadores (1)
Comentários (1)
Postado 26/08/18 18:31

Espinhos da vida, somos criticos, buscamos atenção e esquecemos de dar a mesma atenção, então fale de mim quanto quiser, sinal que existo para essas pessoas e faço parte dos momentos delas, seja feliz, cobre menos e de mais, fique feliz quando alguém pronucuiar teu nome, mesmo que não seja do jeito que voce queria ouvir.

Postado 27/08/18 18:24

É verdade que somos bastante críticos, mas eu fiz esse texto baseado nos meus sentimentos e na imagem que tive das minhas lembranças dos momentos de escola, quando as pessoas falavam de mim (tanto da minha sala quanto das outras) sem nem ao menos me conhecer apropriadamente, sem conviver comigo constantemente, sem saber das minhas circunstâncias e do meu esforço para me sair bem nas disciplinas

É fácil as pessoas julgarem e falarem um monte pelas costas sobre alguém que não se conhece, e mais fácil ainda é criar boatos sobre mim.

Por isso, escrevi esse texto, com a idealização de "pássaro ferido", como a imagem de alguém que era semprev alvo de comentários desagradáveis, como se eu nem estivesse ali. E, por vezes como alguém subestimada (há quem me subestimou, principalmente pelo fato de eu ser portadora de necessidades especiais e por ter uma boa relação com os professores, na época)

Claro que depois aprendi a lidar com essas situações, mas não significa que não machucava. Machucava e muito, sim.

Ainda assim, me mantive forte e continuei a dar sempre o meu melhor, independente do que as pessoas diziam ao meu respeito.

Com isso, criei no texto, a imagem de "liberdade", de seguir a minha própria vida e o meu caminho da melhor forma, sem nunca desistir.