Desnudar-se
Victoria C
Tipo: Lírico
Postado: 28/02/19 17:43
Editado: 01/03/19 15:04
Gênero(s): Poema
Avaliação: 10
Tempo de Leitura: 17seg a 23seg
Apreciadores: 4
Comentários: 3
Total de Visualizações: 275
Usuários que Visualizaram: 5
Palavras: 47
[Texto Divulgado] "réquiem for me" estou me dirigindo a várias pessoas nesta passagem. todas elas de mãos dadas comigo no espelho. 
Não recomendado para menores de dez anos
Capítulo Único Desnudar-se

O perfume que as flores exalam

Não se compara com teu.

Nem o sol, nem a lua, nem as estrelas

Brilham mais que os teus olhos castanhos.

Queria eu acariciar o teu corpo,

Desnudar a tua alma

E te fazer só meu;

Eu que já sou tua.

❖❖❖
Apreciadores (4)
Comentários (3)
Postado 28/02/19 23:39

A fofura veio para este poema e decidiu morar por aí! São versos encantadores e inspiradores. Dá vontade de amar e amar depois de ler.

Obrigada por compartilhar. Está uma gracinha!

Meus parabéns ♥

Postado 10/03/19 16:30

Ah fico feliz que tenha gostado. E obrigada por comentar! ♥

Postado 07/03/19 17:56

Um poema personificado em fofura ou fofura personificada em poema?

Não sei, só sei que foi maravilhoso lê-lo. Tem uma vibe boa e carrega consigo a leveza dos versos <3

Obrigada por compartilhá-lo conosco!

Postado 10/03/19 16:32

Que bom que você gostou de ler. Obrigada pelo comentário! ♥

Postado 21/12/19 12:53

Rápido e letal, muito bonito.