POESIAS DE UMA POETA LOUCA. (Terminado)
Pequena Estrela
Usuários Acompanhando
Tipo: Antologia Poética
Postado: 25/03/19 20:45
Editado: 04/04/19 17:04
Gênero(s): Poema Romântico
Qtd. de Capítulos: 10
Cap. Postado: 25/03/19 20:49
Cap. Editado: 26/03/19 12:14
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min a 2min
Apreciadores: 3
Comentários: 1
Total de Visualizações: 132
Usuários que Visualizaram: 4
Palavras: 286
[Texto Divulgado] ""
Não recomendado para menores de dezesseis anos
POESIAS DE UMA POETA LOUCA.
Notas de Cabeçalho

Bem, trago á vocês, mais uma de minhas poesias que estou repassando para cá.

Logo postarei novas.

Essas são antigas, que tenho guardadas em outros sites.

Enfim

Apreciem sem moderação.

Segunda Poesia. De fato, não era amor.

De fato, não era amor.

Bem, eu o conheci, e me apeguei

Achei legal nossas conversas, laços com você criei

Passou um tempo, e você demonstrou sentimento ao menos foi o que eu pensei...

Criamos promessas e sonhos, e no final acreditei que te amei.

Mas como assim acreditei? Então não era amor?

Bem, não sei dizer, eu disse eu te amo, e você de sua forma confusa disse que apenas sentia o mesmo. E eu como tola comecei a crer.

Não foi um eu te amo, foi um "eu também aprecio sua companhia" por assim dizer...

Ficamos estranhos desde então, sem teorias malucas, sem risadas, até se acabaram as engraçadas vídeo chamadas...

Tudo foi morrendo de pouco, murchando como uma simples mal cuidada flor.

E só me restou eu tentando puxar assunto, tentando não deixar escapar o que eu chamava de "meu verdadeiro amor"

Então de repente ... Não digo com tristeza, mas digo que de repente, finalmente acabou...

"Eu decidi, não estou mais confuso e essa é a verdade, decidi manter para o nosso bem, apenas uma amizade"

Quando isso ele me disse, lágrimas vieram aos olhos, mas não cheguei de verdade chorar, na verdade sorri depois de umas horas e pensei.

"Está tudo bem, afinal de contas uma pessoa só amar sozinha, não é de fato amar"

Não é de fato amar, de fato acho que no final eu me toquei.

Eu havia lhe gostado, adorado, queria seu bem.

Mas na verdade amor de verdade eu só senti por um outro alguém e eu estava apenas procurando substituto para esse amor antigo desaparecer.

Que infelizmente, a verdade, é que talvez o que eu senti, não era de fato...

Amor por você.

Autora: Pequena Estrela

❖❖❖
Notas de Rodapé

Terminei mais uma, espero que tenham gostado.

E lembrem-se, nunca se apeguem a um amor maior do que o amor que você tem por si próprio.

Apreciadores (3)
Comentários (1)
Postado 30/03/19 18:45

Mais uma vez uma belíssima obra, que nos faz refletir a cerca de um assunto tão simples e, ao mesmo tempo, complicado: amor.

Será que um dia teremos a resposta para essa pergunta?

Postado 31/03/19 22:02

Espero ter as respostas sobre questão tão complicada caro Luke, mas até lá, vamos tentar entender essa mistura maluca de hormonios que pode nos fazer tão bem e tão mal.