A impureza de uma virgem
Pequena Estrela
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 16/04/19 11:42
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min a 2min
Apreciadores: 1
Comentários: 3
Total de Visualizações: 308
Usuários que Visualizaram: 5
Palavras: 304
[Texto Divulgado] "lugar quente" é o que cantam os pássaros todos os dias espero que eu continue falando a língua deles. 
Não recomendado para menores de dezesseis anos
Notas de Cabeçalho

Olá, este sem duvida será forte, mentes sensiveis serão destroçadas.

É um conto imaginativo. Pode imaginar que está acontecendo a ti se é o que queres.

Uma leitura mais tempestuosa nos faz bem.

Capítulo Único A impureza de uma virgem

A moça se despia sozinha naquele banheiro cheirando á limpeza, tirava peça por peça da roupa que usou para ir trabalhar.

Totalmente nua, apenas para si e para os azulejos coloridos do banheiro, ela liga o chuveiro, no quente... precisava daquilo naquele dia, um longo banho quente.

A moça se coloca vagarosamente debaixo daquela agua confortante, sentindo que todos os teus problemas foram embora, as contas a serem pagas, a casa ou o carro. Tudo foi embora, só sobrou o corpo intocado e nu da doce dama.

A alma não tão pura apesar da virgindade.

Lembrou-se de um homem a quem desejava, a dama fechou os olhos, lembrou-se dele, como aquela presença a cativava, imaginou sem pudor se estivesse com ele ali e agora, debaixo da agua.

_Toque-me, desfrute-me _ A moça sussurrava baixo, enquanto passava as mãos alvas e delicadas sobre o próprio busto, pescoço e abdomen.

Ela queria aquele homem, mesmo puritana de corpo, sem experiencia, queria aquele homem para possui-la de forma indecente.

Como a tal já lera tantos livros de romances fortes, ela não ficaria totalmente perdida.

Ficaria ansiosa, ficaria enormemente excitada, isso era fato, imaginar os braços masculinos e viris a envolve-la...

Céus! A agua estava mais quente do que o normal, mas não era só a agua.

Era a moça virgem, cheia de fogo, que gemia abaixo da agua, encostava a cabeça contra o frio piso da parede.

Ops! Acho que ela passou os limites, de fato sua imaginação tão completa e incompleta terminara o trabalho, com a ajuda da sua delicada mão virginal.

Desligou o chuveiro, enxugou-se e vestiu-se e foi deitar.

Por fim, a moça virgem conseguiu mesmo relaxar, de uma maneira inusitada.

Mas á sua maneira, esqueceu de seus problemas. Logo teria de acordar, mas isso ainda iria demorar... Mas não agora.

Não agora de fato...

❖❖❖
Notas de Rodapé

Gente se eu passei dos limites peço perdão, quis ser a mais sensivel possivel e mais poetica.

Gosto da poesia e escrita forte, apesar de ser de tenra idade.

Espero que tenham apreciado.

Beijos

Apreciadores (1)
Comentários (3)
Comentário Favorito
Postado 23/04/19 19:43

Poderia dizer as mais de mil palavras que vieram em minha mente, mas só posso dizer que esse texto é real hehe

É real, sincero, corrompido, porém sensível e...admirável.

Meus parabéns!!!

Postado 23/04/19 20:36

Obrigada meu anjo, fico feliz por ter gostado, o mais engraçado, é que eu estava tomando banho quando veio esta ideia kkkkkkk

Postado 23/04/19 20:58

Banho traz as mais perfeitas inspirações. São times horríveis, pois tem que ficar repetindo na mente para não esquecer, mas dali surge as melhores ideias.

Postado 16/04/19 12:02

Novamente você tem uma escrita maravilhosa, jovem padawan, e sua criatividade é algo a ser admirado. Nao é vergonha ser quem você é

Postado 16/04/19 12:04

Teus comentários são uma imensa satisfação, nunca me cansarei de dizer isto. Você é sem duvida, um estimado amigo e aliado.

Postado 24/06/20 12:37

Empolgante de certa forma.

Pode ficar tranquila seu texto não passou dos limites, pelo menos não para mim.

Fora tão suave e tranquilo com um toque bem romântico que combina com você, seu estilo é adorável.

Sem muito a dizer, agradeço por compartilhar sua obra.

Assinado um ser sem um amante para usar, <3

Postado 24/06/20 12:40

Seus comentários são tão poeticos quanto minhas obras minha cara, gosto muito da tua análise

Agradeço o comentário.

Postado 24/06/20 12:40

Seus comentários são tão poeticos quanto minhas obras minha cara, gosto muito da tua análise

Agradeço o comentário.

Postado 24/06/20 12:57

Fico feliz em saber e anida mais alegre por ter respondido meu comentário, espero vê-la mais ativa.

<3