De volta ao ponto 0
Pequena Estrela
Tipo: Lírico
Postado: 04/06/19 10:38
Editado: 04/06/19 13:31
Gênero(s): Poema Reflexivo
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 45seg a 1min
Apreciadores: 0
Comentários: 1
Total de Visualizações: 47
Usuários que Visualizaram: 2
Palavras: 120
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Apreciem

Capítulo Único De volta ao ponto 0

Eu caminhei bem

pisei por cima de pedras afiadas para algo alcançar.

estava doendo, mas não podia voltar

estava indo tudo bem, não era a verdade, mas eu tinha que pensar.

Bati na primeira porta, a insegurança me atendeu

senti que parte de mim morreu.

Mas continuei a caminhar...

Cheguei a outra porta, nem demorou tanto para eu chegar ali.

e quando me senti feliz pela hospitalidade

percebi que aquele não era meu lugar

estava bom demais para ser verdade.

Então fui caminhando sem ânimo pelos pedregulhos maldosos da falta de reciprocidade.

Sentindo a chuva pesada do amor não sincero.

Foi quando notei que de tanto caminhar cheguei ao lugar de solidão que sempre pertenci.

Estava de volta ao ponto 0.

❖❖❖
Notas de Rodapé

*suspiro*

É isto...

Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (1)
Postado 04/06/19 11:02

Esta é a sensação que tem , minha cara Saira? Que esta sozinha e sem ninguém?

Você tem a Deus em primeiro lugar e a sua familia. O amor é um sentimento conflitante e perigoso , mas belo.

Eu não te abandonei, ainda estou aqui, para fazer oque eu puder fazer, como um amigo que te quer bem.

Postado 04/06/19 11:17

Não me sinto sozinha em questao de amizade ou família, tô feliz nesse quesito... É que sei la, so pensei que dessa vez eu não iria me ferrar por causa de amor, e me ferrei.... Tô cansada, só isso.