Chat
Almajida
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 21/06/19 14:43
Editado: 21/06/19 14:44
Gênero(s): Cotidiano Romântico
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 2min a 3min
Apreciadores: 2
Comentários: 2
Total de Visualizações: 137
Usuários que Visualizaram: 5
Palavras: 373
[Texto Divulgado] "A sociedade mata por " Torturando três garotas, Lobo Negro faz elas sentirem na pele as agonias da alma e mostrando os monstros da sociedade em que se vive.
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Chat

- Boa noite, João.

- Boa noite, Marina.

Marina gira a chave, abre a porta e entra em seu apartamento. Foi uma noite memorável para um primeiro encontro, realmente uma surpresa. Pelas contas de João é o seu 13º “blind date”, o primeiro a não ser um fracasso. Na verdade, fracasso é pouco para descrever os anteriores, mas isso não importa. Esse foi um sucesso.

João mal chegou ao seu carro quando sente o familiar zumbido de alerta de seu celular: uma mensagem. Será Marina? Seu coração dá uma pequena acelerada, o que o surpreende um pouco: ela realmente causou uma profunda impressão nele. Rapidamente, João pega o celular para verificar o remetente da mensagem...bingo! É Marina.

[Adorei a noite. Vc é um fofo. ;*]

Um fofo. O que isso pode significar? Não era exatamente a impressão que ele gostaria de deixar, sem contar que é muito amplo, pode significar qualquer coisa, até um gracejo educado. Como ter certeza? João pensa por alguns instantes em qual resposta mandar. Na tela de seu celular Marina ainda está online, ele não pode esperar muito pra responder, especialmente porque ela sabe que ele já leu. Então, o que escrever?

[Então somos dois] – Não, horrível!

[Você também é uma fofa!] - Não!

[Foi ótima, boa noite] – Meu Deus está ainda pior. Demorando esse tempo todo escrevendo ela vai achar que estou escrevendo um textão. Ela odeia textões, fizemos piada sobre isso no jantar.

[A noite foi fantástica! Adorei a sua cia…;)] - Esse vai servir. |SEND|

[Eu tb]

[Meu primeiro blind date bem-sucedido rs]

- Boa! - O coração de João dá uma pequena acelerada com a resposta que ele recebe em seu celular. Hora de ser mais incisivo, talvez? Que insegurança ridícula, João pensa. A sorte favorece os corajosos.

[O meu tb]

[Quero te ver mais vezes. Vc é fantástica s2]

[s2]

[E o q você tem em mente?]

[Que tal repetir a dose amanhã?]

[Amei a idéia! Agora eu vou dormir]

[Nos falamos amanhã?]

[Será um prazer!]

[Boa noite, bons sonhos…]

[Bjo]

[Boa noite, gato. ;*]

João liga o carro com um imenso sorriso no rosto. Um verdadeiro sucesso, ele pensa, enquanto desce a avenida rumo a sua casa. Talvez seus dias de solteiro possam finalmente acabar.

❖❖❖
Apreciadores (2)
Comentários (2)
Postado 13/08/20 21:50

Que textinho mais fofo! Gostei muito da maneira que você simulou a conversa de ambos e as emoções tão humanas em situações como essa. Me peguei rindo em alguns momentos por me identificar com a troca de mensagens do casal.

Torcendo para que eles não somente saíam em encontros, mas que, também, se encontrem um no outro!

Obrigada por compartilhar conosco esse texto bem escrito e fofo!

Parabéns, Almajida ♥

Postado 16/10/20 22:27

Gostei da estrutura do texto. Isso de escrever a mensagem e apagar, por achar que não está adequada é muito real!

Parabéns!