O que eu jurei esquecer
August
Tipo: Lírico
Postado: 08/07/19 17:31
Editado: 09/07/19 22:47
Gênero(s): Poema Reflexivo
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 26seg a 35seg
Apreciadores: 2
Comentários: 2
Total de Visualizações: 39
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 71
[Texto Divulgado] "Os meninos e o poeta." Posso até nem ser aquilo tudo como autor, nem é mesmo o pretendido, não obstante, tomar um cafézinho com o poeta é uma honra que vou levar dessa divertida existência.
Livre para todos os públicos
Capítulo Único O que eu jurei esquecer

Tentei esquecer o que vivemos

Nossas brincadeiras, nossos risos, achei que tudo havia acabado

Que estava congelado.

E novamente me encontro fracassado.

Pois nao pude te esquecer

E nem mesmo eu pude entender

O que me faz te querer

Sei que é proíbido, profano.

Mas nao pude escapar a condenação.

Nao me leve a mal, queria mais que teu coração

Te queria toda pra mim

Cada célula...

Bem podes imaginar isso.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Autoria de supreme mage, o poeta do gelo

Apreciadores (2)
Comentários (2)
Postado 08/07/19 22:29

Seja lá quem for a dita pessoa que não esqueceu ela deve ser especial ou tentadora, fico surpreendida pela sua intensidade.

Parabens, faça mais desses e com mais detalhes por que a Estrela aqui gostou foi muito.

Postado 09/07/19 09:11

Inocente como sempre nao e mesmo, Sah? Me surpreende vc nao ter entendido. Essas donzelas puritana me dao trabalho

Postado 09/07/19 10:27

Há tanta informação nessas entrelinhas, que reler é extremamente necessário.

Diz ser poeta do gelo, mas seus textos causam calor, tanto pela intensidade quanto pelo sentimento aclamado.

Esse em particular, gera um diálogo secreto. Um que só amantes conseguem entender.

Gosto muito dos seus textos!!!! Meus parabéns por tamanha obra!!!

Postado 09/07/19 10:35

Apenas uma simples obras de um humilde poeta, mas fico feliz que tenha gostado e obrigado pelo comentário