Ser livre
Shizu
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 05/08/20 01:03
Avaliação: 10
Tempo de Leitura: 55seg a 1min
Apreciadores: 5
Comentários: 4
Total de Visualizações: 135
Usuários que Visualizaram: 10
Palavras: 149
[Texto Divulgado] "Escrevendo O Rei de Amarelo" Uma professora de Literatura e Escrita Criativa decide trazer para a realidade uma peça fictícia que deixa seus leitores loucos. O que poderia dar errado?
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Texto referente a imagem de número 09 do Desafio das imagens.

Sinto as imagens foram bem escolhidas, mas essas ainda são as fáceis... Hahaha.

Capítulo Único Ser livre

Antes mesmo dos meus pulmões trabalharem pela primeira vez esse ar poluído e mesmo depois do meu sangue sujar e manchar o asfalto molhado, eu nunca fui livre.

Sempre imaginei a mim mesmo como uma criatura estranha aprisionada em uma gaiola minúscula que ninguém, além de mim, podia ver.

Talvez até antes de ser quem sou, agora; estivesse preso como um pássaro que só aceitou seu cativeiro e todo o “luxo” oferecido pelo mesmo. Mas, de qualquer forma, aceitando ou não; se perguntam o que quero, eu ainda digo – mesmo sabendo ser impossível – meu desejo de liberdade e, talvez, ser feliz bem longe daqui.

Todavia, em sussurros preciso confessar que esse desejo duradouro insiste em existir em meu ser e, por mais que tente, desfazer a esperança de um dia ser algo alcançável, eu ainda blasfêmio sobre ser livre... Já que mesmo tendo minhas asas, eu não posso voar!

❖❖❖
Apreciadores (5)
Comentários (4)
Postado 05/08/20 13:28

Bem triste, imaginei não só o seu personagem, mas todos nós as vezes meio presos dentro de gaiolas invisíveis, não sabendo para onde ir...

Provavelmente seu personagem não pode mesmo escapar, mas nós talvez possamos, já que de tão invísiveis, nossas gaiolas podem muito bem não ser reais...

Foi um devaneio, rs

Enfim, ótimo texto, um abraço!!

Postado 05/08/20 14:05

Que desafio inspirador, minha jovem! Fico emocionada por meu texto causar tamanha reflexão, obrigado.

Agradeço por demais seu comentário, <3

Postado 07/08/20 17:13

Primeiro falando da sua nota inicial, sim vc está escolhendo muito bem essas imagens, eu to adorando participar, obrigada por ter criado esse desafio tão legal, e agora falando do texto, é tão triste, mas ele tem um ar poético pelas coisas que diz, foi muito legal apesar da tristeza *_*

Postado 07/08/20 17:25

Fico tão feliz em saber que está gostando do desafio, (つ≧▽≦)つ

Agora quando leio mais uma vez meu texto posso notar que ficou melancólico, talvez até demais! Fico muito feliz que tenha apreciado a leitura, muito obrigado pelo comentário; deixou-me com um sorriso.

<3

Postado 05/10/20 15:44

Já me senti assim, ou algo dentro de mim já se sentiu assim... Essa dissociação é corriqueira... Enfim, que obra boa, mulher! Parabéns!

Postado 09/10/20 02:09

Eu entendo o que quis dizer, menina.

Muito obrigado pelo comentário, fico sem jeito pelo elogio e muito feliz que tenha associado meu texto a você mesma, <3

Postado 15/02/21 20:52 Editado 03/03/21 21:08

Ah, Guro-chan... Infelizmente tive/fiz uma interpretação tão negativa e perigosa acerca desta obra cálida que nem ouso comentá-la, pois é quase certo que se trata de uma deturpação monstruosa e imerecida da real mensagem que a senhorita quis passar com estas melancólicas linhas...

Meus sinceros parabéns por honrar o Desafio das Imagens com uma obra tão bela, Guro-chan...

Atenciosamente,

um ser que amputou as próprias asas e se enclausurou em um Abismo criado por si mesmo, Diablair.

Postado 03/03/21 21:00

Não o culpo por fazer esse uma interpretação negativa, eu mesma toda vez que leio tiro um sentimento diferente de minha própria obra (doido, né?)

Fico extremante emocionada por receber um elogios desses! Muito obrigada pelo seu comentário, <3