A verdade doe
Shizu
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 25/09/20 00:23
Editado: 25/09/20 00:24
Avaliação: 9.6
Tempo de Leitura: 1min a 2min
Apreciadores: 10
Comentários: 8
Total de Visualizações: 206
Usuários que Visualizaram: 14
Palavras: 314
[Texto Divulgado] "Escrevendo O Rei de Amarelo" Uma professora de Literatura e Escrita Criativa decide trazer para a realidade uma peça fictícia que deixa seus leitores loucos. O que poderia dar errado?
Não recomendado para menores de dez anos

Esta obra participou do Evento Academia de Ouro 2020, indicada na categoria Conto ou Crônica.
Para saber mais sobre o Evento e os ganhadores, acesse o tópico de Resultados.

Notas de Cabeçalho

Continuando o desafio hahahaah (Asami que me ajude)

Imagem 5, acho...

Capítulo Único A verdade doe

A primavera cheia de pólen e insetos soprava suave os cabelos de Adriane, uma adorável criança de pele branca e vestidinho florido, que arrastava sua mochila vermelha pelo caminho para casa.

O olhar baixo e os passos lentos caracterizavam bem a menina de quase sete anos que pela calçada de árvores floridas e cimento, limpava seus machucados entre suspiros e caretas de dor.

Subitamente parando sua rotina exaustiva, ela se agauchou e começou a chorar. Lembrando dos últimos acontecimentos, tentando entender porque dizer a verdade foi tão ruim quanto mal recebida.

– Dizer a verdade não erra o certa a se fazer? – resmungou entre soluções e choro.

– O que está dizendo, esquisita? – berrou um garoto banguela.

Adriane puxou sua mochila e cambaleando correu assustada, as lágrimas cada vez mais vividas escorriam deixando sua visão turva. Em vantagem de agilidade, o menino parou à frente da mesma lhe bloqueando o caminho com o corpo.

– Gosta de dedurar os outros é pirralha? – sacudiu-a pelos ombros levantando o rosto, mostrando o nariz que sangrava fino. – Que merda! Eu não fiz nada!! Pera... – a menina tremia como vara verde e era notável os arranhões e roxos. – Parece que é um mal habito seu, dizer sempre a verdade e olha o que conseguiu com isso – suspirando, largou a criança que desmoronou aos berros.

Não tardaram a vir os soluços, nem o nariz que mesclava entre sangue e ranho.

O menino não queria mais que a assustar, mas ela já estava aterrorizada. Chegará tarde e agora só podia confortar a jovem.

Ele puxou um pano da mochila e limpou o rosto da menina: – Dizer a verdade é importante, mas você precisa saber quando, onde e para quem dizer. Além de classificar com “vale” e “não vale” a pena contar...

– Por que? – perguntou fazendo uma careta enquanto o garoto apertava-lhe o nariz.

– Porque a verdade doe, sempre doe – pensativo terminou – em alguém.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Talvez pareça que eu tenha uma visão bem ruim das crianças, mesmo que eu goste muito delas.

Mas eu só sou meio doida mesmo, hahahahah.

|ω-o)゚

Apreciadores (10)
Comentários (8)
Comentário Favorito
Postado 25/09/20 00:28

Aaah, Shizu, crianças são um tanto quanto complexas, eu diria. Podem ser doces e amáveis ou cruéis e irritantes, são coisas que dependem muito das circunstâncias das mesmas, já que são totalmente reflexivas e influenciáveis! Não acho que tenha uma visão ruim, apenas uma visão!

Eu não sou muito fã de crianças, poucas são as que me dou bem, entendo essa virsão que você chama ruim totalmente hahaha

Obrigada por postar sua obra com a gente, Shizu! Incrível, como sempre!

Beijos!!

:)

Postado 26/09/20 19:01

Sim Sim Sim, circunstâcia pode ser uma boa palavra para definir uma criança/adolescente (adulto?) ( ‐∧‐)ゞ

Entendo quando diz que não ser fã de crianças, mesmo eu gostando tem uns que não chego perto (bate um mal humor) σ( ̄∇ ̄;)

(Coloquei essa nota mais por esse ser o segundo ou terceiro texto que posto "falando mal", hahahaha não sei explicar)

Agradeço muito pelo comentário, fico muito feliz!!

Postado 25/09/20 00:39

Sua obra é fantástica. A narrativa me cativou do início ao fim. Todos os eventos foram bem narrados e, durante toda a leitura, me sentia como uma adulta na calçada ao lado, observando a situação que ocorria com as crianças. A imersão foi intensa e proporciona uma ótima experiência de leitura.

A mensagem por trás dessas palavras é verdadeira e quando semeada desde a infância, pode vir a se tornar uma arma preciosa na vida adulta.

Obrigada por compartilhar essa obra maravilhosa conosco!

Parabéns, Shizu ♥

Postado 26/09/20 18:55

Não sei lidar com elógios tão maravilhosos!! (灬♥ω♥灬)

Muito obrigado pelo comentários e elógios, fico muito feliz.

ღゝ◡╹)ノ♥

Postado 25/09/20 01:39

É o tipo de coisa que faz você se perguntar porque os dinos levaram uma pedrada na cabeça e os humanos não. 0 defeitos, leitora favorita <3

Postado 26/09/20 19:03

HAHAHAHAAHAHAHAHHAHAHA!

Essa é uma ótima pergunta!!

Obrigado pelo cometário~ (ฅ'ω'ฅ)

Postado 25/09/20 08:59

Realmente expressivo, simples mas de profundidade. Você sabe bem como trabalhar as coisas minha nobre amiga.

Postado 26/09/20 19:04

Muito obrigado pelo elógio e comentário, fico muito feliz.

(*≧▽≦)

Postado 25/09/20 11:23

A verdade dói mesmo...

O conselho do garoto foi excelente e devíamos sempre lembrar dele...

Obrigada pelo lindo texto!

Postado 26/09/20 19:08

Sim Sim Sim e como doe. Mas pergunta certa é em quem realmente dói? (era no que pensei ao escrever o texto ahahhaha)

Muito obrigado pelo cometário e elógios, <3

(๑>ᴗ<๑)

Postado 26/09/20 13:36

Senhorita Shizu, estou chocada... Na verdade não sei se entendi o ponto do seu texto, então peço desculpas se interpretei tudo errado e vou falar apenas um monte de porcaria hahaha.

Eu estudo pedagogia e certa vez trabalhei em uma escola, e pude ter em minha visão de adulta exatamente a mesma visão que eu tinha quando criança: eu acho um absurdo sem tamanho as professoras dizerem que "é errado dedurar os colegas".

Porra, encobertar algo de errado que alguém fez, só para não ser "dedo duro"?

Claro, existem inúmeras situações na vida que é preferível ficar calado do que dizer uma pseudoverdade que irá ferir e magoar os outros. Principalmente coisas sobre a aparência física das pessoas.

Mas o engraçado é que as professoras não veêm nada demais em dizer que tal aluno "está gordo demais", ou que tal aluno "tem cabelo ruim demais", como se fossem "verdades" que precisassem ser ditas, e ao mesmo tempo condenam as crianças que "deduram" as outras (que podem ter roubado o lápis do colega, ou que podem ter corrido perigosamente em locais proibidos de correr)... é muita hipocrisia.

Enfim, desculpa, falei merda, mas eu adorei o modo como você escreveu o texto e foi descrevendo a situação, o primeiro parágrafo quase me fez chorar com a tristeza da menina arrastando a mochila!

Parabéns pelo ótimo texto! <3

Um grande abraço! <3

Postado 26/09/20 19:29

Sua expêriencia/visão me fez lembrar de uma vez que minha turma segunda ou terceira série/ano tinha feito algo errado e antes de iniciar a aula "combinaram" que ninguém contaria ou apanharia de todo mundo (que idiota!! AHAHHAHAHH a pior parte é que tenho outras vagas memórias de algo parecido acontecer outras vezes quando mais velha (O∆O)).

Bem sobre sua interpretação, eu não sei dizer se está certa ou errada AHAHAHHA! Enquanto escrevia pensei naquelas crianças que falam a verdade em qualquer ocasião e sobre o quanto crianças podem ser cruéis (seja batendo, excluindo, maltratando em geral, assustando cof cof e consolando~, sabe? O quanto são instáveis as vezes hahah)

Agora sobre as ações das professoras que tive contato principalmente em meus anos de estudos (seja creche, famoso jardim, ens. fundamental, ens. médio) nunca cheguei a entender algumas coisas que diziam ou faziam que hoje e/ou sempre considerei muito errado vindo de um(a) mentor(a), como esse belo exemplo que citou.

Agradeço muito seu cometário e não falou nada de errado, me fez refletir e lembrar de várias situações ahahhah.

Uma grande abraço ⌒(•ㅅ•)⌒

Postado 27/09/20 21:08

Existem verdades que não são para serem ditas? Esse texto nos faz repensar tanto quanto " O mito da caverna." ou "Matrix" onde a grande sacada é a pergunta de um milhão de dólares: "Devemos saber a verdade a todo momento?"

Postado 28/09/20 21:15

AAAAAAHHHHHH~

Adorei seu comentário e que honra ao ter meu texto comparado com essas grandes obras(mito) hahahha

Muito obrigado pelo cometário e perguntas hahaha vou ficar pensando aqui :v

Postado 20/02/21 21:30

Essa ingenuidade, essa falta de filtro, essa percepção tão pura das coisas, isso, que as crianças possuem, é capaz de condicionar a um pequeno da mais absoluta inocencia a mais profunda crueldade. Acho que é por isso que é tão dificil lidar com crianças e mais, é por isso que levamos adiante tantas cicatrizes emocionais dessa época em nossas vidas onde fizemos ou sofremos situações absurdamente desconfortaveis justamente causadas por essa instancia extremista.

Oh girl, fico chashado mentalmente só de pensar a respeito. For real, auhsauhduahsu.

Postado 03/03/21 21:18

Concordo, é o início da vida e uma fase que deveriam ter mais cuidado por vários motivos seja os que aparecem nos noticiarios ou as características de personalidade que estão se moldando. Não deveriam mentir/omitir tantas coisas das crianças para "proteger" seja do que for... tem assustos que deveriam ser devidamente explicados e ensinados aos pequenos.

Oxi! Desculpe trazer memórias/pensamentos ruins a você com meu texto, mas fico muito grata por seu comentário e espero que tenha gostado da leitura.

<3