Apenas uma noite.
Deckinha
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 30/09/20 18:30
Gênero(s): Erótico ou Adulto
Avaliação: 9.67
Tempo de Leitura: 44seg a 59seg
Apreciadores: 5
Comentários: 4
Total de Visualizações: 112
Usuários que Visualizaram: 8
Palavras: 118
[Texto Divulgado] "Escrevendo O Rei de Amarelo" Uma professora de Literatura e Escrita Criativa decide trazer para a realidade uma peça fictícia que deixa seus leitores loucos. O que poderia dar errado?
Não recomendado para menores de dezoito anos
Notas de Cabeçalho

Depois de muita luta, surge meu primeiro texto. Aproveitem.

Capítulo Único Apenas uma noite.

A música lenta dava som ao ambiente e a garrafa de vinho pela metade era uma das testemunhas da noite de amor daquela ruiva e do moreno.

Já se passava das três da manhã e o casal, continuava ignorando as horas passadas ou qualquer compromisso logo pela manhã, apenas para continuarem se amando.

Ela, de costas para o amante, jogou sua cabeleira sobre os seios para beijá-lo da melhor forma.

Já ele, com ambas as mãos nos quadris de Gabi, ditava um ritmo de maneira suave, mas conforme o beijo ganhava intensidade, o sexo ganhava autoridade.

Eles descontrolaram-se e naquela mesma posição, os dois entregaram-se ao orgasmo de uma vez por todas, na primeira noite que se encontraram.

❖❖❖
Apreciadores (5)
Comentários (4)
Comentário Favorito
Postado 30/09/20 19:13

Opa! Para tudo! Que conto! Adorei!

E essa frase do final? "na primeira noite que se encontraram."

Subiu um arrepio aqui HAHAHAHAH!

Fico me perguntado o que aconteceu depois... ? σ( ̄∇ ̄ )

(teorias de uma leitora hahha)

Agradeço por compartilhar sua obra e Bem-Vinda a Academia de Contos.

Assinado alguém que gosta de vinho, <3

Postado 30/09/20 19:26

Quem não gosta de vinho, nunca experimentou e se a primeira noite foi deste jeito...

Postado 30/09/20 18:38

É por essas e outras que eu não escrevo textos "hot" olha só 118 palavras e ficou melhor do que tudo que já fiz. O calor até sobe, ainda mais pela Gabizinha ser ruiva.

Postado 30/09/20 18:40

Tem queda por ruivas? hmmmmm. Mas assim, ainda prefiro as suas novels, por muito.

Postado 01/10/20 12:22

Olá, senhorita Deckinha!!

Fico feliz que tenha postado seu primeiro texto aqui na Academia!!

E já veio com tudo, rsrs.

Adorei a descrição da cena, o vinho testemunha da noite de amor!!

E fiquei com uma impressão que aquela última frase além de ter dito que fora a primeira noite do casal, também quis dizer que seria a única... será?

Muito bom mesmo, meus parabéns!!

Um abraço <3

Postado 01/10/20 21:44 Editado 01/10/20 21:45

O pessoal aqui faz teorias de one-shot mesmo? HAHAHAHAHA Vou escrever uma novel em.

Postado 15/02/21 20:12

Apenas uma noite... Ou não. O importante é que houve ao menos uma e durante ela, ambos se entregaram um ao outro de corpo e alma, sem preocuparem-se ou limitarem os sentimentos e desejo que os consumia e instigava...

Belíssima estreia, Srta Deckinha. Um texto sucinto, ardente e inspirador, sem dúvida! Meus parabéns e, embora bastante tardio, permita-me lhe dar as boas vindas a este antro maldito e comatoso chamado Academia de Contos!

Atenciosamente,

um ser que apreciaria apenas uma noite que jamais ocorrerá, Diablair.