Garraduende (Em Andamento)
Sabrina Ternura
Usuários Acompanhando
Tipo: Roteiro (Longo)
Postado: 09/10/20 02:52
Editado: 16/01/21 12:04
Qtd. de Capítulos: 17
Cap. Postado: 12/01/21 02:24
Avaliação: 10
Tempo de Leitura: 3min a 4min
Apreciadores: 2
Comentários: 2
Total de Visualizações: 52
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 595
[Texto Divulgado] "Quarto dia" Os dias com eles pareciam perfeitos, a não ser pelo sabor estranho na comida que ele cozinhava ou pelo fato de que esquecer a maioria das coisas que aconteciam no dia anterior. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Não recomendado para menores de dezesseis anos
Garraduende
Oitava Cena Divisões

OITAVA CENA: EXT. MANSÃO JASON (CAMPO DE BATALHA) - MADRUGADA (3H20)

Diablair, Meiling, Black e Imperatriz saem do cômodo onde a Trindade do Apocalipse ainda está desacordada. O quarteto encara o exército. Diversas criaturas sedentas por sangue começam a correr na direção deles. Black saca sua espada e a Imperatriz invoca duas facas. Diablair faz com que chamas saiam de suas mãos após entoar um encantamento. Meiling, no entanto, permanece parada. Diablair, Imperatriz e Black olham para ela, intrigados.

DIABLAIR: Querida?

IMPERATRIZ: Tia, não sei se você tá vendo, mas tem um exército vindo na nossa direção.

MEILING (indo para a frente do grupo): Eu estou vendo eles claramente, sobrinha, mas quero testar uma coisa…

BLACK (com a sobrancelha arqueada): Testar? Agora?

MEILING: Veni, tenebris. Cadere, abyssum¹.

[Meiling move as mãos após entoar o feitiço e alguns brilhos negros saem das mesmas. Logo em seguida, o chão de todo o local começa a tremer e uma fumaça escura sai dele. Abruptamente, o solo se parte, criando um abismo profundo em forma de círculo ao redor do cômodo em que a Trindade do Apocalipse e o quarteto estão. O exército, que estava correndo na direção do quarteto, não consegue parar a tempo e muitos começam a cair no abismo criado por Meiling. Black e Diablair estão boquiabertos. A Imperatriz cruza os braços]

MEILING (com a mão no queixo): Abismo da Escuridão… Realmente esse feitiço veio a calhar…

IMPERATRIZ: Tia, se você podia derrubar metade do terreno e dizimar metade do exército sozinha, por que você nos deixou sonhar?

MEILING: É uma magia que só posso usar uma vez e eu não a aprendi por completo ainda. Além disso, eu…

[Antes que Meiling pudesse continuar a resposta, diversas árvores são lançadas na direção do grupo e o exército começa a se dividir.]

BLACK (gritando): ELES VÃO NOS CERCAR! Vamos ter que nos separar.

[Diablair vai para o sul do círculo, Black para o norte, Imperatriz vai para o leste e Meiling permanece onde o grupo estava até agora, no oeste.]

VOZ DE FUNDO: O quarteto se separa com o intuito de reduzir os soldados com ataques de longa escala, mas nenhum deles tinha ideia do que estava por vir. Quando Meiling utilizou seu feitiço, o exército só fingiu se surpreender, afinal eles já tinham ciência sobre aquela carta na manga. Ainda não era do conhecimento da família que o Duende era vidente e já havia direcionado seu exército segundo suas previsões antes mesmo da batalha começar. Quando cada um se localizou para os mesmos extremos que Rumpelstiltskin havia previsto, o exército se dividiu de maneira estratégica conforme as ordens de seu líder: a Divisão do Sul conteria somente espécies com as quais Diablair teria dificuldade em combater, isto é, seres de luz em suas variadas formas; já a Divisão do Norte possuiria seres de diversas espécies com o adicional de gigantes, o que dificultaria o trabalho do Hunter Black; a Divisão do Leste possuía em sua grande maioria vampiros e valquírias, assim como ciclopes, para poder massacrar a Imperatriz; e a Divisão do Oeste era composta predominantemente por espécies aquáticas e venenosas para o desespero de Meiling. Até esse momento, a Trindade do Apocalipse ainda está desacordada e seu inimigo, Rumpelstiltskin, passa a rodear o cômodo em que elas estão para descobrir como adentrá-lo. O Duende só não esperava por uma pequena interferência da Deusa que estava acontecendo no interior das meninas. As primeiras faíscas começam a se alastrar pelo campo de batalha, enquanto os primeiros pingos de uma forte tempestade começam a cair.

FIM DA OITAVA CENA.

❖❖❖
Notas de Rodapé

¹ Tradução do latim: Venha, escuridão. Caia, Abismo.

Apreciadores (2)
Comentários (2)
Postado 12/01/21 08:40

Oh, Lúcifer... Como adorei ver a Mei tomando a frente da situação e dizimando inúmeras vidas com seu poder sombrio, assim mais que honrando seu status de Sacerdotisa das Trevas! Aquilo foi, com o perdão do trocadilho, uma tenebrosa surpresa tenebrosa que me deixou com ainda mais expectativas quanto a esta guerra de um quarteto contra milhares!

Santíssimo Satã, a sede de batalha da Imperatriz chega a ser bizarra, é uma verdadeira psicopata sem solução mesmo... Shahahahahahaha!

Estou muito curioso para saber como o grupo (agora separado, por assim dizer), irá lidar com seus respectivos contingentes inimigos, mas estou confiante de que a autora, amante de uma boa e irrestrita Treta, vai nos brindar com um magnífico e inesquecível combate épico!

Se bem que, aparentemente, o Duende tem uma vantagem dificílima de se lidar e da qual a família infernal sequer faz ideia, o que minimizaria as chances de vitória se não fosse um detalhe crucial que também ocorre em sigilo... Ah, Satã! Eu só quero ver que combo louco a senhorita bolou para essa parte da obra!

Meus parabéns por esta abertura bélica devastadora protagonizada pela melhor esposa que o Inferno já viu, Divina Brina! Literalmente correndo para o próximo capítulo agora!

Atenciosamente,

um ser que adorou ver a Escuridão da Mei devorar metade de um exército, Diablair.

Postado 13/01/21 01:28

Alguém aqui precisa ser animado o suficiente para incentivar os velhos, tio Diab! Deixa eu ser feliz!

Postado 15/01/21 23:08

A Mei é sempre aquela personagem quietinha que, quando aparece, consegue ser mais foda do que todos nós juntos. Ela arma o circo, apresenta ele, bota fogo no circo e dança sobre as cinzas dele KKKKK.

O Duende vê o futuro, mas será que ele tá vendo o futuro certo? KKKKKK A Deusa gosta de passar a perna nos outros, vocês deviam saber disso.

Obrigada pela presença e comentário, Tio Diab ♥

Postado 13/01/21 01:14

Totalmente chateada com a tia Mei e mais chateada ainda com esse duende de uma figa! Eles me deixam sonhar e depois acabam com os meus sonhos... Bom, pelo menos mandaram os ciclopes para mim! Vamos ver o que dá para fazer....

Eu acho que essa separação não foi exatamente ruim. Já pensou, Black e Imperatriz lutando lado a lado? Seria uma verdadeira guerra. E, cá entre nós, sabemos que o tio Diab ainda não aprovou totalmente o Hunter... Vai que ele lança um feitiço "por engano" no caçador, né?

Esse Hump não perde por esperar! VAMOS FAZER PICADINHO DE DUENDE E COMER COM FAROFA DE OVO!!!1!!!

Postado 15/01/21 23:09 Editado 15/01/21 23:10

Não vou falar nada sobre a luta da Imperatriz. Minha boca é um túmulo! O Diab nunca vai aprovar o Black completamente, mas ele guarda isso pra ele. Os dois tem um passado e isso vai ser bem desenvolvido no spin-off do Black, mas o Black realmente se esforçou para ficar com a Tortura e quem não vê isso é mais cego que nós duas.

MATA O DUENDE, FAZ PICADINHO DELE, COME COM BATATA PALHA!!!!

Obrigada pela presença e comentário, Flavinha ♥

Outras obras de Sabrina Ternura

Outras obras do gênero Ação

Outras obras do gênero Aventura

Outras obras do gênero Comédia

Outras obras do gênero Drama