pesadelo.
Pequena Estrela
Tipo: Lírico
Postado: 09/03/21 11:49
Gênero(s): Poema
Avaliação: 9.76
Tempo de Leitura: 35seg a 47seg
Apreciadores: 10
Comentários: 8
Total de Visualizações: 212
Usuários que Visualizaram: 15
Palavras: 94
[Texto Divulgado] "O Último Delírio de um Rei" Há muito tempo, num reino bem distante, vivia um rei que tinha dois filhos gêmeos. O rei estava morrendo, e em seus últimos dias, uma preocupação inquietava a mente do velho soberano: quem seria seu sucessor no trono?
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Espero que gostem

<3

Capítulo Único pesadelo.

amizade de infancia

brigas com constancia

e sempre pela mesma razão.

aceitaste sempre a tola opinião

e sempre ia embora com medo do que poderiam dizer.

eu até compreendo, a dor da rejeição dói mais do que consigo descrever

quando voltaste a ser meu amigo, depois de tantos trancos e barrancos

tive um pesadelo que me foi familiar

nossa ultima briga pela mesma razão

e naquele pesadelo, fui incapaz de perdoar.

espero que não aconteça

que se desatem todos os nós

e que as brigas bobas

sejam a unica coisa que mude entre nós.

❖❖❖
Notas de Rodapé

é isso.

Apreciadores (10)
Comentários (8)
Postado 09/03/21 12:39

Perdão é um sentimento conflituoso por natureza. As vezes temo que improcessavel a psique humana. Tento não ceder a essa teoria, tento de alguma forma me apegar a crença de que podemos amar nossas cicatrizes emocionais tanto quanto quem as causou. Principalmente quando entendemos que igualmente já causamos tantas a outros. Isso faz sentido? Ou são meros devaneios de um tolo?

Postado 09/03/21 17:19

Já me senti muito assim a respeito de amigos, antigos amigos que hoje em dia, nem sequer tenho em vista. Mas aprendi algo sobre a amizade, até um certo ponto precisamos perdoar e compreender, mas se os fantasmas do passado, ainda se fazem muito presentes na relação atual com a pessoa, talvez seja por quê algo já morreu faz tempo, não há como ressuscitar mortos, às vezes o que aparenta estar vivo, é apenas uma aparição, passageira, rápida, para te ensinar lições, para te fazer lembrar de coisas boas ou não.

Perdoe pela divagação, espero que tenha entendido o que eu quis dizer.

De qualquer forma, é um belo e profundo poema sobre uma das facetas da amizade, amei a forma irregular das estrofes, como elas dançam em sintonia com o sentimento, amo a forma como você as fez rimar, também!

Parabéns por mais uma bela obra!

Postado 09/03/21 20:22

Interações com outras pessoas... Como lidar? Por sorte, quase nunca tive/tenho brigas ferrenhas com as pessoas que raramente me proporcionam a dádiva da amizade, mas realmente é complicado quando acontece.

Todavia, às vezes é inevitável e faz parte do desenvolvimento pessoal de cada um, seja pela reconciliação, seja pela perda...

Belo poema com uma mensagem ainda mais bonita, Srta Estrela! Parabéns!

Atenciosamente,

um ser que viu amizades ruírem e lamentou profundamente por isso, Diablair.

Postado 10/03/21 00:21

Há os meus 15 anos, era todinho esse texto intensividade sempre... Uma novela mexicana por dia, mas falando sério que maravilha de nostálgica tu fez. Hoje tenho 2.8 e eu vi um filme nessas 94 palavras.

Postado 22/03/21 11:42

Olá, querida Estrelinha...

Esse poema mexeu tanto comigo... Amizades são o que de mais difícil uma pessoa tenta manter em sua vida. O amor dói e machuca, mas ele ainda é mil vezes mais fácil do que a amizade, que também dói e machuca, mas que é muito mais difícil de ser curada...

Tantas coisas se passaram pela minha cabeça enquanto eu lia...

Obrigada por me proporcionar essa leitura, senhorita Estrela...

Um grande abraço, Meiling <3

Postado 24/03/21 11:40

Legais essas amizades que percorrem a infância e perduram por anos, são um privilégio, deveras...

Seu texto é delicado e tem aquele quê de graça e saudade.

Obrigada por compartilhar conosco!

Postado 18/09/21 18:28

Estes versos expõem com maestria a realidade de muitos e, também, a minha.

Obrigada por compartilhar conosco essa obra tão reflexiva, que nos faz lembrar que situações semelhantes que vivemos.

​Parabéns, Estrelinha ♥

Postado 11/10/21 22:41

Apesar da melancolia em suas palavras, seus versos desempoeiraram algumas boas memórias que trago comigo. Belo poema!