Tarde de pastiche
Tháiza Lima
Tipo: Lírico
Postado: 29/07/16 15:00
Tags: Carpe Diem
Avaliação: 9.69
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 10
Comentários: 8
Total de Visualizações: 684
Usuários que Visualizaram: 21
Palavras: 186
[Texto Divulgado] "Por trás da janela" E se a sua imaginação se confundisse com a realidade?
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Não queria deixar de participar do desafio quinzenal, então novamente estou postando super em cima da hora u.u (desculpa, Pam ;-;)

Enfim, esse poema tem altas doses de piadas inintendíveis a respeito de pastiche. Eu estava estudando intertextualidade há um tempo na escola, e minha professora sempre zoou o pastiche, pois tem pronúncia parecida com "pistache". (E eu fiquei meio fissurada nisso depois ;----;)

Vou deixar umas explicações a mais nas notas finais, boa leitura :3

Capítulo Único Tarde de pastiche

Ondulação.

É uma palavra bonita.

Jogo a pedra no lago, ela produz ondas,

as ondas crescem, assim como meu amor por você.

Estou soando brega?

Elas ondulam, assim como seu humor.

Pare um pouco e aproveite a brisa,

não seja tão eloquente! Relaxe!

Sente aqui do meu lado e vamos rabiscar a Mona Lisa,

comer pistache e fazer pastiche.

Seus olhos ficam tão lindos quando fazem arte,

eles mesmos são uma obra de arte.

Continuo brega?

Isso foi uma metáfora, meu prazer lúdico.

Você devia parar de se preocupar tanto,

estamos apenas eu e você no parque

- se ignorarmos os patos, é claro.

Que? Tens anatidaefobia?

O quão ridículo isso pode parecer?

Acalme-se, que vou pegar os lápis de cor.

(Não precisa me bater, não é um medo bobo.)

Vamos fazer o seguinte: caricaturas!

Use e abuse da criatividade e ataque o Donald,

Você sabe que eu não me importo.

Somos a família real do reino do

Pastiche!

Achou que eu esqueceria?

Amor,

só aproveite o dia ao meu lado,

vamos nos divertir e criticar obras sérias,

porque a vida é muito curta para ser pequena!

❖❖❖
Notas de Rodapé

Anatidaefobia = medo de ser perseguido ou encarado por patos.

"A vida é curta demais para ser pequena", frase de Benjamin Disraeli. Não sei quem é esse cara, mas ouvi uma palestra incrível que foi montada a partir dessa frase, e achei que ela tinha muito a ver com o lema carpe diem.

Foi só isso que consegui pensar por enquanto, mas espero que o poema possa trazer um sorriso a vocês :3

Obrigada por lerem!

Apreciadores (10)
Comentários (8)
Comentário Favorito
Postado 01/08/16 00:09

O quão encantador é o seu poema? Ao mesmo tempo que ele é cômico, traz para nós aquela alfinetada básica: o que você está fazendo com o seu tempo? Thai, gata, eu tô literalmente sem palavras para descrever o quão feliz estou com o seu poema. É de uma leveza tão grande que você não percebe quando terminou. Ao contrário, você apenas almeja mais e mais.

A construção das frases foram muito bem elaborada, e as rimas que se interligam ficaram tão bem construídas que nos deu uma melodia ótima a ser seguida, não como algo forçado, mas leve e descontraído. Uma pitada de humor, de aula de português, de pastiche (se bem que essa última não foi bem uma pitada hehe).

É simplesmente maravilhoso de se ler!

Há algo no poema que me prende totalmente. Sabe aquela sensação de ter algo mágico nos rondando? Então. E de fato nosso eu-lírico está certo: devemos nos preocupar menos. E o gostoso foi ver que de fato há um aproveitamento em cada estrofe, seja para humorizar um pouco mais, ou apenas observar aquilo que raramente o fazemos.

E essas quatro últimas linhas? Ahh, querida Thái, elas foram as responsáveis pela minha morte precoce. E concordo, a vida é realmente curta para ser pequena... A vida é curta para não aproveitarmos cada coisinha o máximo possível, pouco ligando para as impressões que vamos causar.

Parabéns, Thai ♡

Postado 29/07/16 15:06

"A vida é curta demais para ser pequena"

Realmente, baita frase, bem legal, mas não sei o que é pastiche :p

Postado 31/07/16 00:07

Pastiche é uma reprodução de uma obra com mudança drástica em sua estrutura, como a Mona Lisa de Basquiat. Ele é geralmente associado ao humor (ironia, deboche) e crítica. Diferentemente da paródia, que conserva os elementos da obra original, o pastiche descontrói sua ideia, acrescentando algo, como rabiscos, desenhos e objetos. É um recurso bem interessante, e o nome é o melhor, aksopakso.

Ah, essa frase.. Tão pequena e com um impacto tão grande.

Fico feliz que tenha gostado, Gio :3

Postado 31/07/16 07:35

Ah, bem legal, muito bem, Thaíza :D

Postado 29/07/16 15:11

GENTE! QUE POEMA LINDO FOI ESSE? Estou simplesmente apaixonada.

Amei o poema todo, principalmente esse final. É linda a forma que você dá vida para as palavras.

Você roubou todas as palavras que eu poderia dizer aqui com esse poema. Só posso dizer que amei! Parabéns, Tháiza.

P.S.: "A vida é curta demais para ser pequena" é uma de minhas frases favoritas.

Postado 31/07/16 00:12 Editado 17/08/16 21:30

Srta Sabrina, teu contra-ataque foi esplêndido. Se eu roubei tuas palavas com o poema, roubastes as minhas com teu incrível comentário. q

Moça, fico tão feliz que gostastes, do fundo do meu coraçaum <3 fico feliz por passar a impressão de que as palavras tinham vida, que compuseram essa tarde descrita acima. Muito obrigada!!

Ahh, essas frases que nos inspiram :3

Postado 30/07/16 21:14

Completamente encantada com o teu poema!

Essa frase do final é muito linda! <3

Postado 31/07/16 00:16

Encantada fico eu com seu comentário, Flávia xD Fico feliz que tenha gostado :3

Siim, ela me faz pensar em quanto tempo perco pensando em como otimizar o tempo... quando a vida passa num piscar de olhos e, se não aproveitarmos do jeito que der, esses momentos já terão passado e não voltarão (mas então a gente perde tempo pensando sobre eles e... enfim, shuahsu). <3

Postado 31/07/16 20:19

Seres humanos são estranhos a esse ponto. Perder tempo tentando arrumar tempo... Povo estranho mesmo! #corre

Postado 31/07/16 21:58

HSUAHSUAHSU de fato são :v

Postado 01/08/16 12:21

Claro que tinha que ganhar o desafio! <3

Postado 03/09/16 21:55

<3

Postado 02/08/16 23:10

Nossa, tá muito bom.

Leitura muito agradável, texto rico em detalhes, abordagem fantástica do tema. Não tem o que por e nem tirar.

Parabéns!

Postado 02/10/16 16:00

Desculpa pela demora (dois meses, céus 'u'), mas:

Muito obrigada, Chico, fico imensamente feliz, mesmo *---*

Postado 07/08/16 01:13

Muito legal, um poema super cativante :D

Postado 03/09/16 21:55

Obrigada, fico feliz que tenha gostado :33

Postado 22/10/16 12:02

Querida Tháiza, seu poema me trouxe uma alegria nesse dia cinzento de sábado. Nunca li um poema assim como o seu, é dificil de explicar, soou tão diferente das outras poesias que me fez ver claramente um cenário lindo e dois amantes apaixonados a suas maneiras. O final ficou incrivel. Mais uma vez e outras vezes mais, parabéns...