De Ninguém
Malva
Tipo: Lírico
Postado: 03/08/16 20:22
Gênero(s): Drama Poema Reflexivo
Avaliação: 9.24
Tempo de Leitura: 14seg a 19seg
Apreciadores: 7
Comentários: 4
Total de Visualizações: 408
Usuários que Visualizaram: 10
Palavras: 38
[Texto Divulgado] "réquiem for me" estou me dirigindo a várias pessoas nesta passagem. todas elas de mãos dadas comigo no espelho. 
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Me perdoem por não postar com capas, eu tenho tanta preguiça de fazê-las. Enfim, espero que gostem <3

Capítulo Único De Ninguém

Jogue no lixo nosso amor

Reduza a pó nossa história

Caia por terra nossas promessas

Procure outros sorrisos

Peça novos risos

Almeje outras curvas

Sonhe com outros olhos.

Viva com um outro alguém,

Me faça ser de ninguém.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Obrigada por lerem :D Aceito críticas!

Apreciadores (7)
Comentários (4)
Postado 03/08/16 22:26

Muito bom!

Achei tão triste, mas um triste bom... sabe?

Na verdade foi maravilhoso!!!

Um abraço, Meiling!

Postado 05/08/16 14:52

Sei como é haha

Owntt que fofa, muito obrigada e para você também!!! <3 <3 <3

Postado 06/08/16 21:38

Não tenho nem como explicar o quanto gostei, principalmente esse final!

*----*

Postado 08/08/16 19:16

Ownt *--* Como eu fico depois dessa? Caída no chão, vomitando arco-íris (eca Beatriz), mas é verdade.

Não tem como explicar o quão feliz eu fico com seus comentários!!! <3 <3 <3

Postado 11/08/16 16:18

Só elogios! <3 Adoro teus poemas curtos! <3 Sério! <3

E sobre as capas... Sabia quem tem um tópico no fórum para pedir capas? :D

Postado 13/08/16 20:19

Ohhhh que fofa <3 Me sinto lisonjeada por saber que aprecia os poemas *--*

Sobre as capas, sabia não, com calma darei uma olhadinha, mas muito obrigada por avisar!!!

Grata, Viajante. <3 <3 <3

Postado 10/01/18 16:06

Uaaaaaaaaaaaaaaaal! Mesmo que breve, o poema consegue ser bem direto e expressar muito bem a premissa proposta. O eu-lírico é deveras intenso e o clamor feito alcança cada pedacinho do âmago do leitor.

Meus parabéns ❤

Postado 10/03/18 19:06

A alma do eu-lírico se conforta ao saber que apreciou o texto.

Muito obrigada flor!!! ❤❤❤