Camicase
Mrs Ternura
Tipo: Lírico
Postado: 05/08/16 16:29
Editado: 05/08/16 16:35
Avaliação: 9.57
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 12
Comentários: 5
Total de Visualizações: 546
Usuários que Visualizaram: 16
Palavras: 185
[Texto Divulgado] " Só nós." agora não existe nada além de nós nada além dos nossos corpos, toques e voz nesse mundo, só quero a ti. e para mim existe você.
Não recomendado para menores de dez anos
Notas de Cabeçalho

Usa-se a palavra “camicase” hoje para designar qualquer atividade perigosa que possa matar ou, no sentido figurado, prejudicar a própria pessoa que está realizando a ação.

Capítulo Único Camicase

Lembro-me do gosto da solidão

Escorrendo pela minha garganta

E do venenoso sentimento de amargura

Devastando meu coração.

Lembro-me das mentiras

Disfarçadas de verdade

Que eu diariamente ouvia.

Você sentia necessidade de me destru(ir)

Com palavras imundas.

Lembro-me das malditas promessas

Que você costumava fazer

Nos momentos de alegria.

Seu amor foi somente

Uma semente que germinou

Meu ódio por você.

Lembro-me de teu amor

Ser minha maior desgraça

E de você ter se tornado

Meu maior pecado,

Eu me destruí por você.

Lembro-me ser alimentada todos os dias

Por uma de(pressão) contínua

Que sempre me dizia

O quanto eu era vazia

Por ter te escolhido,

Por ter feito em ti abrigo.

Lembro-me do céu se apagado

Acima de meus olhos

E de teu desespero

Nadando em meu sangue,

Quis te dar um sorriso

E declarar em voz alta

Que você me levou a fazer isso,

Mas minha alma já caminhava até o inferno.

Lembro-me de apertar o gatilho

Sentir meu peito explodindo

E fazendo cessar

O desespero que era te amar.

Lembro-me de estar viva

Antes de você aparecer

E destruir a minha vida

❖❖❖
Apreciadores (12)
Comentários (5)
Comentário Favorito
Postado 15/08/16 00:10

Modificar-se completamente alguém é ser outra pessoa e esperar querer ao outro quando não queres a si mesmo (ou sequer sabes quem és) e conseguiste abordar isso perfeitamente, há uma tristesa inata de se desconhecer e esperar que o outro preencha esse vazio.

Quem gosta não deixa que o outro se desfaça, reconstruir-se é extremamente trabalhoso, é doloriso e ardioloso, quem cuida não quer ver isso e quem se vai não está para ajudar.

Parabéns pelo incrível poema. ^^

Postado 17/08/16 20:51

Posso apenas agradecer, pois nenhuma palavra no mundo estaria à altura de um comentário tão incrível.

Obrigada, Gio c:

Postado 06/08/16 23:15

Algumas vezes amar doí, algumas vezes destruí, quem nos dera se fosse apenas amar = transbordar. :c

Postado 08/08/16 13:47

Nem mesmo o amor, que é um sentimento tão belo, possui somente o lado bom. Triste isso.

Postado 07/08/16 01:08

Poxa, muito profundo! Achei muito bom

Postado 08/08/16 13:47

Obrigada, fico feliz que tenha gostado c:

Postado 08/08/16 19:28

Sim, eu e o chão somos um só! Meu dia pode terminar aqui, ler essa magnífica obra fez do meu dia algo glorioso.

Tens muito talento bela jovem, use bem e continue encantando a todos com seu talento!!! <3 <3 <3

Postado 08/08/16 22:58

AHHHHHHH, que gracinha T-T me abraça, porque estou sem palavras diante de um comentário tão meigo.

Obrigada, Beatriz! <3333

Postado 30/10/20 04:28

Esse poema é um retrato fiel e horrível de um relacionamento tóxico e abusivo. O amor é a reconstrução dos pedacinhos do seu coração, e não a destruição dele; é modificar-se para o melhor, e não para agradar e se aclimatar nos padrões que não te pertence. O amor é, acima de tudo, respeito próprio e ao próximo; saber lidar com as incompatibilidades e, acima de tudo, saber amar e se aperfeiçoar as diferenças.

A cada ferida uma cicatriz é feita em nosso âmago, cada vez mais prolongando sua cura e sua reabilitação, até o momento em que nada mais faz efeito; a dor perpetuou, assim como a lembrança do que um dia foi uma história de amor.

Essa última estrofe foi um tiro certeiro. A vida vai murchando aos poucos, como uma flor isolada que recebe não tem apoio e recebe pressão demais.

É o horror de uma vida privada de viver.

Parabéns pelo poema e ótima crítica, Brina ♡

Postado 31/10/20 17:28

Não tenho palavras para responder seus comentários incríveis.

Obrigada pela presença e comentário ♥

Outras obras de Mrs Ternura

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Poema

Outras obras do gênero Reflexivo

Outras obras do gênero Terror ou Horror