Camicase
Mrs Black
Tipo: Lírico
Postado: 05/08/16 16:29
Editado: 05/08/16 16:35
Avaliação: 9.63
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 13
Comentários: 6
Total de Visualizações: 907
Usuários que Visualizaram: 17
Palavras: 185
[Texto Divulgado] "What your reason" Todas as coisas possuem uma razão de ser, um destino predestinado. Algumas razoes podem ser belas, outras são terríveis.
Não recomendado para menores de dez anos
Notas de Cabeçalho

Usa-se a palavra “camicase” hoje para designar qualquer atividade perigosa que possa matar ou, no sentido figurado, prejudicar a própria pessoa que está realizando a ação.

Capítulo Único Camicase

Lembro-me do gosto da solidão

Escorrendo pela minha garganta

E do venenoso sentimento de amargura

Devastando meu coração.

Lembro-me das mentiras

Disfarçadas de verdade

Que eu diariamente ouvia.

Você sentia necessidade de me destru(ir)

Com palavras imundas.

Lembro-me das malditas promessas

Que você costumava fazer

Nos momentos de alegria.

Seu amor foi somente

Uma semente que germinou

Meu ódio por você.

Lembro-me de teu amor

Ser minha maior desgraça

E de você ter se tornado

Meu maior pecado,

Eu me destruí por você.

Lembro-me ser alimentada todos os dias

Por uma de(pressão) contínua

Que sempre me dizia

O quanto eu era vazia

Por ter te escolhido,

Por ter feito em ti abrigo.

Lembro-me do céu se apagado

Acima de meus olhos

E de teu desespero

Nadando em meu sangue,

Quis te dar um sorriso

E declarar em voz alta

Que você me levou a fazer isso,

Mas minha alma já caminhava até o inferno.

Lembro-me de apertar o gatilho

Sentir meu peito explodindo

E fazendo cessar

O desespero que era te amar.

Lembro-me de estar viva

Antes de você aparecer

E destruir a minha vida

❖❖❖
Apreciadores (13)
Comentários (6)
Comentário Favorito
Postado 15/08/16 00:10

Modificar-se completamente alguém é ser outra pessoa e esperar querer ao outro quando não queres a si mesmo (ou sequer sabes quem és) e conseguiste abordar isso perfeitamente, há uma tristesa inata de se desconhecer e esperar que o outro preencha esse vazio.

Quem gosta não deixa que o outro se desfaça, reconstruir-se é extremamente trabalhoso, é doloriso e ardioloso, quem cuida não quer ver isso e quem se vai não está para ajudar.

Parabéns pelo incrível poema. ^^

Postado 17/08/16 20:51

Posso apenas agradecer, pois nenhuma palavra no mundo estaria à altura de um comentário tão incrível.

Obrigada, Gio c:

Postado 06/08/16 23:15

Algumas vezes amar doí, algumas vezes destruí, quem nos dera se fosse apenas amar = transbordar. :c

Postado 08/08/16 13:47

Nem mesmo o amor, que é um sentimento tão belo, possui somente o lado bom. Triste isso.

Postado 07/08/16 01:08

Poxa, muito profundo! Achei muito bom

Postado 08/08/16 13:47

Obrigada, fico feliz que tenha gostado c:

Postado 08/08/16 19:28

Sim, eu e o chão somos um só! Meu dia pode terminar aqui, ler essa magnífica obra fez do meu dia algo glorioso.

Tens muito talento bela jovem, use bem e continue encantando a todos com seu talento!!! <3 <3 <3

Postado 08/08/16 22:58

AHHHHHHH, que gracinha T-T me abraça, porque estou sem palavras diante de um comentário tão meigo.

Obrigada, Beatriz! <3333

Postado 30/10/20 04:28

Esse poema é um retrato fiel e horrível de um relacionamento tóxico e abusivo. O amor é a reconstrução dos pedacinhos do seu coração, e não a destruição dele; é modificar-se para o melhor, e não para agradar e se aclimatar nos padrões que não te pertence. O amor é, acima de tudo, respeito próprio e ao próximo; saber lidar com as incompatibilidades e, acima de tudo, saber amar e se aperfeiçoar as diferenças.

A cada ferida uma cicatriz é feita em nosso âmago, cada vez mais prolongando sua cura e sua reabilitação, até o momento em que nada mais faz efeito; a dor perpetuou, assim como a lembrança do que um dia foi uma história de amor.

Essa última estrofe foi um tiro certeiro. A vida vai murchando aos poucos, como uma flor isolada que recebe não tem apoio e recebe pressão demais.

É o horror de uma vida privada de viver.

Parabéns pelo poema e ótima crítica, Brina ♡

Postado 31/10/20 17:28

Não tenho palavras para responder seus comentários incríveis.

Obrigada pela presença e comentário ♥

Postado 06/11/21 22:24

Que poema!!!! Cada verso lido traz um impacto diferente, mas o final fecha com chave de ouro a poesia. É muito dolorosa a mensagem por trás das rimas...

Parabéns, meu amor :)

Outras obras de Mrs Black

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Poema

Outras obras do gênero Reflexivo

Outras obras do gênero Terror ou Horror