Uni-Verso
Ozymandias
Tipo: Lírico
Postado: 06/08/16 17:41
Editado: 08/08/16 14:53
Gênero(s): Cotidiano Poema
Avaliação: 10
Tempo de Leitura: 1min a 2min
Apreciadores: 13
Comentários: 8
Total de Visualizações: 491
Usuários que Visualizaram: 21
Palavras: 265
[Texto Divulgado] "Descartável" Sabe, eu costumo fazer uso da escrita para desabafar, às vezes da fala também (mas não se pode falar por aqui). A questão deste poema é justamente esta: por que diabos você nem ao menos me escreveu adeus? Foi um descarte, como se o ser humano fosse descartável. Talvez aqui fique, já, uma ressalva: Não confunda às coisas, você não pode comprar tudo. E mais uma lembrança: O ser humano sente! (Parece óbvio, não?) Mas, acredite, há pessoas que parecem ter dificuldades de compreender isso. Boa leitura :*
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Este texto foi inspirado pelo tema do Desafio Quinzenal, Universo.

No entanto, decidi não incluí-lo de fato no Desafio, por isso a tag designada não encontra-se presente.

Boa leitura!

Capítulo Único Uni-Verso

Passei a procurar criatividade em tudo que é canto

Me preparei para preencher um caderno, portanto

Com ideias e sentidos e significados, enquanto

Possuíssem mensagens subliminares aos quantos

Selecionando as palavras de maior encanto

Um poema que possa ser recitado em canto

E que deixaria os leitores em pranto

Após se impressionarem tanto

Até me chamariam de Santo!

Porém...

Por mais que eu tentasse

Esforçasse e saísse da praxe

Não consegui pensar nas palavras

Os adjetivos não me vinham a cabeça

Cadê as rimas em tinta escritas em cima

Do papel branco vazio que se torna minha sina!?

Como alguém como eu faria um poema revolucionário!?

Sou mesmo um otário!

Um inútil!

Um nada!

Nem uma estrofe me sai!

Nem um verso se esvai!

Nem uma palavra, WHY!?

O que faço agora, Pai!?

Quem há de me tirar do bloqueio?

Quem, de todos, pode me dar uma luz?

Deus, Satã, Alá, Maomé, Dilma, Jesus?

Vou pedir ajuda ao mundo inteiro!

Mundo, não! Ao Universo!

Ajudai-me, Universo!

Ajudai-me, Universo!

Ajudai-me, Universo!

Calma, Universo?

Hum... Universo?

Universo!

UNIVERSO!

É isso!

Como demorei tanto a perceber?

Não há porque complicar o elementar

Já sei como irei a todos impressionar!

Farei uma poesia com simplicidade

Que representará todas as vontades

E dirá de forma única e diferente

O que qualquer poeta almeja e sente

Com uma única palavra, nada mais em mente

Pego agora um guardanapo sujo, e escrevo no verso

Um poema com sentido que não possa ser inverso

Enquanto tenha um significado maior que o próprio Universo

Escrito em uma estrofe, uma linha, uma palavra, uni-verso:

Amor

❖❖❖
Notas de Rodapé

Espero que tenham gostado, até mais! :)

Apreciadores (13)
Comentários (8)
Comentário Favorito
Postado 09/08/16 14:57

Ó! Avaliação boa e altos apreciadores e comentários. Tem que escrever mais, hein ô?!

Tá muito bom e tá tua cara. Gosto de como foges, digamos, dos padrões e aborda os mais variados temas com muita criatividade.

Esse texto tá assim, com certeza. Sem contar todo o sentimento que tem nele, e como ele pode ser facilmente exposto.

E me agrada muito tudo que tenha o "amor" como o principal. Nada é mais lindo e correto que o amor.

Parabéns e posta mais, porra!

Postado 09/08/16 16:48

Muito obrigado pelas belas palavras, Chico! Fico feliz por você me reconhecer dessa forma ^^

Vou tentar postar mais hehe

Postado 06/08/16 17:51

Ta, mas tem um bug aqui. Não encontro o botão "casar".

*pensativa*

Te amo.

Postado 06/08/16 18:13

Que coisa fofa.

Postado 06/08/16 19:53

<3

Postado 07/08/16 02:27

Oooown <3

Também te amo, meu amor <3

Postado 17/08/16 04:02

Soberanos Carinhosos define.

Ps: testemunhei isso. Sorrio ou pranteio?

Postado 17/08/16 10:34

Veste o terninho pra ir na cerimônia, padrinho u.u

Postado 06/08/16 18:19

Fofinhos, nem parece que a Joice gosta de ver os outos sofrerem nos desafios u.u

Postado 06/08/16 19:54

Verdade. Joice é o lado malvado do relacionamento.

Postado 07/08/16 02:28

Não é só o pessoal do desafio que ela gosta de ver sofrer xD...

*corre*

Postado 07/08/16 16:21

:x

Postado 07/08/16 16:21

mó treta, bad Joice, bad.

Postado 06/08/16 22:03

Nem acreditei que o chefinho tinha postado texto depois de tantas décadas sem postar! Que lindo! *-*

Postado 07/08/16 02:28

hahahaha

Uma hora ou outra eu ia voltar né

Obrigado! :)

Postado 06/08/16 23:22

"Quem, de todos, pode me dar uma luz?

Deus, Satã, Alá, Maomé, Dilma, Jesus?"

Adoreeeei hahahahahahah

Que texto perfeito!

Postado 07/08/16 02:29

hahahaha alguém tinha que dar uma luz né

Obrigado pelo comentário, Juh! :)

Postado 08/08/16 21:48

Que texto perfeito!!!! Meus parabéns moço!!!!

Postado 08/08/16 22:10

Obrigado pelo comentário! :)

Postado 08/08/16 22:03

Wow! Poema lindo! Adorei o tema, você fez uma ótima metalinguagem, ficou realmente muito boa. Adorei essas rimas da primeira estrofe, fizeram um efeito bem legal! Um poema bem criativo e muito bem escrito.

Parabéns pelo texto!

Postado 08/08/16 22:11

Ah sim, eu adoro fazer esses efeitos de rimas repetidas mas cada verso com uma métrica menor ou maior que o anterior, fazendo esse efeito de "escadinha" rimada hehe

Obrigado pelo comentário! :)

Postado 17/08/16 04:16

Dan... Meu Satan do Hell, POR QUÊ DIABOS DEMOROU TANTO PARA ESCREVER DE NOVO?! OLHA QUE OBRA FODA DOS INFERNOS TEMOS AQUI!

Estou sem palavras. Sério. Apenas o "Uni-Verso" me deixou triste. "Inferno". "Satanás". "Hentai". "LoL".

Tudo menos a palavra com "A"...

Todavia... Poderia de fato eu esperar outra coisa, outro sentimento de igual força advinda de um ser tão grandioso, talentoso, criativo e apaixonado não só por uma outra excelsa pessoa, como pela Vida/viver? Não, creio que não.

O que e como foi escrito é simplesmente perfeito! Um delicioso, impressionante, bem vindo e memorável espetáculo e aprendizado, um "Uni-Mito" completo e absoluto! Sr Dan, muito obrigado por novamente inovar e compartilhar sua excelência conosco! Sério, o senhor DESTRUIU!

Atenciosamente,

Um ser Uni-Mpressionado, Diablair.

Postado 21/08/16 05:53

Hahahaha

De uns tempos pra cá tem sido bem difícil achar tempo e inspiração pra escrever, infelizmente, tanto que meus dois últimos textos foram sobre o próprio ato de escrever um texto xP

Fico feliz que você gostou, Manu, e aprecio muito o comentário. Obrigado e até a próxima! :)