Apenas sorria
Sorelly
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 22/08/16 16:10
Editado: 22/08/16 16:26
Avaliação: 9.28
Tempo de Leitura: 37seg a 50seg
Apreciadores: 15
Comentários: 5
Total de Visualizações: 454
Usuários que Visualizaram: 17
Palavras: 100
[Texto Divulgado] "Flashback" Ela me puxa para um beijo e me abraça forte, eu não consigo nem pensar em ir embora dos seus braços quentes e cheios de carinho.
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Apenas sorria

Sorria.

Ninguém vai se importar se você não for verdadeira com seus sentimentos. Não irão questionar o porquê dos seus olhos vermelhos, muito menos repararão no seu sorriso falso. Siga em frente, não se questione, não demonstre e não desabafe. Desabe em seu quarto longe de olhares curiosos; evite ilusões de que alguém notou o seu olhar vazio que pede por socorro. Retoque a maquiagem, escolha a roupa que mais te valoriza e crie uma imagem distorcida daquilo que representa o seu interior.

E sorria. Não há mais nada a temer quando você já perdeu tudo que conquistou e amou.

❖❖❖
Apreciadores (15)
Comentários (5)
Comentário Favorito
Postado 04/01/18 00:12 Editado 04/01/18 00:13

A obra expressa bem um devaneio conhecido por muitos: o fingir, mentir e esconder. Ou, como eu costumava chamar na pré-adolescência, FME.

De fato, atualmente as pessoas mais olham para o próprio umbigo do que para o próximo. Ninguém liga para ninguém. Ninguém tem importância. Isso é péssimo, pois mostra o quanto a empatia está sendo substituída pela apatia. É deveras deplorável o estado em que o ser humano chegou.

A narradora também possui uma angústia palpável e muito amarga. A gente sente na alma o sofrimento dela e ouve o grito de socorro silenciado. Contudo, muitos se identificaram com cada palavra e eu sou uma dessas pessoas.

Meus parabéns, mas também deixo aqui as minhas mais sinceras lamentações.

Postado 22/08/16 16:22

Vai parecer rude, eu sei, mas, de fato, ninguém se importa mesmo, hehe. Claro que há aqueles que se preocupam contigo, mas a grande maioria só quer saber do que você pode oferecer a ela. E ninguém querer uma cara triste sabendo que há quem forneça um sorriso, hehe.

E o último parágrafo do texto é muito verdade. Bom, quase verdade, se tomar o sentido verdadeiro da palavra "temer". Mas abordando-a como tendo o sentido de "acovardar", é bem isso aí. Não se tem nada mais a perder e por isso tudo pode ser feito sem receio algum.

Belo drabble. Parabéns!

Postado 22/08/16 16:32

Na verdade, a maioria é apenas curioso, realmente ninguém se importa. É um porcentagem mínima de interesse, que logo morre se você for refletir.

Well, é exatamente isso que você cometou. Você pegou bem todos os sentidos. Muito obrigada, Chico ♡

Postado 22/08/16 16:54

Da janelinha estreita e cinza eles te olham, mas seus olhares não são de preocupação; compaixão ou qualquer coisa do tipo. Eles te olham com curiosidade, afinal a maioria dos seres humanos tem essa mania ridícula.

Ninguém se importa realmente. Até os poucos que se importam, não se importam tanto assim. (Psicofava, sua fonte de frases confusas)

Parabéns, DrabbleQueen!

Postado 22/08/16 22:04

SAHDIHASHIDHSADA Bem isso mesmo.

Obrigada, gema ♡

Postado 22/08/16 18:56 Editado 22/08/16 18:59

... meus dentes são tortos/encavalados. Então sorrir não é aplicável.

E do que adianta se importar se todos acreditam que ninguém se importa de verdade/o suficiente. Bom, sou alguma espécie rara de retardado então, pois ainda assim eu me importo.

Ouviu?

Eu me importo com você.

Atenciosamente,

Um ser sem importância, Diablair.

Postado 22/08/16 22:06

Bom, por que talvez a grande maioria realmente não se importa, o que cria a personalidade de alguém que dificilmente consegue confiar que de fato essa preocupação exista. É a mesma coisa que andar de bicicleta: de tantas vezes que você caiu, você aprende que o chão sempre será sua amiga.

Eu sei que se importa comigo, eu tambéme me importo contigo :c

Postado 22/08/16 23:03

Vou clicar naquele botão "Denunciar" e lhe delatar para alguém, Srta Pam. Pois isso não está nem é certo.

Postado 22/08/16 22:49

Fiquei com medinho da senhora, não há nada mais perigoso que um humano que não tem mais nada a perder D:, mas tá ótimo viu. Parabéns!

Postado 28/08/16 23:25

Hehehe, muito obrigada, Lucas ♡

Outras obras de Sorelly

Outras obras do gênero Crítica

Outras obras do gênero Drabble

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Reflexivo