Icarus
Izzy Reis
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 17/09/16 18:29
Editado: 17/09/16 19:08
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 45seg a 1min
Apreciadores: 6
Comentários: 3
Total de Visualizações: 417
Usuários que Visualizaram: 12
Palavras: 121
[Texto Divulgado] "lugar quente" é o que cantam os pássaros todos os dias espero que eu continue falando a língua deles. 
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Icarus

Como Ícaro, Eu acho que voei alto demais. Ousei sentir demais, amar demais. Eu a amei como Ícaro amou o Sol, meu amor por ela deu-me asas de cera, e me fez voar. Com seu amor, eu flutuei entre nuvens, com seu toque reverberou minha alma, sua voz derreteu meu coração.

Como Ícaro e suas asas de cera, eu voei.

Nossa história como correntes de ar, as vezes revoltas, as vezes pacificas, com guinadas repentinas e calmarias arrastadas; as vezes metódicas como brisas de Verão, as vezes imprevisíveis como Tempestades tropicais.

E como Ícaro, eu despenquei para morte por amor.

Como Ícaro, eu morri apaixonado.

Ela fora meu Sol.

Ela própria derreteu minhas asas de cera quando ousei chegar perto demais.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Boa caça aos quotes!

Apreciadores (6)
Comentários (3)
Comentário Favorito
Postado 18/09/16 11:24

"Ela própria derreteu minhas asas de cera quando ousei chegar perto demais."

Uma bela frase, muitíssimo verdadeira.... infelizmente...

Parabéns pelo texto!!

Um abraço, Meiling!

Postado 23/09/16 19:15

Lindamente trágico! Amei a analogia! :)

Embora seja triste...

Até mais! :D

Postado 02/12/16 19:25

Nossa, sério, você é demais.

Outras obras de Izzy Reis

Outras obras do gênero Crítica

Outras obras do gênero Crônica

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Fantasia