Atração
Blodreina
Tipo: Lírico
Postado: 20/09/16 14:26
Editado: 08/03/17 15:37
Gênero(s): Drama Poema Romântico
Avaliação: 9.77
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 16
Comentários: 7
Total de Visualizações: 703
Usuários que Visualizaram: 21
Palavras: 202
[Texto Divulgado] "Ecos do passado acorrentados pela negação" Somos os vultos nas fotos, aqueles que observam do escuro, aqueles que não estão mais mortos, o som da respiração no silêncio, a negação ecoando no futuro. Ou talvez apenas um de nós. Afundados em melancolia e no esquecimento, esperamos o momento em que voltaremos como uma folha em branco, sem nos dar conta da natureza trágica de nossa existência. Somos ecos do passado, somos o fardo e o trauma daqueles desafortunados da classe 3-3. Éramos a classe 3-3. Quem é o morto do ano? Também aguardamos essa resposta. | Oneshot Per Month Project | Mês do Terror e Horror | Outubro 2020 |
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Era para ser da Academia Carnificina? Era! Mas aí eu me lembrei do Desafio Quinzenal e acabei mudando tudo.

Eu sei que o contador mostra mais de 200 palavras, mas é por causa das coisas que utilizei para separar as partes! Isso ainda tem 200 palavras, portanto, ainda é uma droubble.

Fechei os olhos e postei! (Tô muito assim ultimamente)

P.s: Nossa, quanta tag! kkkkkkkkkkkkk

Capítulo Único Atração

A arquibancada estava lotada.

Os burburinhos eram ensurdecedores.

O cheiro de pipoca era sentido de longe.

No picadeiro, as luzes acenderam.

O espetáculo começou e o locutor anunciou:

“Chegou a hora do verdadeiro show!”

Uma asiática de aparência angelical

Apareceu em meio ao turbilhão de aplausos.

Ao seu lado, um “demônio” alto e sorridente.

Aquilo, que mais parecia uma luta, teve início.

Os dois dançavam enquanto trocavam golpes.

Suas lâminas entoavam uma melodia mórbida.

A batalha era feroz e encantadora.

A sutileza dos movimentos dela

Contrastava com a brutalidade dos dele.

O público estava enlouquecido

Com aquela história de amor e ódio

Que tinha tudo para não dar certo.

A música foi parando aos poucos,

Mas eles permaneciam guerreando; bailando

Mesmo com as cortinas já se fechando.

Aquela história não acabaria ali!

Eles continuariam mesmo depois do remate,

Afinal, não existe fim para a arte.

» «

“Iremos dançar juntos

Mesmo depois do fim.

Continuaremos lutando

Em todas as batalhas.

Vamos te encantar com

O nosso sofrimento.

Transformaremos

O feio em algo belo;

O ódio no mais puro

E verdadeiro amor.

Essa é a nossa guerra;

Nossa arte; nossa vida!

É tudo o que sabemos fazer,

Então sente e aprecie o show.”

❖❖❖
Notas de Rodapé

Dedicado à minha Gema e ao habitante do Hell!

(Se eu morrer, a culpa é desses dois)

Apreciadores (16)
Comentários (7)
Comentário Favorito
Postado 04/10/20 17:41

Porque os opostos se atraem e fim de papo. GEMA DO CÉU, COMO EU NÃO LI ISSO ANTES? Misericórdia. Por um momento me lembrou de Melissa, depois me senti realmente em uma batalha entre o bem e o mal.

E realmente, não há nada mais belo do que eternizar esse momento em uma arte. Toda arte é eterna, e que seja infinito enquanto perdure.

Parabéns, Gema ♡

Postado 20/09/16 14:57

Sabe que eu gosto quando tu tenta parar de mostrar teu lado sangue e mostra teu lado coração? :)

Postado 20/09/16 19:09

Acostuma não... ¬¬

Postado 20/09/16 18:45 Editado 20/09/16 18:46

Moça...

Nem vou comentar nada.

Muito obrigado, de todo o resto estragado de meu coração... E se prepare.

Postado 20/09/16 19:10

Estou tentando... Ç.Ç

R.I.P ME!

Postado 23/09/16 06:00

A arte é simplesmente a arte

Parabéns

Postado 23/09/16 19:46

Obrigada!

Postado 25/09/16 19:43

Bah, de fato, muito surpreendente. Não esperava por algo assim, por uma luta que não era luta, hehe. Esse confronto entre opostos que se atacam enquanto dança no ritmo da música não quer ter um vencedor, pois querem lutar e lutar, para assim estarem sempre juntos, buscando um mundo melhor, de arte e amor. Caramba, que massa, hehe. Gostei muito de como abordaste o tema.

E o texto tá bem gostoso de ser lido. Não se vê em nenhum momento aquele ar de "carnificina" que tu falaste que procurava, hehe. Pelo contrário, está algo bem suave e impactante. Eu o reli por duas vezes e sempre as fiz sorrindo. Muito bom ler um texto assim, que tem a mensagem clara e de leitura fácil.

Flávia, parabéns! Sucesso no desafio =D.

Postado 27/09/16 23:21

Olha, tem o nome de um dos meus OSTs favoritos. Engraçado porque imaginei a cena não num cenário mais realístico e sim como de um anime. :)

Ótimo texto!

Postado 28/09/16 15:08

Byby viajando! <3

Obrigada!

Postado 30/09/16 22:38

Morta diante de tanta perfeição!!! *----*

#ameiameiameiameiamei

Postado 30/09/16 22:40

*-----* Obrigada!! <3