Hey, Kate
Sorelly
Tipo: Lírico
Postado: 31/10/16 00:13
Editado: 31/10/16 00:20
Avaliação: 9.8
Tempo de Leitura: 2min
Apreciadores: 10
Comentários: 5
Total de Visualizações: 624
Usuários que Visualizaram: 18
Palavras: 333
[Texto Divulgado] "Por detrás dos teus olhos" Perder é parte do jogo do amor, desistir de sonhar que o amor exista, jamais.
Não recomendado para menores de dezesseis anos
Notas de Cabeçalho

Dedicado para o Manuhell, porque ele gosta dessas coisas estranhas e porque eu gosto dele. Obrigada pela tua amizade ♡

Espero que todos gostem.

Capítulo Único Hey, Kate

Hey, Kate, não tenha medo,

Venha até aqui para contar-te um segredo.

Meninas más devem ser castigadas

E suas malditas almas, amaldiçoadas!

Não fique triste garotinha,

Olhe para o céu, há uma estrelinha.

Faça um pedido que poderá ser alcançado,

Enquanto vou ali deixar um corpo estilhaçado.

Ôh, não chore meu anjinho,

Deixe-me em sua testa deixar um beijinho.

Perdoe o meu rosto ensanguentado,

Mas era necessário que aquele ruivo fosse esquartejado.

Venha, vamos sair dessa rua

Ainda há muitas pessoas para se vingar.

Querida, não precisa se preocupar,

Apenas fique aqui e observe a lua

Para a terceira morte não ter que presenciar.

É noite, Kate, vamos brincar!

Venha até aqui para que eu consiga te ensinar.

Está vendo aquele garoto com um cigarro?

Foi ele que começou a espalhar todos os boatos

Sem se importar com as consequências desse ato.

Kate, está na hora de você se vingar.

Está vendo essa faca?

Usá-lo é um processo lento e doloroso.

Mas não se preocupe pequena,

Ele precisa aprender pelo caminho mais tortuoso.

Agora, enquanto eu o imobilizo

Corte-o em vários deslizes.

Se quiser pode marcá-lo com o seu nome

Mas cuidado, de preferência use um codinome!

Não se assuste com todo esse sangue,

Isso faz parte da nossa brincadeira.

Agora, deixe-o agonizando sozinho

Enquanto vamos à casa de seu vizinho.

A noite é uma criança, e a sombra traiçoeira.

Hey Kate, que sorriso lindo.

Minha pequena criança, você está se divertindo!

Isso mesmo, esse é o espírito,

Agora podemos continuar seguindo nossos instintos.

Observe todos esses corpos desfalecendo.

Você pode vislumbrá-los, pequena Kate?

Todo esse ódio é recíproco

E nessa raiva escondida há um motivo.

Não se contenha, pequeno anjo.

Hoje a noite é sua para brilhar.

Arranque seus órgãos, faça o sangue espirrar.

Eles merecem ter o corpo apodrecendo

E a dor animalesca prevalecendo.

Hey, você, está gostando?

Olhe para os lados, acha que está seguro?

Consegue distinguir os mínimos barulhos?

Ouça com atenção.

Ouça-a cantar.

Eu estou indo te matar.

❖❖❖
Apreciadores (10)
Comentários (5)
Comentário Favorito
Postado 31/10/16 01:03

A Srta Pam sempre me surpreende e desta vez não foi diferente. É inegável a marca dela nesta obra macabra, pois existe uma sutileza deliciosa que mascara toda a brutalidade presente em cada verso tecido de maneira bela e sanguinária.

Sei bem o quanto ela pode ser doentia e grotesca, acreditem. Por isso, contentem-se com um leve vislumbre deste lado obscuro desse Pão do Hell aue qualquer diabo adoraria ter em mãos.

Eu realmente fiquei muito feliz e honrado com esta obra tão graciosa quanto enlouquecida, que me fez sorrir em velada maldade como o maldito demente que sou ao imaginar a lenta e inexorável depravação assassina de Kate... Ler e ter este conto tão bonito (sim, ele me é tal qual se mostra) a mim dedicado foi uma inesperada e grata surpresa a qual eu humildemente agradeço de todo o meu maldito e apodrecido coração!

Muito obrigado, Pam. Sério. Nem sei como te agradecer não só por este texto, mas por tudo... Se dignar a me homenagear e a ser minha amiga... Satã... Isso não tem preço para mim...

Postado 31/10/16 00:19

333, achei meio besta shaushaush

Tá ótimo u.u

fofinho :v

Postado 31/10/16 00:20

Meio besta? Tio, olha quem escreveu isso, esperava o quê? aiusdihahdsa

Postado 31/10/16 00:21

tô falando do número de palavras sshaushaushau

Postado 31/10/16 00:30

EU JURO QUE NÃO PERCEBI AISUDHIAHSIUDHUIASHUIDSA

Postado 31/10/16 00:34

É porque ela quis dizer "<333" para mim.

#some

Postado 31/10/16 13:24 Editado 31/10/16 14:37

Hey, Kate, não olhe para o lado

Pois lá está a minha Pami

Segurando um ovo amaldiçoado

(Pq eu fiz isso? Não faço ideia...)

Sério, às vezes eu chego a ter uma peninha da Kate. A gente maltratou muito ela no Torneio Mórbido e agora você fez uma coissa dessas com a pobrezinha. Se bem que ela estava gostando, né?

Pami, acho que a Kate é meio que nossa filha. Tipo, ela é bipolar. No inicio tava meio assustada ou sei lá, mas depois começou a sorrir e brincar. Sério, ela é muito a gente.

Só acho que a gente deveria arrumar uma segunda gema para a Kate, só pra ficar tudo igualzinho. #corre

Eu amei a forma como você descreveu tudo! Sério, ficou muito bom mesmo! Um verdadeiro show. Parabéns!!

PS: Hey, Kate, cabeças vão rolar

Mas você não precisa se preocupar

Pois ninguém irá te poupar.

#Come (Tu entende)

Postado 01/12/16 22:52

Eu adoro a ideia de imaginar um background para o que aconteceu nesse poema.... <3

Postado 11/09/17 16:41

Eu li "Querida Kate" da Srta.Flávia das Facas antes de "Hey Kate". Porém, mesmo assim, o impacto de ambas as obras foi o mesmo. Em sua obra, vemos uma Kate mais amuada que está em fase de conhecimento sobre essa jornada, mas mesmo assim, ela descobre que é isto que quer. Já na obra da Flávia, temos uma Kate mais insana, cruel e experiente naquilo que faz. De fato, ambas as obras se completam perfeitamente e desenvolvem magistralmente a personagem.

Neste poema, podemos ver uma garotinha iniciando seu caminho pelas trevas com uma tutora que transborda crueldade. Gosto disso, pois é como um sentimento sendo passado de geração em geração; um sentimento de vingança que deve estiver enquanto Kate viver.

É impressionante o quanto nossa querida Kate desenvolveu-se desde a primeira estrofe até a última. No começo ela é apenas uma garotinha assustada e nas estrofes seguintes, ela começa a ver o quanto é prazeroso andar por esse caminho de insanidade!

Obra maravilhosa que fez meus pensamentos voarem! Parabéns, Pãozinho da Trevoso!

Sabrina Tortura manda saudações para você e para Kate!

#ad01-10/98

Outras obras de Sorelly

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Poema

Outras obras do gênero Suspense

Outras obras do gênero Terror ou Horror