Fim
Pedro de Andrade
Tipo: Lírico
Postado: 28/02/16 11:51
Editado: 28/02/16 11:52
Gênero(s): Poema Reflexivo
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 27seg a 37seg
Apreciadores: 4
Comentários: 1
Total de Visualizações: 376
Usuários que Visualizaram: 8
Palavras: 74
[Texto Divulgado] "A Aparência Autêntica-Amedrontadora " Um homem de meia idade se vê apavorado ao escutar um sussurro na noite escura. Embora estivesse voltando do trabalho, por algum motivo, ele esperava por isso. Existe forma de adiar o chamado de uma voz que galanteia ao pé do ouvido?
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Fim

Você morre só,

E depois apenas vira pó,

Não tem nada de drástico

E muito menos mágico.

É apenas inevitável,

Por isso, não deve deixar

Nada para depois

E fazer o que faz você feliz.

Pois a cada dia,

Você está com menos um dia

E em algum momento

Seu tempo acaba, quem diria.

Você é só uma pessoa qualquer,

Não é protagonista de nada,

Por isso, é livre

Pra fazer o que quiser.

❖❖❖
Apreciadores (4)
Comentários (1)
Postado 28/02/16 14:21

Isso ficou muito bom. Não é todo mundo que sabe fazer poesia de forma decente, e eu estou adorando as suas, cara. Parabéns mais uma vez!