Escrever
Neko Ni
Tipo: Lírico
Postado: 06/11/16 16:25
Editado: 06/11/16 16:27
Gênero(s): Poema Reflexivo
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 6
Comentários: 3
Total de Visualizações: 262
Usuários que Visualizaram: 10
Palavras: 161
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Escrever

Sabe?

Quando esta disposto a escrever

Mas surge um bloqueio

Um turbilhão de ideias

Um tudo e um nada juntos

Aqueles dias quando tudo te foge

O céu não possui estrelas nem lua

O quarto não tem parede nem teto

A rua não tem casas e nem ninguém.

É nesse dia que estou agora

Quando todas as ideias vêm juntas

Quando não vem nenhuma ideia

Quando não sei mais o que escrever.

Ela deixa, ela não deixa

Ele fica, ele não fica

Ela gosta, ela não gosta

Ele a quer, ele não a quer.

O vilão consegue, o vilão não consegue

Os mocinhos brigam, os mocinhos não brigam

O final feliz, o final infeliz

Continuar ou simplesmente, parar.

Em meio a esse mar de contradições

Esse mar de ideias opostas sobre o mesmo assunto

Eu me encontro agora

Quase disposta a escrever duas histórias distintas.

Sobre um mesmo amor

Sobre as mesmas personagens

Sobre uma mesma situação

Sobre talvez, eu mesma.

❖❖❖
Apreciadores (6)
Comentários (3)
Postado 06/11/16 19:55

Oi, moça. ^^

Bem-vinda à Academia de Contos , espero ver muitos textinho teus por aqui! :D

Sobre teu texto, cada texto é um pouquinho da gente, mesmo que não queiramos, né ? As contradições moram aí, talvez parte do que escrevemos seja como gostaríamos de ser e a outra o que somos, talvez uma parte seja sobre o que pensamos e talvez na outra não pensamos, são tantas possibilidades, mas em todas estamos escrevendo, acho que não dá pra fugir disso rsrs

Postado 19/11/17 21:17

Seu poema retrata muito bem essa maldita muralha que por vezes se ergue entre nossa vontade de escrever e nosaa imaginação: você sabe onde estão os tesouros, mas não consegue acessá-los por mais que se esforce. É tão deprimente/revoltante, não é mesmo?

Mas, depois que soube do lendário bloqueio do mítico Tolkien, aprendi que essa desgraça pode até durar bastante, nunca para sempre.

Belo poema, Srta Ni!

Atenciosamente,

Um ser em vias de parar de escrever, Diablair.

#ad01-086/188

Postado 19/11/17 21:43

Te entendo e compreendo cada frase sua, o vazio existencial limita a possibilidade de criarmos as mais belas obras literárias que surjem em nossas mentes.

muito boa essa obra!!! obrigado por postar! <3