Somos coitados!
Romão de Fonseca
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 01/12/16 17:56
Gênero(s): Crítica
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 2min a 3min
Apreciadores: 2
Comentários: 1
Total de Visualizações: 115
Usuários que Visualizaram: 5
Palavras: 428
[Texto Divulgado] "A noiva" Com uma taça em mãos e olhar voraz, se flagrava confortável por não ter alguém ao seu lado prometendo o que não é capaz de cumprir. Observava a concentração do pianista, as velas agora já derretidas na bancada e o sorriso que iluminava o belo rosto da noiva.
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Desculpem a ironia.. Ela rege a minha vida.

Capítulo Único Somos coitados!

Essa é a grande verdade do Mundo. A verdade dos homens, somos todos os verdadeiros coitados!

A verdade é que a sociedade nos pressiona a ser coitados e essa é uma verdade inquestionável e indubitável. A partir do momento em que somos concebidos e criados como tais, não temos para onde correr e precisamos agir com base na moral imposta por nossos pais - que a sociedade os impõe.

Em momentos necessários, somos vítimas de ataques da televisão, rádio e hoje em dia, internet, essa é a verdade. Existem pessoas que agem na má-fé e criam estigmas contra nós, homens, os brancos e héteros principalmente, e disso ninguém fala.

Os ataques sempre vem no sentido de que subjulgamos, julgamos e não lutamos por melhorias... Mas escondem o fato de que somos forçados a chamar você mulher, de puta, de safada, somos forçados a cometer estupro, engravidar e abandonar, porém, lembram-se somente da parte ruim disso tudo! Nunca dão chances para explicações...

Somos obrigados como nos anos 40, sob influência nazista na Alemanha a julgar inferiores "raças", etnias e gostos que não se adequem ao "padrão" branco hegemônico em todas as mídias; como nos anos 50 e 60 nos Estados Unidos, que em sua ampla maioria de cidades e estados previa a segregação dos negros em terras majoritariamente pretas. E nesse contexto inteiro, as mulheres, sempre vitimizam-se com o discurso de que sofriam em dobro, triplos, quadruplo... Mas a verdade é que os homens é que sofrem! O coitado, o enganado!

Alguém nos disse lá atrás que devíamos reger as regras do Mundo, que devíamos nos intrometer nas decisões mais banais e nas decisões mais sérias possíveis - seja com a opressão pura que vigora desde a Grécia pré-socrática ou através de mea culpas contemporâneos - algo é certo: o homem deve ser protagonista de todas as decisões.

Mesmo que fatos sejam mostrados comprovando qualquer anomalia fundamental em argumentos como "o homem é racional e a mulher não, por isso, deve tomar as decisões.", "o homem é um ser político, mulher não pode ser inserida no âmbito político", "51% do Mundo é de homens, por sermos maioria, devemos ter a decisão", "o feto é uma vida desde que saia do nosso saco em forma de gozo direto na buceta, é vida que saí e não prazer, matar o feto é matar uma vida"... Mesmo que provem-se anômalos, disturbados e irracionais, esses argumentos devem perdurar, pois fomos ensinados assim, coitado da gente.

Ah... Os homens, pobres coitados... Que dura a difícil de tomar sempre a frente. Que dura a vida de ser homem.

❖❖❖
Apreciadores (2)
Comentários (1)
Postado 03/12/16 12:01

Se for sarcasmo, eu posso até concordar que a forma como as coisas são é completamente absurda. Deveria existir desde sempre a igualdade entre os diferentes tons de melanina tanto quanto em diferença de sexo. E essa de os humanos acharem os queridinhos do.universo por que tem capacidade de pensar é uma mera de uma ideia bosta. Somos animais tanto quanto eles e por nós pensarmos é que deveríamos aceita-los e ajuda-los e não usa-los, e afins....