Quase-amor-desfeito
6 de Janeiro
Tipo: Lírico
Postado: 04/01/17 00:12
Gênero(s): Poema Reflexivo
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 6
Comentários: 2
Total de Visualizações: 525
Usuários que Visualizaram: 10
Palavras: 172
[Texto Divulgado] "Eu" Hora de desfazer algumas imagens mal construidas sobre mim.
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Quase-amor-desfeito

Eu te encontrei entre a fumaça, e as risadas e os espirros

Desviei meu olhar, mas,

Você estava de peito nu e parecia tão vivido

Me disseram que você toca com a alma

E este é o motivo das cicatrizes

Você é tão feroz,

Come tudo vorazmente

Cada palavra, cada parada

Você as engole

- Comprime os lábios, os enche de sangue

E diz outra frase esperada.

Seus cabelos são um ninho

São uma seda,

São um véu,

Me vista, me banhe, me mergulhe entre os fios

Eu não quero me iludir,

Não, não neste ano,

Eu não quero me apaixonar,

Não quero sofrer de novo,

Mas eu assisti um filme que me disse

Que as coisas bonitas, podem sentar contigo numa mesa

E, coincidentemente, foi aí que eu soube.

Eu não queria que as próximas rimas fossem para você,

Não queria te eternizar, sendo que nem sei se um dia começará,

Mas meus dedos são desobedientes,

Agora eles recolhem as palavras, e

Espero que jamais recolham as lágrimas,

De mais um quase-amor-desfeito.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Conheçam meu novo amor, ele tem olhos negros. Obrigada.

Apreciadores (6)
Comentários (2)
Comentário Favorito
Postado 12/01/17 23:43

Demorei para saber o que comentar, e até agora não sei o que dizer.

Esse texto esquenta mexe comigo de uma forma tão doce e brutal, como um eterno paradoxo na forma de uma bromélia - aqui começa a divagação (q). Esse texto me fez imaginar cenários e imagens e desenhos e melodias, o quanto um coração deve ter vivenciado para perceber a realidade, ainda assim preservando um pouco de esperança e expectativa. Esse texto demonstra que seu amor de olhos negros tem sorte de receber atenção de alguém como você.

Parabéns pelo texto <3

Postado 16/01/17 04:25

Eu fico imensamente feliz com esse seu comentário,muito obrigada! E, fico me sentindo bem por essas letrinhas choradas fazerem tão bem (ou mal) a você, obrigada, e sim, ele deve ter sorte, mas, duvido que eu esteja no campo de visão dele, é só mais um quase-amor, vai passar (esperamos).

Postado 26/02/17 22:57

Só uma palavra me vem à mente: inveja. Sim, pois o que mais deveria sentir eu de uma pessoa capaz de arracar tanta poesia e tanto sentimento de alguém como a senhorita?

Que mundo... Oh, Satan, que mundo é esse...?

Parabéns por mais um texto de qualidade e intensidade indiscutíveis!

Atenciosamente,

Um ser careca, Diablair.

Postado 27/02/17 12:08

Aike amor! Obrigada! <3