Endereçado: A. Dos Anjos
Andréia Kmita
Tipo: Lírico
Postado: 28/02/17 19:58
Gênero(s): Poema
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 25seg a 34seg
Apreciadores: 3
Comentários: 2
Total de Visualizações: 281
Usuários que Visualizaram: 4
Palavras: 68
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Endereçado: A. Dos Anjos

As pragas acometidas ao homem

Ramificam-se impregnadas na derme,

Não há volta insignificante verme

Que nos abruptos erros consomem

Descrença, essa pobreza, eternamente

velha; caso no coração o vazio coabite,

Sem esperança o selvagem resiste

A chaga, universo bipolar da mente

Desmente avulsa mágoa da realidade;

É tanta dor que de sopro cai a pele

Desmascarando os fundos do mundo.

Inerme, sozinho, sem asas

Verme das cascas

Fraco!

❖❖❖
Apreciadores (3)
Comentários (2)
Postado 13/09/17 06:09

Olá Srta. Andréia!!

Que obra prima temos aqui!!!

Simplesmente rouba-me as palavras esse texto magnífico!!!

Sou apaixonada por Augusto dos Anjos!!!!

E esse seu poema, moça, é mais do que perfeito e maravilhoso como uma linda homenagem!!! <3

"É tanta dor que de sopro cai a pele

Desmascarando os fundos do mundo." - Essa frase foi minha preferida!! Pois foi linda e "profundissimamente hipocondríaca" ao meu ver rsrs, ou seja, perfeita e adorável!!! *----*

Meus sinceros parabéns Srta. Andréia!!! A senhorita escreve muito bem!!!

Um abraço, Meiling!!

Postado 07/04/19 12:59

Olá Meiling!

Suas palavras são muito preciosas, adorei cada análise. Entre tantos poetas fabulosos que o Brasil tem, Augusto dos Anjos é um dos meus preferidos, seu vocabulário me prende, sua crítica é profunda e repleta dos seus eus em dor, em sobrevivência, em superação... e mais.

Agradeço imensamente sua apreciação. Grande abraço, AK40. (Andréia Lara Kmita)

Postado 26/03/19 19:45

Há trilhões de motivos que me fazem amar esse texto, mas irei resumí-los em:

É uma obra grandiosa, muito obrigada por compartilhá-la conosco!!!

Postado 07/04/19 13:03

Em breve estarei publicando todos os meus poemas pela Editora Chiado. Como Augusto, a crítica me é cobertor, abafa os sensos doutros e ameniza, gerando-me o conforto da coragem em revelar esferas peculiares do Ser. Eu sou poesia...

Obrigada por ler!

Ak40

instagram @andreia_lara_kmita e @passagempoetica

Postado 23/04/19 19:38

Irei acompanhar!

Olha que legal, fiz parte de uma antologia poética no ano passado da Chiado. É uma ótima editora.

Sucesso nessa nova etapa!!!