Um milhããããão
6 de Janeiro
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 16/05/17 23:58
Editado: 17/05/17 00:00
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 49seg a 1min
Apreciadores: 3
Comentários: 3
Total de Visualizações: 203
Usuários que Visualizaram: 7
Palavras: 133
[Texto Divulgado] "Por trás da janela" E se a sua imaginação se confundisse com a realidade?
Não recomendado para menores de doze anos
Notas de Cabeçalho

Eu não tenho criatividade para sinopse.

Capítulo Único Um milhããããão

Nós dois dormimos

no desânimo

de nossas conversas superficiais:

não eu não quero mais ir

sim, eu gostaria de entrar

talvez, sim, talvez eu vá...

Quem sabe eu te ame mais um pouco?

eu não terei tempo na próxima noite.

Por que você me vê através do seu relógio?

Por que eu te vejo através das palavras?

Por que eu me fantasio ao teu lado em noites claras?

Por que esse é o tipo de amor que tende a me iludir?

Talvez, porque, sejam todos assim.

Sou uma pessoa que ama

o amor destrutivo e rotineiro,

não que isso me deixe satisfeita,

ou que eu goste de prazeres sórdidos,

gosto de pensar que amo

sofrer assim por amores platônicos,

pois desta forma,

eu posso então,

cuspir minhas rimas

e vendê-las por um milhão.

❖❖❖
Notas de Rodapé

- Não que elas valham tudo isso.

Mas se quiser contribuir para o sistema capitalista, quem sabe um dia em que a vida for menos fodida, eu tenha meu próprio livro?

Não sei... Pensei em uma capa marrom... Conceitual.

Obrigada.

Apreciadores (3)
Comentários (3)
Postado 18/05/17 15:16

Acho que todos nós \"vendemos\" nas rimas... Haha

Obrigado por postar.

Postado 18/05/17 22:19

Sim! E muito obrigada, digo eu.

Postado 13/11/17 05:06

Eu realmente não compreendo o tema abordado, sequer o conheço. Todavia, algumas partes da obra me remeteram a certas lembranças, certos momentos em que parecia que estar ao lado era, na verdade, não estar ali... Ou não ter de fato alguém consigo na cama.

Solidão a dois é algo bizarro. Quiçá, um tanto triste. Fora as expectativas criadas e posteriormente destruídas por ambos os lados da moeda.

Perdão. Estou divagando bobagens que nada tem a ver com teu texto, saudosa e talentosa Srta Janeiro. Parabéns, uma vez mais, pela criação.

Atenciosamente,

Um ser que nunca valeu um tostão, Diablair.

#ad01-060/188

Postado 13/11/17 12:35

Suas divagações sempre valerão um bilhão para mim.

Obrigada! <3

Postado 26/11/17 17:48

Se quando isso te ocorre, tu escreve desse jeito, me desculpa menina, mas por favor, mais episódios! (Me perdoe ;-;)

Adorei <3

#ad01 - 60/90

Postado 28/11/17 14:35

JSIJDOISJDISJD, em breve terão mais episódios.

Está tudo numa boa agora, mas eu prevejo a a destruição chegando. Infelzimente pra mim, felizmente procêis <3