Viva
6 de Janeiro
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 03/07/17 03:53
Editado: 26/08/17 13:19
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 53seg a 1min
Apreciadores: 5
Comentários: 3
Total de Visualizações: 306
Usuários que Visualizaram: 7
Palavras: 142
[Texto Divulgado] "Um poema sobre a gente " "mas venha para mim anjo, eu juro que me movimento, eu sei que está escuro lá fora, mas preciso de seu brilho para brilhar, então suma daqui escuridão, pois faremos um quarto para a luz" - SOKO
Não recomendado para menores de dez anos
Notas de Cabeçalho

Don't try.

Capítulo Único Viva

Eu sou como uma casa fria e vazia

Eu assovio, rasgando o terror e a solidão

Pois eu existo em cada vão;

E quando eu pretendo chorar,

Apenas mordo meus lábios inferiores

Não posso demonstrar meus temores,

Hoje não; não hoje.

Eu passo a existir, para que apenas me notem

Eu passo a desferir,

Meus mais sujos golpes.

Eu quero me demolir

E quero sentir as explosões acontecendo

Eu quero queimar meu rosto e mãos

Quero que a excentricidade, seja a única emoção.

Eu quero viver, eu quero lembrar

Eu quero ter controle das minhas pernas

E quero parar de gargalhar

Enquanto olho para as memórias

As pontes e as pessoas,

Eu quero me sentir, quero me tocar

E sentir meus dedos se aproximando

Do meu ínfimo vestígio humano.

Eu quero o acorde

Eu quero me acordem

Quando eu já estiver viva.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Isso não foi bom, mas foi o que saiu, depois de muito tempo, sinto que minha Huldra está viva.

Obrigada Lorde, e a seu novo album, vamos ser amigas?

E obrigada por lerem esse espirro da alma.

Apreciadores (5)
Comentários (3)
Postado 08/07/17 01:35

Que bonito sentimento, para alguns nem tanto. Gostei.

Obrigado por posta.

<3

Postado 10/07/17 20:42

O caos não agrada a todos, mas que bom que te agradou! hahaha obrigada <3

Postado 25/07/17 20:41

Como assim isso não foi bom? É claro que foi bom! Foi ótimo! u.u

Postado 31/07/17 20:46

Se tu tá dizendo então eu acredito! HAHAHA obrigada!

Postado 24/08/17 19:04

O texto foi magnífico e o sentimento, sombriamente arrebatador. Foi como me olhar em um espelho despedaçado em forma de escrita...

Eu... Realmente não sei expressar com exatidão algo tão mordaz quanto o que me acomete... Quanto o que vivo ao ler esta obra...

Parabéns... E sinto muito.

Atenciosamente,

Um ser que poucas vezes viveu de verdade e adequadamente, Diablair.

#ad021-184

Postado 26/08/17 13:22

PQP DIABBBBBBBB

Só me abraça e vamo viver enquanto tivermos palavras para espirrar por aí.

Obrigada e, como sempre, você me deixa sem palavras.