Viva
6 de Janeiro
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 03/07/17 03:53
Editado: 26/08/17 13:19
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 53seg a 1min
Apreciadores: 5
Comentários: 3
Total de Visualizações: 292
Usuários que Visualizaram: 7
Palavras: 142
[Texto Divulgado] "Por trás da janela" E se a sua imaginação se confundisse com a realidade?
Não recomendado para menores de dez anos
Notas de Cabeçalho

Don't try.

Capítulo Único Viva

Eu sou como uma casa fria e vazia

Eu assovio, rasgando o terror e a solidão

Pois eu existo em cada vão;

E quando eu pretendo chorar,

Apenas mordo meus lábios inferiores

Não posso demonstrar meus temores,

Hoje não; não hoje.

Eu passo a existir, para que apenas me notem

Eu passo a desferir,

Meus mais sujos golpes.

Eu quero me demolir

E quero sentir as explosões acontecendo

Eu quero queimar meu rosto e mãos

Quero que a excentricidade, seja a única emoção.

Eu quero viver, eu quero lembrar

Eu quero ter controle das minhas pernas

E quero parar de gargalhar

Enquanto olho para as memórias

As pontes e as pessoas,

Eu quero me sentir, quero me tocar

E sentir meus dedos se aproximando

Do meu ínfimo vestígio humano.

Eu quero o acorde

Eu quero me acordem

Quando eu já estiver viva.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Isso não foi bom, mas foi o que saiu, depois de muito tempo, sinto que minha Huldra está viva.

Obrigada Lorde, e a seu novo album, vamos ser amigas?

E obrigada por lerem esse espirro da alma.

Apreciadores (5)
Comentários (3)
Postado 08/07/17 01:35

Que bonito sentimento, para alguns nem tanto. Gostei.

Obrigado por posta.

<3

Postado 10/07/17 20:42

O caos não agrada a todos, mas que bom que te agradou! hahaha obrigada <3

Postado 25/07/17 20:41

Como assim isso não foi bom? É claro que foi bom! Foi ótimo! u.u

Postado 31/07/17 20:46

Se tu tá dizendo então eu acredito! HAHAHA obrigada!

Postado 24/08/17 19:04

O texto foi magnífico e o sentimento, sombriamente arrebatador. Foi como me olhar em um espelho despedaçado em forma de escrita...

Eu... Realmente não sei expressar com exatidão algo tão mordaz quanto o que me acomete... Quanto o que vivo ao ler esta obra...

Parabéns... E sinto muito.

Atenciosamente,

Um ser que poucas vezes viveu de verdade e adequadamente, Diablair.

#ad021-184

Postado 26/08/17 13:22

PQP DIABBBBBBBB

Só me abraça e vamo viver enquanto tivermos palavras para espirrar por aí.

Obrigada e, como sempre, você me deixa sem palavras.