Eu sinto muito
Andromeda
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 11/07/17 03:57
Editado: 08/02/19 12:29
Gênero(s): Drabble Drama
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 37seg a 50seg
Apreciadores: 7
Comentários: 3
Total de Visualizações: 553
Usuários que Visualizaram: 12
Palavras: 101
[Texto Divulgado] "Voltando para casa" Estou de volta, e isso é tudo. Sem meias palavras ou versos contidos, apenas eu.
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

ivan, o terrível e seu filho ivan - ilya repin

Capítulo Único Eu sinto muito

Você sempre me achou frio demais, distante e sem sentimentos. Mas quer saber de uma coisa, querido? Eu sinto muito.

Eu sinto coisas boas, mas eu também sinto coisas ruins, principalmente as ruins e elas acontecem direto. Eu sinto quando a minha visão fica turva pelas lágrimas, sinto quando minha garganta fecha e sinto muito quando aquela vontade vem. E meu peito dói tanto, não há nada que eu possa fazer. É desesperador, querido e isso acontece toda madrugada.

Eu sinto tanto que, às vezes, eu penso que meu peito vai explodir. E é nessas horas que eu queria sentir nada.

❖❖❖
Apreciadores (7)
Comentários (3)
Comentário Favorito
Postado 11/12/17 18:16

Eu me senti exatamente assim ontem de noite... Garganta fechada, visão turva pela dor, sentir tanto tudo e só querer poder não sentir nada!

Infelizmente, esse texto é a mais pura realidade.

Eu procurava ter como escrever sobre ontem, mas você, sem nem me conhecer, fê-lo por mim, obrigada, sinto muito e parabéns por redigir algo tão intenso.

Postado 04/03/18 21:49

A sensação de sentir tudo é sufocante, poucos conseguem descrevê-la, como tu fez em teu comentário. Eu apenas consegui descrever o minímo que sentia no dia.

Eu que agradeço por suas palavras as quais, infelizmente, sinto-me incapaz de responder à altura. Eu espero que agora fique tudo bem e obrigada novamente.

Postado 19/12/17 22:46

Sei bem como é isso... Super sinistro.

Parabéns!

Postado 04/03/18 21:46

Infelizmente sabe.

Obrigada.

Postado 20/01/19 19:28

Às vezes sentir muito sufoca, assusta e muitas vezes, machuca. Entre a intensidade e não sentir nada, a segunda opção parece mais atrativa.

Adorei seu texto. Como sempre, sua escrita está impecável.

Meus parabéns ♡

Postado 08/02/19 12:38

E quem diria que, agora, o que me assusta é que eu não sinto nada, né? Quando se passa muito tempo sem sentir nada, qualquer coisa parece ser intenso.

Muito obrigada, novamente ♥