Perpétuo
Sana
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 06/03/16 20:56
Editado: 10/04/16 19:16
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 12min a 17min
Apreciadores: 7
Comentários: 6
Total de Visualizações: 537
Usuários que Visualizaram: 19
Palavras: 2073
[Texto Divulgado] "Nossa coleção de fracassos" Depois de um fatídico encontro com um esteriótipo de hippie, que ocorrera durante o passeio escolar que visava inaugurar o ano, Martim, um adolescente comum e sem tantas aspirações ambiciosas sobre seu futuro como as de seus colegas de classe, acaba por ganhar a estranha habilidade de enxergar manifestações literais dos conflitos internos desses mesmos colegas. Junto de sua audaciosa parceira, Evelin Carvalho, ele tentará solucionar esses casos. Claro, não deixando de documentar todos os seus fracassos em uma ordinária coleção de contos.
Não recomendado para menores de dezesseis anos
Notas de Cabeçalho

Querido Alguém,

Eu decidi postar algo no site e então de cara resolvi que seria essa oneshot. Ela já foi postada em outro site, como uma história Muke.

Espero que gostem.

Boa leitura ♥

Com amor,

Jhennifer.

Capítulo Único Perpétuo

"Querida Evangelinne,

Eu escrevi e reescrevi centenas e dezenas de vezes para lhe dar uma carta de despedida digna de você. Mas então, parei para pensar e vi que nada que eu escrevesse, não importava o quão perfeito fosse, seria digno e lhe mostraria tudo o que você foi para mim. Nada é capaz de descrever o quão poderoso e devastador é o meu amor por você. Sim, é. Não, eu não quis dizer “foi”. È, por que mesmo que eu morra, ele continuará vivo. Essa é a verdade.

A vida é como uma típica montanha-russa: começa calma, tem seus altos e baixos e então, quando você menos espera os trilhos se acabam e ela chega ao fim. É algo inevitável.

A única coisa que temos controle sobre é o que faremos durante o percurso e em meio a todos os meus erros eu devo ter feito algo de bom, já que tive a honra de ter você.

Tive. É difícil escrever isso. É uma dor maior do que qualquer outra que já senti.

Saber que não vou estar mais com você, não vou mais sentir você e que não vou sequer poder relembrar de todos os nossos momentos por ter me tornado apenas um corpo prestes à se decompor.

Me dói saber que não poderei mais admirar esses lindos olhos azuis que me faziam viajar por todo o universo sem ao menos sair do lugar. Não terei mais esse que é o mais maravilhoso de todos os sorrisos direcionado a mim e não serei o cara mais feliz do mundo por ser o motivo de ele estar em seu rosto.

Não estarei mais ai para rir das suas piadas sem noção e entrar em êxtase com a sua risada única, ouvir você cantarolar enquanto faz as tarefas domésticas, te acalmar quando você estiver em meio a seus surtos de raiva, escutar suas reclamações quando faço algo errado (o que era rotineiro), te levar nos lugares que você adora ir, acariciar seus cabelos e sentir sua respiração descompassada se chocando contra meu pescoço e me causando arrepios depois de nossos momentos íntimos, ter você em meu peito e te observar enquanto dormia me trazendo a sensação de que estava a protegendo de todas as coisas ruins e principalmente me dói saber que não estarei ai para ouvir sua voz meio rouca de manhã dizendo que me amava enquanto sentia seus lábios nos meus.

“Não poderei mais.”

“Não terei mais.”

“Não estarei mais.”

Frases que me machucam. Frases correspondentes ao futuro. Um futuro no qual não estarei mais presente.

Se você está lendo a minha carta, esse futuro já chegou.

Agora:

“Não posso mais.”

“Não tenho mais.”

“Não estou mais.”

Linne você não sabe o quão doloroso é ter que escrever minha despedida por não saber quando irei partir.

E droga... A pior parte não é ir, é te deixar.

Eu espero ter sido merecedor do seu amor, pois você com toda a certeza do mundo foi merecedora do meu.

Lembra-se de quando nos conhecemos e eu disse que não acreditava no amor verdadeiro e eterno? Que era apenas algo criado para contos de fadas? Eu estava completamente errado meu amor e foi você quem me mostrou isso.

O nosso amor foi a coisa mais verdadeira que tive e ele durou uma eternidade. A minha eternidade.

Mas ainda lhe resta a sua e eu quero que prometa para mim, de onde quer que eu esteja, que vai vivê-la e que vai tentar abrir seu coração para outra pessoa.

Alguém será seu amor eterno assim como você foi o meu, espero que ele seja tão digno de você quanto você foi digna de mim. Aliás, você é digna de muito mais.

Essa é a única coisa que lhe peço antes de tudo o que um dia fui se esvair: o encontre e o ame tanto quando eu amei e sempre vou amar você.

Você foi todo o meu mundo Evangelinne Clarity sandys, mas infelizmente eu só pude ser um mar no Oceano Pacífico do seu.

Com todo o meu amor e todo o meu ser,

Calum Charlie Sandys"

Clarity olhou a rosa branca em sua mão. Era a favorita de Calum. Um sorriso mínimo se formou em seus lábios quando essa lembrança a atingiu.

A moça depositou um beijo lento e delicado na rosa branca em suas mãos como se estivesse beijando seu amado e em seguida a colocou sobre a lápide.

– Você foi a pessoa mais digna de mim, ninguém mais será. Me desculpe amor, mas não posso atender o seu último pedido, você era esse alguém, sempre foi. Não cabe mais nenhum outro em mim, você era meu mundo Ca e agora eu sou apenas um enorme buraco negro que não dá em lugar nenhum.

As palavras naquela carta haviam a afetado de uma maneira indescritível.

Uma parte de Evangelinne estava indignada com Calum. Como ele pode dizer que a garota não encontrou seu verdadeiro amor? Sillean o dizia diariamente que era ele.

Como queria que Charlie estivesse ali para que brigassem por isso e ele saísse de casa para logo em seguida, voltar e ambos se reconciliassem como sempre faziam.

Mas nada é como queremos e dessa vez, Sandys nunca mais voltaria.

A única coisa mais avassaladora que a dor no peito de Clarity era o amor que ela sentia pela pessoa que agora estava em um túmulo a sua frente.

As centenas de lágrimas escorrendo de seus olhos eram o resultado do temporal que ocorria dentro de si.

Queria poder realizar o ultimo desejo de seu amado, mas Linne e até mesmo Calum sabiam que ela não era capaz e nada que o garoto de cabelos coloridos escreveu antes de sua morte mudaria isso. Nada no mundo mudaria.

Não era possível buscar algo que já encontrou.

Não era possível dar seu coração a outro alguém quando o verdadeiro dono o levou consigo para o túmulo.

Charlie foi sim seu eterno amor e aquela lápide podia conter apenas um corpo, mas ela pertencia a duas pessoas.

Linne estava tão morta quanto Calum e mesmo que ela tentasse milhares, infinitas vezes não voltaria a vida.

Porque para Evangelinne Clarity Sillean, era impossível viver sem Calum Charlie Sandys."Querida Evangelinne,

Eu escrevi e reescrevi centenas e dezenas de vezes para lhe dar uma carta de despedida digna de você. Mas então, parei para pensar e vi que nada que eu escrevesse, não importava o quão perfeito fosse, seria digno e lhe mostraria tudo o que você foi para mim. Nada é capaz de descrever o quão poderoso e devastador é o meu amor por você. Sim, é. Não, eu não quis dizer “foi”. É, por que mesmo que eu morra, ele continuará vivo. Essa é a verdade.

A vida é como uma típica montanha-russa: começa calma, tem seus altos e baixos e então, quando você menos espera os trilhos se acabam e ela chega ao fim. É algo inevitável.

A única coisa que temos controle sobre é o que faremos durante o percurso e em meio a todos os meus erros eu devo ter feito algo de bom, já que tive a honra de ter você.

Tive. É difícil escrever isso. É uma dor maior do que qualquer outra que já senti.

Saber que não vou estar mais com você, não vou mais sentir você e que não vou sequer poder relembrar de todos os nossos momentos por ter me tornado apenas um corpo prestes a se decompor.

Me dói saber que não poderei mais admirar esses lindos olhos azuis que me faziam viajar por todo o universo sem ao menos sair do lugar. Não terei mais esse que é o mais maravilhoso de todos os sorrisos direcionado a mim e não serei o cara mais feliz do mundo por ser o motivo de ele estar em seu rosto.

Não estarei mais ai para rir das suas piadas sem noção e entrar em êxtase com a sua risada única, ouvir você cantarolar enquanto faz as tarefas domésticas, te acalmar quando você estiver em meio a seus surtos de raiva, escutar suas reclamações quando faço algo errado (o que era rotineiro), te levar nos lugares que você adora ir, acariciar seus cabelos e sentir a sua respiração descompassada se chocando contra meu pescoço e me causando arrepios após nossos momentos íntimos, ter você em meu peito e te observar enquanto dormia me trazendo a sensação de que estava a protegendo de todas as coisas ruins e principalmente me dói saber que não estarei ai para ouvir a sua voz meio rouca de manhã dizendo que me amava enquanto sentia seus lábios nos meus.

“Não poderei mais.”

“Não terei mais.”

“Não estarei mais.”

Frases que me machucam. Frases correspondentes ao futuro. Um futuro no qual não estarei mais presente.

Se você está lendo a minha carta, esse futuro já chegou.

Agora:

“Não posso mais.”

“Não tenho mais.”

“Não estou mais.”

Linne você não sabe o quão doloroso é ter que escrever minha despedida por não saber quando irei partir.

E droga... A pior parte não é ir, é te deixar.

Eu espero ter sido merecedor do seu amor, pois você com toda a certeza do mundo foi merecedora do meu.

Lembra-se de quando nos conhecemos e eu disse que não acreditava no amor verdadeiro e eterno? Que era apenas algo criado para contos de fadas? Eu estava completamente errado meu amor e foi você quem me mostrou isso.

O nosso amor foi a coisa mais verdadeira que tive e ele durou uma eternidade. A minha eternidade.

Mas ainda lhe resta a sua e eu quero que prometa para mim, de onde quer que eu esteja, que vai vivê-la e que vai tentar abrir seu coração para outra pessoa.

Alguém será seu amor eterno assim como você foi o meu, espero que ele seja tão digno de você quanto você foi digna de mim. Aliás, você é digna de muito mais.

Essa é a única coisa que lhe peço antes de tudo o que um dia fui se esvair: o encontre e o ame tanto quando eu amei e sempre vou amar você.

Você foi todo o meu mundo Evangelinne Clarity sandys, mas infelizmente eu só pude ser um mar no Oceano Pacífico do seu.

Com todo o meu amor e todo o meu ser,

Calum Charlie Sandys"

Clarity olhou a rosa branca em sua mão. Era a favorita de Calum. Um sorriso mínimo se formou em seus lábios quando essa lembrança a atingiu.

A moça depositou um beijo lento e delicado na rosa branca em suas mãos como se estivesse beijando seu amado e em seguida a colocou sobre a lápide.

– Você foi a pessoa mais digna de mim, ninguém mais será. Me desculpe amor, mas não posso atender o seu último pedido, você era esse alguém, sempre foi. Não cabe mais nenhum outro em mim, você era meu mundo Ca e agora eu sou apenas um enorme buraco negro que não dá em lugar nenhum.

As palavras naquela carta haviam a afetado de uma maneira indescritível.

Uma parte de Evangelinne estava indignada com Calum. Como ele pode dizer que a garota não encontrou seu verdadeiro amor? Sillean o dizia diariamente que era ele.

Como queria que Charlie estivesse ali para que brigassem por isso e ele saísse de casa para logo em seguida, voltar e ambos se reconciliassem como sempre faziam.

Mas nada é como queremos e dessa vez, Sandys nunca mais voltaria.

A única coisa mais avassaladora que a dor no peito de Clarity era o amor que ela sentia pela pessoa que agora estava num túmulo a sua frente.

As centenas de lágrimas escorrendo de seus olhos eram o resultado do temporal que ocorria dentro de si.

Queria poder realizar o ultimo desejo de seu amado, mas Linne e até mesmo Calum sabiam que ela não era capaz e nada que o garoto de cabelos coloridos escreveu antes de sua morte mudaria isso. Nada no mundo mudaria.

Não era possível buscar algo que já encontrou.

Não era possível dar seu coração a outro alguém quando o verdadeiro dono o levou consigo para o túmulo.

Charlie foi sim seu eterno amor e aquela lápide podia conter apenas um corpo, mas ela pertencia a duas pessoas.

Linne estava tão morta quanto Calum e mesmo que ela tentasse milhares, infinitas vezes não voltaria a vida.

Porque para Evangelinne Clarity Sillean, era impossível viver sem Calum Charlie Sandys.​

❖❖❖
Notas de Rodapé

Querido alguém,

Espero que tenha gostado.

Obrigada por ter passado por aqui.

Com todo o meu amor,

Jhen.

Apreciadores (7)
Comentários (6)
Postado 06/03/16 21:22

Eu achava a capa linda, mas quando terminei de ler o texto... :')

Esses autores que me emocionam...

Lindo texto! <3

Postado 07/03/16 16:33

Obrigada mesmo, fico feliz que tenha gostado.

Xx

Jhen

Postado 08/03/16 02:15

Quase chorei, sou muito sensível desculpa

Postado 09/03/16 13:15

Era pra ter chorado, gosto de ver as lagrimas a dor

Postado 08/03/16 02:16

Já disse que adoro sua escrita? Pois então, adoro sua escrita

Postado 09/03/16 13:16

Vindo de você é algo muito bom. Tambem adoro a sua.

Postado 09/03/16 01:40

não conseguiria expressar a dor de ler, principalmente porque realizei a cena enquanto lia. triste, mas enfim, verdadeiro amor é isso. dói. nem sempre é pra sempre. parabéns

Postado 09/03/16 13:16

Obrigada. Era exatamente isso que eu queria passar. obrigada mesmo por ler sz

Postado 09/03/16 18:05

Oi moça.

Eu não sei o que dizer só sei sentir. Sentir uma dor imensa depois de ter lido algo tão profundo e triste.

E mesmo me doendo tanto eu não tenho o que reclamar, foi uma dor boa de ser sentida.

Você escreve maravilhosamente bem, espero ler mais textos seus aqui. <333

Postado 20/03/16 21:13

Oi moça sz

OBRIGADA, VAI LER SIM, FICO FELIZ QUE TENHA GOSTADO. Volte sempre

Xx

Postado 09/03/16 18:28

Uau! Que lindo, eu juro que chorei. Muito belo.

Postado 20/03/16 21:13

Obrigada Sah. Voce ta viva?