Quando eles me olham
Alien
Tipo: Lírico
Postado: 15/11/17 19:30
Avaliação: 9.35
Tempo de Leitura: 40seg a 53seg
Apreciadores: 5
Comentários: 4
Total de Visualizações: 277
Usuários que Visualizaram: 8
Palavras: 107
[Texto Divulgado] "Flashback" Ela me puxa para um beijo e me abraça forte, eu não consigo nem pensar em ir embora dos seus braços quentes e cheios de carinho.
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Após postar, Line correrá para terminar seu relatório em cima do laço -qqq

Eu espero que gostem. Eu havia postado no Wattpad, mas tirei.

Capítulo Único Quando eles me olham

Quando eles me olham

eu sinto as dúvidas

como se as orbes fossem, sem sombra de dúvida

Raios lasers apontados em minha direção.

Quando eles me olham e "é guri ou guria?"

sinto gelar um frio na barriga

e eles acabam com tudo, literalmente

ao me definir já ali, na correria.

Quando eles me olham

e focam em qualquer detalhe esganiçado que fuja da norma

meu coração vacila, acelerado

mas pelo menos não me colocam pra fora.

Quando eles me olham

Às vezes eu reviro os olhos com uma coragem que não realmente tenho

mas sigo em frente, rapidamente

porque se parar, me paralisam com seu julgamento.

❖❖❖
Apreciadores (5)
Comentários (4)
Postado 15/11/17 20:04 Editado 16/11/17 05:04

Ah, esses olhares do outros sobre nós! E às vezes, vice-versa... Quem nunca fez algum pré-julgamento visual antes? Eis um dos defeitos da Humanidade, que induz indivíduos da vergonha ao ódio, da paralisia à morte/assassinato.

Eis um texto pequeno em extensão, contudo com um tema grandioso para se refletir e/ou lamentar...

Excelente, Srta Alien!

Atenciosamente,

Um ser que olhou, olha e olhará, Diablair.

#ad01-064/188

Postado 17/11/17 19:58

Há olhares que dão medo, Diablair. Medo de ganhar queimaduras, tiros, coisas do tipo hahaha.

Obrigada! Que bom que causa isso!

Postado 15/11/17 21:37

Por esses e outros tipos de olhares que eu e a minha amiga desenvolvemos apelidos maravilhosos: Ela Traveca e eu Viada.

Os olhares passaram a nos divertir ainda mais depois que começamos com isso.

Eu já fui de ter medo de ser paralisada e/ou julgada. Hoje sou uma completa "fora do padrão" que adora causar. As coisas passam a ser divertidas quando você para de se importar com o que vão pensar e começa a analisar a postura/comportamento diante do "anormal".

Acho que viajei um pouco, sorry! Essa obra é linda, parabéns!

#ad01 - 118/154

Postado 17/11/17 20:04

Tem gente que definitivamente trata as pessoas diferente de acordo com a aparência... eu, por exemplo, sou mais bem tratada quando estou parecendo um patinho feio (?), vá entender.

Hahaha melhor coisa! Transformar desconforto em riso!

Postado 11/12/17 23:17

O mais apropriado é seguir em frente, como feito no texto, e ligando o foda-se. É a saída, sem sombra de dúvidas.

A ignorância humana sempre vai existir, mas felizmente ela tende a diminuir (ou mudar de forma). Isso é bom, pois algumas pessoas deixam de sofrer. A merda é que é um processo lento, é algo que exige muitos sacríficios e coragem.

Infelizmente, muita gente vai ter que passar até que a sociedade se torne menos burra.

No mais, esse texto tá bacana, pois expõe o que o personagem está passando. É assim que começa a mudança: expondo sua visão, seus problemas, seus acertos. Enfim, compartilhando experiências com os demais. E tá bacana também, pois a pessoa começa uma revolução e nitidamente não percebe. Ela vira a cara e isso é um ato forte, é um ato de coragem, algo que ele nem percebe que tem.

A mudança é lenta, mas ocorre dia pós dia. Consciente ou incosecientemente.

Parabéns. Belo texto!

Postado 28/12/17 16:15

Aham!

Sim, a gente vê isso e é realmente como você falou. A gente até percebe a mudança, mas ela é pouca e vagarosa.

Já podemos ver pessoas super conservadoras defendendo que a mulher tem que realmente trabalhar fora para não ser totalmente dependente do homem. Agora só falta todo o resto hahaha.

Muito obrigada!

Postado 10/01/18 11:16

Crítica social sensacional! Todos deveriam ler essa obra para entender que o amor tem formas diferentes, mas que sempre será o amor.

Parabéns pela obra ❤

Postado 10/01/18 16:08

Sim! Há pessoas que se incomodam demais com o que foge da bolha delas :/

Muito obrigada!

Outras obras de Alien

Outras obras do gênero Crítica

Outras obras do gênero LGBT

Outras obras do gênero Poema

Outras obras do gênero Reflexivo