Auto-sabotagem
Alien
Tipo: Lírico
Postado: 03/12/17 15:41
Gênero(s): Poema
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 37seg a 49seg
Apreciadores: 2
Comentários: 2
Total de Visualizações: 258
Usuários que Visualizaram: 7
Palavras: 99
[Texto Divulgado] "Por trás da porta" ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Auto-sabotagem

A neblina nunca esteve tão densa

não posso enxergar dois palmos à minha frente

os faróis só aparecem na colisão

quando já deixei esse mundo doente.

Sempre houve alguma coisa quebrada

uma peça que nunca se encaixou

eu olho para as suas fotos e nada

de enxergar o que você falou.

Ele tem o olhar mais doce do mundo

e uma atenção perturbadora

tento emergir sempre que ele aparece

mas só mergulho mais fundo.

Nunca me senti tão triste

minhas mãos atadas nunca quiseram ser livre antes

olho para as asas e olho pra você

nunca estiveram tão distantes.

❖❖❖
Apreciadores (2)
Comentários (2)
Postado 08/12/17 23:43 Editado 28/12/17 22:57

Sentir ao máximo. Viver sempre no limite. Não sei exatamente se foi isso, mas foi o que eu pensei.

Postado 28/12/17 15:55

Isso também!

Obrigada por comentar!

Postado 29/12/17 04:33

Intenso, simplesmente. Parabéns, moça ❤

Postado 10/01/18 15:43

Muito obrigada! :D