a soma de todos os poemas (Terminado)
Sabrina Ternura
Usuários Acompanhando
Tipo: Antologia Poética
Postado: 05/12/17 17:30
Editado: 06/12/17 00:16
Qtd. de Capítulos: 20
Cap. Postado: 05/12/17 20:12
Avaliação: 10
Tempo de Leitura: 45seg a 1min
Apreciadores: 1
Comentários: 1
Total de Visualizações: 19
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 122
[Texto Divulgado] "Universo" "Ela é arte, é emoção A poesia em que estou imerso." É a razão pela qual escrevo
Não recomendado para menores de dez anos
a soma de todos os poemas
Oitavo Poema Piano Velho

Aos mãos

Deslizam pelas teclas

E tocam a melodia

Que ronda minha alma.

Eu era

Mais do matéria

Ocupando um espaço.

Eu era

Um átomo

Eterno e indivisível.

Os ouvidos

Reconheciam a sonância

Que emanava

A verdadeira fragrância

Do meu piano velho.

Uma mistura

De poeira e ternura

Subia e sumia,

Quando o movimento

Rápido e constante,

Tomava o lugar

Como o ar em meus pulmões.

A essência da música

Era apenas e simplesmente,

Deixar a mente livre

E flamejante

Com a certeza de que

Cada nota entraria

Nos ouvidos da alma

Carregando a mais pura

E verdadeira calma.

Ao toque de cada nota

Eu era preenchida,

Invadida,

Desvendada

E superestimada.

Eu era

A melodia mais doce,

E a mais

Triste também.

❖❖❖
Apreciadores (1)
Comentários (1)
Postado 08/12/17 22:28

6 de Janeiro está apaixonada por Sabrina Ternura.

E é isto.

Boa noite.

Postado 09/12/17 00:50

Vamos casar!

E é isto.

Boa noite! KKKKKKKKKK

Outras obras de Sabrina Ternura

Outras obras do gênero Comédia

Outras obras do gênero Cotidiano

Outras obras do gênero Crítica

Outras obras do gênero Drama