O amor é monstruoso
6 de Janeiro
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 20/12/17 18:11
Editado: 20/12/17 18:21
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 4min a 6min
Apreciadores: 2
Comentários: 2
Total de Visualizações: 589
Usuários que Visualizaram: 7
Palavras: 797
[Texto Divulgado] "A vida imita a internet." Se se usa a tecnologia pra tudo. então...não custa nada usa exemplos práticos de tecnologia na vida real.
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Comecei a chorar ouvindo 'It Happened Quiet - AURORA' e resolvi escrever isso, dentre todas as demais coisas infinitas que eu adoraria pronunciar aqui, esta com certeza, é a que eu lerei centenas de vezes quando eu souber que não estamos mais em um impasse.

Eu vou perder, menino, nós vamos.

Capítulo Único O amor é monstruoso

Cores macias, que acariciam minha mente.

As suas palavras ainda dormem em meu travesseiro, elas me fazem ter pesadelos ainda acordada; por culpa de qualquer ansiedade que me torna tola na calada da noite, mas, quando estou caindo em desespero pelo beiral da cama, meus lençóis são oceanos angustiantes e somente eu posso me agarrar às emoções que ainda fazem meu coração querer bater, pois estou perdida e minhas lágrimas se amontoam por medo de que alguém as pegue escorrendo, de surpresa.

E você, você não percebeu que minhas lágrimas corriam livres por minhas bochecas rubras, enquanto se divertia com qualquer programa inútil em sua televisão gigante de tela plana. Me mantive ali, admirando seus vazios, enquanto eu tentava preencher os meus apenas com o seu cheiro e com as batidas do seu coração, que são tão capazes de me acalmar, como são capazes de fazer minha pele querer fugir da minha face, só restando o esqueleto sangrento por debaixo de tudo que você acha que eu sou.

E você, você... Você surgiu como um cometa e encendiou toda a minha visão; juro que tentei fugir de seus braços, porém, naquela noite em que roubei um de seus cigarros, logo após nossa saidera estranha e apaixonante, eu soube de todas as formas possíveis que você seria irrevogavelmente inesquecível, por mais que você me fizesse sofrer, ou, por mais que eu escolhesse sofrer sozinha, você ainda estará aqui, lá, em todos os cantinhos de minha mente fria, repleta de labirintos, pois você é a luz que me acorda e ao mesmo tempo que me adormece e ninguém nunca aprendeu a escapar de um impasse.

Eu não aprendi a escapar do amor.

Está tudo sempre tão quieto e atordoante dentro de meu coração, eu me tornei a sombra e o nojo que eu tinha por qualquer menina cegamente apaixonada, então, comecei a perceber, que quando se está cego, não há amor, e que estas tempestades todas que eu sinto, são porque eu te enxergo muito bem. Tenho medo de que você me esqueça no silêncio, talvez eu tenha me tornado muito monstruosamente intensa para você.

Não sou a única culpada, nosso amor é monstruoso, nós demos luz a isto juntos, você me culpa por falar sobre nossos dias de pura desmoralização, no entanto, foi você que me despiu, partiu minhas nádegas ao meio e disse que eu era a melhor do mundo.

Eu me sinto linda e feroz enquanto cavalgo deliciosamente em cima de você.

Você se sente lindo, quando eu começo a te beijar pelos olhos e vou descendo até abocanhar seu membro?

Eu te acho incrível...!

Infelizmente, você nunca terá as respostas que eu preciso, você é meu maior e mais intenso mistério, as palavras que eu nunca disse, arranham suas costas quando você se vira para parede, e eu? Eu me sinto abandonada, por mais que todos os seus "eu te amo" estejam saturados em minha pele, em meus ouvidos e em meu estômago.

Será que eu exagerei, quando te beijei com toda a intensidade que possuía meu peito no momento? Será que me enganei quando descobri um mundo novo com você?

Está tudo quieto e triste. Quieto e triste com a ideia de que um dia irei ficar sem você.

Meu peito treme e salta, o choro corre pelas lentes redondas de meu óculos.

Eu deixarei cada pedaço meu por onde eu passar, um dia você vai queimá-los todos, enquanto os seus estarão tão bem guardados dentro de mim, pois eu sou monstruosamente dócil, como um bichinho que se esconde atrás de um arbusto minúsculo e... E você, você é assim também, mas se joga na lama, rasga suas orelhas e finge ser o animal mais aterrerorizante de todos os continentes.

Aonde você esteve enquanto eu caía pelo beiral da cama e gritava desamparada e inconsciente? Você não deve se lembrar, estava tão barulhento dentro de você... Eu apenas quis gritar mais alto que a sua música.

Nós somos enrascadas.

Nós somos monstruosos.

Mas eu continuarei dançando suavemente até me encontrar com seu peito. Eu continuarei te pintando de verde em cada ideia verdadeira encrustada em meu coração.

Estaremos confinados?

Estaremos acorrentados?

O amor é monstruoso, ele puxa e arranha nossos pés.

Nós somos devoradores, distribuo minhas mordidas em você e você as devolve mais fortemente em mim.

Estamos acorrentados?

Estes roxos estão tatuados?

Eu vou continuar soluçando e sorrindo de lado, com meus dentes e olhos, sempre que eu disser que eu te amo.

Nosso amor é monstruoso, monstruosamente intenso e musical, estamos ambos dançando sozinhos até nossas mãos se grudarem.

Com suor na alma eu te digo, te amar, é um mistério. Seu amor, é minha mais nova crença.

É um desafio divino, é a assombração amiga matiturna.

Te amar, é monstruosamente inspiracional.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Estou acorrentada.

Obrigada.

Apreciadores (2)
Comentários (2)
Comentário Favorito
Postado 24/12/17 15:19

MENINA QUE TEXTO MARAVILHOSO É ESSE. TU ÉS FODA. TU ÉS MONSTRUOSA. LI QUANDO A MÚSICA DE AURORA ESTAVA DISPONÍVEL, AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA, PUTA DELICIOSO. EU TE ADMIRO PRA CARAMBA, ANA.

Postado 25/12/17 02:53

QUE COMENTÁRIO MARAVILHOSO AAAAAAAAAAAA

Menina, estou de luto pois a melhor música que já ouvi na vida, vulgo esta que me inspirou, foi retirada de todos os cantos da internt.

Descobri a música de manhã e JURO que ouvi ela até ela começar a travar nos sites. Bem triste.

Nem consegui baixar e nem tinha pensado em simplesmente gravar o som...

Bem triste.

Obrigada pelo amor todo!

Postado 03/01/18 00:54

Amo essa obra monstruosamente maravilhosa na boca. Menina, cê é um arraso e cada texto seu é um tiro que derruba.

Eu e o chão somos um depois que li esse texto estupendo. Meus parabéns ❤

Postado 03/01/18 02:39

MANO, PELA PRIMEIRA VEZ CONSIGO CONCORDAR 100% COM OS COMENTÁRIOS: Eu amei essa obra na boca. Mas também, o que esperar de uma inspiração gerada por Aurora e Menino Águia?

Fico feliz que meu auto-deleitar não seja uma ilusão, feliz que você também gostou!

Obrigada! <3

Outras obras de 6 de Janeiro

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Erótico ou Adulto

Outras obras do gênero Poema

Outras obras do gênero Reflexivo