Cheiro de Sangue
Hiryuu
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 21/01/18 22:45
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 3min a 4min
Apreciadores: 3
Comentários: 3
Total de Visualizações: 723
Usuários que Visualizaram: 10
Palavras: 502
[Texto Divulgado] ""
Não recomendado para menores de dezesseis anos
Notas de Cabeçalho

Outro texto antigo...outro sem re-revisar...enfim...

Capítulo Único Cheiro de Sangue

O cheiro era insuportável. Cheiro de sangue, de morte. Cheiro de guerra e horror.

Por que raios tinha que estar ali? Poderia estar em casa, com sua esposa. Por mais que soubesse que o inimigo acabaria, cedo ou tarde, caindo sobre eles, e que atacar seria o mais certo a fazer, não queria estar ali.

Mas não era sua decisão. Fora convocado e deveria honrar seu juramento. O juramento que todos faziam: de defender seu país.

“Será simples”, os generais disseram. “Os pegaremos de surpresa”, os generais disseram. “Quando se derem conta do ataque, já estarão acabados”, os generais disseram.

Foi um massacre. A primeira leva atacou o castelo. Tomou os muros sem muita dificuldade. Abriram os portões para que a segunda leva, a que ele estava, avançasse. Então aconteceu.

Assim que se aproximaram do protão, começaram os gritos. Gritos de horror e de dor. O exército estancou, sem saber como agir.

O que saiu do portão gelou a todos. Criaturas enormes, peludas e com garras e presas brilhando, recobertas de sangue.

Lobisomens.

Ninguém havia lhe dito que teria que enfrentar lobisomens. Se é que alguém realmente sabia o que o inimigo realmente era.

Viu horrorizado as criaturas avançarem através das tropas, sem oposição alguma. Homens eram estraçalhados por garras, tinham seus membros arrancados e eram comidos vivos, suas armaduras de aço reforçado parecendo serem feitas de papel. Espadas e lanças sendo quebradas, incapazes de perfurar a dura pele do inimigo.

Um urro ensurdecedor foi ouvido, paralisando o combate. Voltando-se para o portão, viu algo ainda mais assustador surgir. Parecia humano, mas terrivelmente enorme e deformado. Monstruoso. Deu mais um urro e os lobisomens recuaram. Então avançou.

Rápido. Sobrenaturalmente rápido. Em um piscar de olhos havia se movido até onde os soldados ainda vivos estavam. Com um golpe, lançou um dos soldados a uma dezena de metros. Pegou um segundo e esmagou-o como se fosse nada, fazendo o sangue voar. Levou a mão à boca, lambendo o sangue, e disse uma única palavra:

- Bom...

Então percebeu o que estava enfrentando. Lendas de sua infância, contadas por seus avós para assustar as crianças. Lendas sobre um híbrido criado quando um vampiro se alimenta de todo o sangue de um lobisomem, absorvendo assim sua maldição. Uma criatura destinada a comandar ninhos e matilhas, e trazer terror ao mundo.

Lendas. Histórias de terror. Nunca foram mais do que isso. Até hoje.

O híbrido pegou outro soldado, cravando suas presas nele e sugando seu sangue até a morte. Ninguém conseguia se mover, paralisados pelo medo e horror.

O resto... Foi tão rápido que nem se lembra do que ocorreu. Quando percebeu, estava no chão, sem sentir suas pernas. Olhando, viu que seu corpo fora rasgado ao meio, e a parte inferior estava a três ou quatro metros de distância.

Fechou os olhos, pensando no que a aguardava quando essas criaturas atacassem sua vila. Não sentia dor. Tudo o que sentia era o cheiro.

Um cheiro insuportável. Cheiro de sangue, de morte. Cheiro de guerra e horror.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Acho que tinha acabado de olhar algum Underworld quando escrevi...

Apreciadores (3)
Comentários (3)
Postado 22/01/18 22:04

Gosto muito de obras que retratam sobre lendas inacreditáveis. Creio que seja porque o gênero fantasia é algo que tenho contato desde muito nova.

Essa obra tem um misto de horror, drama, fantasia e suspense bem agradáveis e equilibrados. Não é algo gritante, é apenas algo escrito de forma tão vívida, que podemos sentir o cheiro e a chacina que ocorre.

Meus parabéns ❤

Postado 23/01/18 00:57

Underworld rendendo frutos, rsrs... E aquela Selene, aiai...

Er... Digo... Obrigado pelo comentário, que bom q gostou :)

Postado 31/01/18 18:19

A primeira coisa que pensei foi em Underworld. kkkkkkkkkkkkkk

E eu continuo dizendo que não entendo o motivo de você reclamar tanto do meu lado Dark se tem textos desse nível.

Parabéns!

Postado 31/01/18 18:38

Apenas reclamo pq a Light Yvi é melhor, ué... :p

Brigadaum, minha anjinha :*

Postado 28/03/22 23:30

Eu amei esse paragrafo de inicio e final da obra, fechou tão bem que deixa um sorriso bobo de satisfação ao terminar uma obra incrivel, sabe? Aquela animação satisfatória.

Adorei a descrição e esse hibrido, meio lobesoman meio vampiro, primeira vez ouvindo sobre. Imanigo como deve ser feio ahahaah

Muito obrigado por compartilhar sua obra, eu adorei!! Tem mais obras sobrenaturais assim? Ja quero mais hahhah

Assinado uma pequena vampira, ♥

Outras obras de Hiryuu

Outras obras do gênero Ação

Outras obras do gênero Aventura

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Fantasia