Beijando e matando um ao outro
6 de Janeiro
Tipo: Lírico
Postado: 06/03/18 16:08
Editado: 06/03/18 16:13
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 46seg a 1min
Apreciadores: 1
Comentários: 2
Total de Visualizações: 341
Usuários que Visualizaram: 6
Palavras: 124
[Texto Divulgado] "Risadas no cemitério" Uma aventura que, eu duvidaria que aconteceu de verdade, porém, até julho de 2017 estavam todos os envolvidos, vivos.
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Ouçam "Sober II (Melodrama)" da Lorde.

Capítulo Único Beijando e matando um ao outro

Eu nunca havia transado com tanto amor

aquela noite foi um sonho tormentoso

que me afogou em nossa paixão

enquanto eu cavalgava em seus quadris

com medo de te perder

Eu nunca havia ficado tão angustiada

com suas perguntas e questões

durante o coito

talvez nunca houvéssemos feito isso antes

tudo que aprendemos

foi um com o outro

Eu nunca fiquei tão alucinada

eu te beijava e agarrava

ao mesmo tempo em que por dentro, chorava

eu só quero ter você,

em todos os momentos

de todas as formas

em nossa cama, não cabe mais ninguém

Não teste meu amor,

não prolongue minha dor,

seu corpo é o único que tem

e sempre terá

um único e quente encaixe

mais que perfeito ao meu.

❖❖❖
Notas de Rodapé

NÃO ME FODE PASSARINHO

Apreciadores (1)
Comentários (2)
Postado 10/03/18 10:45

Que lindo poema, eu quando vi a foto da lorde cliquei em um milésimo de segundo hahaha, o poema está ótimo, continue assim :)

Postado 16/03/18 12:12

oh não, minha técnica de clicagem rápida foi descoberta! hahahaha

que bom que gostou!

Postado 11/03/18 22:18

Isso foi... Intenso...

Expressastes muito bem os sentimentos q perscrutam a mente quando a entrega é total a outrem. Parabéns!

Postado 16/03/18 12:12

<3

Outras obras de 6 de Janeiro

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Erótico ou Adulto

Outras obras do gênero Poema

Outras obras do gênero Reflexivo