Absinto
Gabriel N Mendes
Tipo: Lírico
Postado: 13/03/18 02:20
Editado: 13/03/18 18:46
Gênero(s): Poema
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 34seg a 46seg
Apreciadores: 2
Comentários: 2
Total de Visualizações: 194
Usuários que Visualizaram: 5
Palavras: 93
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Leia escutando o Poema Amar de Carlos Drummond de Andrade interpretado por Marília Pera no youtube.

Capítulo Único Absinto

isso é o que eu sinto

dor no coração para sorrir

eu desejo ser como absinto

esperança para amadurecer

e para poder conhecer o amanhecer

Você me faz querer viver

a mente funciona como um labirinto

eu posso escolher partir

para a mente ter um lugar

entre muitos outros lugares para ir

onde há as ondas do mar

você será o meu lugar

o amor para viver

onde vou encontar você

para poder me perder

e nos seus braços amanhecer

Como absinto eu sei o que sinto

num labirinto isolado

Querendo ser amado

❖❖❖
Apreciadores (2)
Comentários (2)
Postado 13/03/18 05:01

Que poema mais lindo. Parabéns

Postado 16/03/18 11:31

Obrigado!! Fico muito feliz que tenha gostado :)

Postado 16/03/18 10:24

Que lindoo

Postado 16/03/18 11:32

Que bom que gostou :)