sanctify
flamelily
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 26/03/18 21:50
Editado: 26/03/18 22:08
Gênero(s): Drabble LGBT
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 1
Comentários: 1
Total de Visualizações: 174
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 160
[Texto Divulgado] ""
Não recomendado para menores de dezesseis anos
Capítulo Único sanctify

corvo não era especialmente religioso

e ainda assim ele encontrou conforto

no ato de glorificar um deus que pertencia

à escuridão do vazio ao invés da graça dos céus.

no ato de glorificar um deus ambíguo,

um deus misterioso.

e ouvi-lo proferir pecados de reconhecimento

em retorno à despudorada glorificação

era um sentimento visceral de deleite

por ser abençoado com tamanha honestidade.

por estar sobre a palma da mão

de um homem oblíquo.

por pertencer; por ser peão; por ser instrumento.

por ter elogios devolvidos ao pé do ouvido.

e era lá uma quimera? era realidade?

corvo nunca saberia responder.

então ele sussurrava preces

dos pés à cabeça e venerava

o corpo pálido de ossos proeminentes

como se fosse templo.

como se fosse sagrado.

e o outro homem o exaltava

como resposta de tanta devoção.

bom menino.

bom trabalho.

e então saíam suspiros em meio às preces

porque o maior prazer de corvo

era receber o louvor de seu deus.

❖❖❖
Apreciadores (1)
Comentários (1)
Postado 31/03/18 18:41

Eu amei, lindo, muito lindo!!

Você escreveu de uma forma muito prazerosa de se ler, a leitura fluiu bem leve sem pesos, o texto está maravilhoso.

muito obrigado!!

:)