O dia em que adormecemos juntos
6 de Janeiro
Tipo: Lírico
Postado: 29/03/18 17:33
Editado: 29/03/18 17:47
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 52seg a 1min
Apreciadores: 0
Comentários: 0
Total de Visualizações: 32
Usuários que Visualizaram: 1
Palavras: 141
[Texto Divulgado] "Pisoteadores" Estou cansada, a vida é um eterno, grande e último suspirar.
Não recomendado para menores de dezesseis anos
Notas de Cabeçalho

Ouçam 'Porcelain' - Skott. Tenham um bom dia.

Capítulo Único O dia em que adormecemos juntos

Agarrou-se firmemente a mim

e de repente, estamos submersos

fazemos parte do mar;

posso ver sua respiração

como bolhas raivosas pela litosfera,

com os punhos cerrados:

em breve estaremos livres!

livres da dor que não mais nos intera

Como se o mundo parasse

para nos ver aqui estáticos

como se os flashs cessassem

pois nós iluminamos a água

Estamos congelados amor,

você não percebe?

Eu quis nos eternizar

bonitos e jovens

eu os quis cativar

para nossos rostos pasmados com a morte

foi como o ressoar

de todas as vozes aquáticas

foi como beijar o infinito,

nós somos um casal de sorte!

Isso não te acalenta?

Por acaso te sufoca?

Não deu tempo de fazer a troca,

mas a verdade é que,

eu quis:

afundar seu corpo junto ao meu

O mar é nosso berço, agora.

Cantem para nos fazer dormir.

❖❖❖
Notas de Rodapé

(parabéns, ficou uma bosta)

Vamos torcer para minhas inspirações boas voltarem, e... Obrigada a quem ainda acredita em mim.

Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (0) Ninguém comentou este texto ainda. Seja o primeiro a deixar um comentário!

Outras obras de 6 de Janeiro

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Erótico ou Adulto

Outras obras do gênero Poema

Outras obras do gênero Reflexivo