Prometa-me
Sorelly
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 28/05/18 22:26
Editado: 28/05/18 22:26
Gênero(s): Romântico
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 3min a 5min
Apreciadores: 2
Comentários: 2
Total de Visualizações: 191
Usuários que Visualizaram: 9
Palavras: 605
[Texto Divulgado] "Por trás da janela" E se a sua imaginação se confundisse com a realidade?
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Assim como as estrelas que brilham juntas

E como gotas de chuva que cai no mar

Vamos nos unir amor, você é meu tudo

( W-inds - Be As One )

Capítulo Único Prometa-me

Eu sempre levei uma vida solitária e desprovida de sentimentos que julgava inúteis. Não queria amar mais, não queria me apegar, e consequentemente, não queria sofrer por uma única pessoa. Porque quando você se deixa levar por um sentimento chamado amor, pode acreditar, ele irá foder mais com a sua vida do que alegrá-la, ou a mesma não se encaixaria tão bem na palavra dor.

Eu não queria amar. Não queria até você aparecer e literalmente fazer meu mundo virar de cabeça para baixo. Clichê? Seria, se você não fosse a pessoa mais imperfeita que já conheci.

A gente brigava por coisas tão fúteis que iam de um copo quebrado até a falta de atenção, geralmente da minha parte. A minha consciência dizia todas as noites quando me deitava em minha cama e olhava para o teto que não deveria ligar ou me importar. Todavia, eu não conseguia. Quando fechava meus olhos, podia ver nitidamente seu sorriso, e algo dentro de mim queimava. Por que tinha que ser assim?

Desde nosso primeiro encontro algo me avisava que deveria ficar longe de você. E algumas vezes me perguntei como teria sido a minha vida se eu tivesse seguido a razão ao invés do meu coração.

Talvez eu não passasse algumas noites preso em uma insônia perturbadora, preocupado contigo, depois de brigarmos por bobeiras. Não choraria de angústia ou preocupação toda vezes que não tinha notícias suas. Não perderia a paciência toda vez que me via preso em seus infinitos dramas.

Talvez não me encontrasse confuso ante a esse turbilhão de sentimentos. Se tivesse seguido a minha razão, talvez eu continuasse sendo uma pessoa calma e prudente. Eu continuaria sendo uma pessoa desprovida de sentimentos, desprovida do ato de viver.

Porque, garota, você pode ser a pessoa mais imperfeita que conheço, mas é justamente por esse motivo que se tornou perfeita para mim. Se não fosse por suas imperfeições, nunca teria a certeza de que realmente te amo, nunca saberia o que é realmente gostar de alguém, conviver a dois, planejar um futuro ao lado de outra pessoa. Eu nunca saberia como voltar a viver.

Agora, distante de você, é que percebo o quanto fui feliz sem saber. Mesmo quando brigávamos feio e parecia não ter mais solução, nós voltávamos a nos falar, e era como se o tempo parasse, demonstrando novamente que não importa o que aconteça, estaremos sempre juntos. Sempre que me irritava com você, me pegava sorrindo no final. Sempre foi assim, um amontoado de sentimentos e uma única certeza: nós nos amamos.

Eu não queria amar mais, não queria me apegar, e consequentemente, não queria sofrer por uma única pessoa. Todavia, agora a única coisa que faço é pensar em você, e mesmo que agora eu não a veja, te sinto aqui. Quero te proteger como nunca quis proteger alguém antes, abraçá-la sempre que estiver triste, te fazer feliz acima de qualquer coisa...

Porque, garota, durante todo esse tempo o meu amor esteve guardado para você. Não posso prometer que nossa vida será um conto de fadas como você merece, mas posso te garantir que você será a minha única rainha em quaisquer castelos que eu for construir.

Sei que talvez você não possa cumprir tudo que te pedi. Claro, é humanamente impossível estar sempre calma, achar que tudo ficará bem todos os dias, se alimentar adequadamente, não se entristecer... Mesmo que você não possa cumprir com isso, tudo bem, apenas preciso que prometa uma coisa. Uma única promessa.

Prometa-se que será minha para sempre. Vamos ficar sempre juntos, meu amor. Não importa o que aconteça.

Porque, garota, você é tudo para mim.

❖❖❖
Apreciadores (2)
Comentários (2)
Postado 30/05/18 18:13

OMG!!! Antes de tudo... EU JÁ TINHA ESQUECIDO DESSE DESAFIO! *pânico mode on*

Voltando. Minha linda Pami só escreve coisas lindas. Academia do carinho vibra com isso. Já falei que amo teus textos? Já? Posso falar novamente? Posso falar sempre? Eternamente? Posso?!

Maravilhoso texto, minha Gemada da Gema. Parabéns!

Postado 31/05/18 20:14

kkkkkk não fique em pânico, relaxe

Ahh, obrigada, amor meu ♡

Postado 25/09/18 22:07

A fofura mora dentro destas palavras. Que obra incrível, sensível e real. O sentimento de conflito do narrador é visível e a aceitação do mesmo, soa como a melodia mais extraordinária nos ouvidos do leitor.

Obrigada por essas palavras doces. Meus parabéns <3

Postado 17/10/18 20:23

Obrigada Brina ♡