Escombros
6 de Janeiro
Tipo: Lírico
Postado: 27/06/18 22:10
Editado: 27/06/18 22:13
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 28seg a 38seg
Apreciadores: 1
Comentários: 1
Total de Visualizações: 440
Usuários que Visualizaram: 2
Palavras: 77
[Texto Divulgado] "Renascentismo" "And it's good to be alive Crying into cereal at midnight If they ever let me out, I'm gonna really let it out"
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Ouçam a música do mantra 'Tennis Court - Lorde'.

Capítulo Único Escombros

Tenho respeito

pelo fim.

E não

me esqueci

de sentir

os escombros

mais honestos

de tudo

que nos

tocou, e

nos fez

que-brar

des-

man-

char

até qu'eu

fosse embora.

Eu sempre

vou.

Eu sempre

fui.

Talvez eu

seja mesmo

uma assombração.

Como tu

lida com

meus vultos

na madrugada?

SE ASSUSTA?!

Ou os afaga...?

Você se

tornou tudo

aquilo que

te machucou,

e eu,

apenas peço

a Deus,

para qu'eu

nunca venha

a me tornar

você.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Do fundo de tudo que ainda resta destas ruínas e escombros. Obrigada.

Apreciadores (1)
Comentários (1)
Postado 08/10/19 21:56

"SE ASSUSTA?!

Ou os afaga...?"

Olha, eu certamente levei isso para um lado que não deveria ser levado, mas 'simbora afagar os vultos! (ta, parei. Desculpa.)

Outras obras de 6 de Janeiro

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Poema

Outras obras do gênero Reflexivo

Outras obras do gênero Romântico